quinta-feira, novembro 30, 2006

Um agradecimento...

(Clique para ampliar p.f. - leitura recomendada!)






O SALÁRIO DOS ENFERMEIROS (principalmente na privada) ESTÁ A DESCER PARA VALORES HUMILHANTES!



TODOS TEMOS DE AGRADECER À ORDEM DOS ENFERMEIROS!


O MINISTRO NEM PRECISOU DE NOS PÔR DE "TANGA", BASTOU A ORDEM DOS ENFERMEIROS PARA O FAZER!


GRAÇAS À SRª BASTONÁRIA & COMPANHIA, HÁ ENFERMEIROS A GANHAREM VALORES RIDÍCULOS PARA UMA PROFISSÃO QUE SE QUER ASSUMIR COMO AUTÓNOMA E DE CARACTÉR SUPERIOR!


GRAÇAS À SENHORA BASTONÁRIA & COMPANHIA, HÁ MILHARES DE ENFERMEIROS NO DESEMPREGO. O SEU NÚMERO AUMENTA VERTIGINOSAMENTE, TODOS SABEM DISSO, O SR. MINISTRO DA SAÚDE (!!) ATÉ JÁ O AFIRMOU, E O QUE FAZ A ENF. MARIA AUGUSTA DE SOUSA?

DIZ QUE É NECESSÁRIO FORMAR MAIS ENFERMEIROS!

Comments:
Agradeço o reparo e apresento as minhas desculpas por ter colocado um post alheio sem referir a fonte. Não o fiz com más intenções, mas por puro esquecimento. Já referenciei devidamente a origem do post, como poderá verificar. Envio-lhe, desde já os meus parabéns pelo excelente blog que criou, espaço de grande interesse e produtiva reflexão.
 
O que é que a ordem tem a ver com contras de trabalho?
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
A Ordem tem mobilizado a opinião pública, fazendo crer que há falta de enfermeiros disponíveis no mercado. A sua colocação ou não nas instituições já é outro assunto.
Ou seja, em parte, a ordem tem responsabilidades nesta "inundação" do mercado por enfermeiros, criando situação de exploração e precariedade.
Acrescentando a este facto, existe outro mais importante que é a falta de inspecção da ordem no que toca à qualidade do ensino.
Porque se esta inspecção fosse rigorosa, metade das escolas seriam fechadas.
 
Ora, bem depois da casa roubada trancas na porta! Concordo contigo, que nunca deveriam ter aberto tantas escolas! Mas ainda vamos a tempo, espero! Não caiam no mesmo erro com as Especialidades! Não as abram só por abrir, mais vale parar(AINDA MAIS), mas desta vez não as voltar a abrir com os mesmos moldes e o mesmo tipo de formação que a de Bacharelato!
 
Aumenta o nº de Enfermeiros desempregados-dado adquirido.MAS!
As instituições reduzem ao nº de enfermeiros por turno/serviço o que implica para os que lá trabalham:1-sobrecarga de trabalho;2-deficiente prestação de cuidados;3-risco acrescido de erro;4- risco acrescido de Burnout profissional ;5-dificuldade no gozo de direitos básicos como por exemplo estatuto de trabalhador estudante....6-contribuição indirecta para o aumento do desemprego dos enfermeiros.
A verdade é que todos nos queixamos que não somos suficientes para prestar cuidados de qualidade mas aceitamos pacificamente o racio enfermeiro/utente que nos é imposto pelas instituições...
Talvez a ordem não seja a única culpada....
 
Permitam-me acrescentar e esclarecer que não faço parte de nenhum corpo gerente da OE e não perspectivo vir a fazer.
Pessoalmente também tenho erros a apontar ao desempenho da OE.
Contudo incluo-me naquele grupo de Enfermeiros que nunca participou em assembleias gerais da OE para dar nota do deu descontentamento relativamente a este ou aquele problema identificado.Entendo por isso que antes de culpar/criticar a OE também devo fazer um "mea culpa" pela minha não participação activa enquanto membro da OE.
Afinal de contas a OE são todos os enfermeiros nela inscritos e não apenas um conjunto de dirigentes que por erro ou conveniência não tomam as melhores decisôes.
Cabe a cada um de nós dar o seu contributo para que ocorra a mudança.
Começar por participar activamente nas referidas reuniões é um principio.
Pessoalmente vou tentar fazê-lo.
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!