terça-feira, março 20, 2007

Serei só eu?


Serei eu o único revoltado com esta Ordem dos Enfermeiros?

Não me parece. Este descontentamento é à escala nacional!

Eis alguns comentários deixados no blog:

"Anonymous said...
Subscrevo as palavras do doutorenfermeiro.E ainda acho mais incrível suspeitarem que aqueles que intervêm neste blog não sejam enfermeiros. Alguns não são, mas quando se fala em OE, acredite que são em 100%.Os blogs são espaços onde as pessoas têm permissão para dizer o que lhes vai na alma. Os respectivos administradores é que têm o poder de publicar ou não os comentários. Se arranjamos neste blog, um espaço para criticarmos seja o que for, talvez seja para evitar «peixeiradas» em contextos nos quais sabemos que não o devemos fazer, pois podemos perder a razão, além de que somos pessoas bem-educadas.Neste caso específico do blog, simplesmente temos liberdade para ripostar da forma que quisermos. Só não podemos andar ao pontapé (o computador, coitado, não merece ser alvo de agressão).A OE calou-nos no seu fórum, que nunca mais foi re-activado (já esperamos há mais de um ano). Responde sempre da mesma forma aos apelos directos, aos mails e às cartas dos membros. Portanto, não admito que venham falar da "postura pública negativa de um grupo profissional na blogoesfera".Esta OE NÃO respeita os enfermeiros, NÃO contribui em nada para o prestígio da classe e, com isto, quer NEGATIVAR e HUMILHAR a postura de um grupo profissional na SOCIEDADE.A verdade é que os enfermeiros têm sido demasiadamente brandos e tolerantes com esta OE. Agora, surpreendem-se com a explosão de descontentamento? Sabe que a paciência tem limites...PAREM DE GOZAR COM OS ENFERMEIROS!!!
5:54 PM
"

"Correia said...
Confesso que tb acho que com pessoas do tipo Lúcília Nunes, não temos possibilidade de evoluir de uma forma equitativa em relação a outros profissionais.Tão filosófica que é, que no fundo a tacanhez acaba por a afectar.Das vezes que a ouvi falar, acabo por sair, pois os seus conceitos e ideias sobre a profissão, são tão fantasiosos e ao mesmo tempo retrógados que nos sentimos a fada "Sininho" num filme do Peter Pan...Isto só melhorará quando LN & Companhia sairem da OE. Precisamos de representantes com alma, presença, carisma e inteligência.Não precisamos de mais lirismos nem desemprego!!
2:18 PM
"


"Anonymous said...
Essa comparação com a "fada Sininho num filme do Peter Pan" está soberba!Mais um exemplo comprovativo de que a nossa OE é composta por um bando de marretas que não chegam sequer aos calcanhares do Cocas, o sapo.Muito se fala que não há pessoas que igualem o nível dos actuais dirigentes. Realmente é verdade: há pessoas com nível muito superior, porque felizmente nem todos os enfermeiros têm mentalidades decadentes e ultrapassadas...Pode é faltar a alguns a ousadia de fazerem frente aos «marretas» e a outros podem faltar os anos de exercício profissional obrigatórios, segundo os Estatutos, para se candidatarem aos cargos. Não tenho dúvidas que qualquer alternativa à companhia dos «marretas» será uma alternativa melhor. Também com estas demonstrações degradantes, não é difícil ser-se melhor!
4:58 PM
"
a
"Anonymous said...
Basta dar uma olhadela pelo site da OE e ver logo que tipo de pessoas estão a liderar a Enfermagem em Portugal. Têm logo na página inicial um calendário que em muito contribui para o desenvolvimento profissional dos enfermeiros:21 de Março de 2007 - Dia Mundial da Árvore 21 de Março de 2007 - Dia Internacional da Eliminação da Discriminação Racial 22 de Março de 2007 - Dia Mundial da Água Doce 23 de Março de 2007 - Dia Mundial da Meteorologia.Esta semana temos várias razões para celebrarmos e sorrirmos. Eu gosto mais de saber que depois de amanhã é o dia mundial da água doce!Por favor, percam tempo e os espaços no site com coisas úteis e pertinentes! Isto é mera palha que querem dar de comer aos burros...
7:31 PM
"

Comments:
Se me permite, doutorenfermeiro, transcrevo o que eu e outros colegas afirmámos no Fórum Enfermagem, no tópico «Sindicatos -Ordem», acrescentando as nossas posições ao descontentamento actual.

Sou sindicalizada e vejo o sindicato fazer mais por mim (e por outros) do que a Ordem, tendo a vantagem de não pagar quotas para este, dado estar desempregada. Espero um dia vir a pagar quotas para o sindicato, pois tenho a certeza de que o dinheiro é bem investido. De facto, são os enfermeiros que devem procurar os sindicatos. Se algo nos prejudica e nos queremos defender, o sindicato accionará os meios que tem ao seu alcance.
Esta OE tem como lema «Mais perto de si», mas quando confrontada com determinadas questões parece fugir a 7 pés. Quanto ao dinheiro que gasto para a Ordem ainda não vi os dividendos (tirando uma declaração ou outra que peço à OE para emitir e esta, felizmente, não leva dinheiro por isso).
No caso da formação profissional contínua, vê-se que os sindicatos (sem mencionar as instituições destinadas a esse fim) são os únicos a investir nesta área. Posso estar muito enganada, mas julgo que a OE é que tem verdadeiras responsabilidades neste âmbito. Afinal é o organismo regulador da profissão, em que uma das atribuições é promover a valorização profissional e científica dos seus membros.
Momentaneamente, e posso chocar alguns, preferia viver sem OE. Nas escolas transmitem-nos o orgulho de termos uma Ordem e ingénuos lá vamos na onda. Acabo o curso e apenas vejo a magra conta bancária ficar sem 7,48€/mês, além dos quase 100€ de inscrição. Nem um jantareco com um preço modesto nos oferecem. Quando os há, são a 40€. Fala-se no aumento das quotas, pois estas mantêm-se inalteráveis desde a criação da OE. Bem... Se assim for, vou ter de poupar no cafezinho à 6ª feira.
Cada vez encaro mais a OE como entidade de luxo que serve alguns. As quotas que pago num mês bem chegam para as folhas e a tinta que são gastas nas declarações que pedi.
Penso que um bom investimento seria criar um novo sistema de eleição dos orgãos dirigentes, sem que para isso tenhamos de ir a Lisboa votar. Com tanto dinheiro, não fica caro enviar cartas a todos os membros com um boletim de voto e um envelope RSF. Mais enfermeiros participariam nas próximas eleições, pois nem todos têm possibilidades e disponibilidade para se deslocarem à capital.
Cumprimentos.

Tem razão colega
7,48x12=89,76x40000?=3.590.400€
É muita massa para o que se vê!

Caros colegas, não encontro qualquer utilidade para a Ordem dos Enfermeiros, só serve para nos sacar os 7,48 euros mensais e 100 euros da inscrição, resolver os nossos problemas nem pensar! Parece mais uma sucursal do governo.
A mim, enquanto não começar a trabalhar não saca mais, suspendi a minha inscrição e entreguei a miha cédula profissional, na miha opinião deveriam fazer o mesmo.
Trabalhar gratuitamente só para instituições de solidariedade social.
Contratos para trabalho esclavagista nem pensar, qualquer dia fazem-nos como os Espanhois aos Portugueses que vão para lá trabalhar na agricultura, não nos pagam e prendem-nos no local de trabalho.
Cumprimentos

Também ainda só não suspendi a minha inscrição, porque pretendo ir trabalhar para o estrangeiro e, para poder tratar das burocracias de inscrição na entidade homóloga, preciso de estar inscrita na OE. No entanto, mal me vá embora, cancelarei a inscrição e devolverei a minha cédula. Sentirei uma enorme satisfação nesse dia!
Vou só dar a conhecer mais umas tristes informações daquilo que está a levar ao apodrecimento da classe.
O hospital da Trofa está a oferecer estágios de voluntariado, pagando subsídio de alimentação e transporte. Que bom! Trabalhas para exploradores, mas tens uns trocos para comer e deslocações.
Os hospitais de Santo António e de São João, no Porto, têm enfermeiros a trabalhar gratuitamente, com a promessa de emprego quando abrirem novas vagas. Com a fila de novos enfermeiros que saíram/sairão no 2º semestre e aqueles que já virão em Julho, não acreditaria em promessas de emprego, nem que fosse Nossa Senhora de Fátima a fazê-las.
Assim vai a Enfermagem...
Cumprimentos.
 
Que bando de anormais... deixem-se de acusações infundadas à OE e comecem a preocupar-se com chafaricas particulares que ministram Licenciaturas em Enfermagem com professores (?) vindos de não sei onde, e metem na rua centenas de novos enfermeiros por ano. Isso sim é preocupante! E depois falam de desemprego...pudera!...
Se algum dia nas vossas miseráveis vidas puderem assistir a um congresso internacional de enfermagem, vejam e orgulhem-se de serem enfermeiros portugueses.
Já agora...ainda não percebi muito bem a lógica do blog Doutor Enfermeiro...será que é um enfermeiro que queria ser doutor? ... Ou um doutor que tem a mania que é enfermeiro?!?! Independentemente do que for...é um verdadeiro caso de acto falhado!
A todos aqueles que aqui defecam com saberes muito eruditos, façam um favor à sociedade e às pessoas que estão ao vosso cuidado: arranjem outra actividade profissional de forma a que não tenham que consumir os poucos neurónios que vos restam.
Atenciosamente.

Pedro Chaves Pinto
 
Amigo Pedro - obrigado pelo telefonema :)
Não posso estar mais de acordo contigo!
Isto é gente que não sabe o que é ser Enfermeiro. Gente mesquinha, muito ordinária mesmo...devias vê-los no sábado...até parece que tinham melenas, pois o cheiro que estava na sala era insuportável. felizmente interromperam os trabalhos ás 9 da noite. Aqueles ordinários obrigaram os desmiolados que se arrastam nos seus serviços para fazerem corpo presente. E sempre que era necessário procederem-se aos votos, o capataz dizia "Levantem-se" e a vara de porcos lá se levantava demonstrando falta de caracter proporcionando um verdadeiro boicote digno de ser visto. Já para não falar de umas senhoras cabras de uma escola de enfermagem, que mudou de nome por sinal, que fizeram o mesmo. Não sei se obrigaram a ir os enfermeiros do complemento...só pode...
Que enfermeiredo, cambada de alcoviteiras! Os gaijos ainda conseguem ser piores que elas...
Deviam pôr os olhos no que a OE tem feito pela profissão dentro e fora do pais.
Queixam-se dos sete euros que gastam, mas numa noite são capazes de gastar mais em copos...

Estudem meus caros, leiam coisas de interesse, deixem-se de discursos de pobrezinhos, não envergonhem mais ainda a profissão.
...e portem-se bem.
 
Este é o problema dos elementos da Ordem e dos seus amigos... Entendem que por terem lido uns livritos são uns eruditos e estão acima dos outros colegas, logo, estão acima das críticas. Não aceitam opiniões e estão mais aptos, Teorias de Darwin, a sobreviver.Vivem no seu mundo e esquecem o Mundo dos que trabalham efectivamente. São tão superiores que até se dão ao luxo de virem para os blogues ofenderem todos os que se atrevem(!!) a passar-lhes um pouco á frente. Cuidado senhoras Enfermeiras pois existe aqui um grupo (superior - atenção, leram umas coisas interessantes) dentro da classe que está disposta a tudo para nos mostrar qual é o nosso lugar. Nós caminharemos para esse lugar. Não se preocupem amigos.
Sr. Pedro Chaves Pinto ne amigo: No mínimo seja educado. Sabe, a educação fica sempre bem, e só a não utiliza (como é o caso) quando a falta de argumentação não existe.
O que a Ordem fez ou não fez já nem sequer nos interessa. O que interessa é o que a Ordem hoje é. E pelos exemplos aqui citados ficámos a saber que ainda é bem pior do que se pensava.
Cumprimentos
 
Caro JPP:

É lamentavel a forma como se refere aos seus colegas... É nestas alturas que tenho vergonha da classe que tantas vezes defendo, sou enfermeira, com um orgulho k nenhuma outra profissão me concederia, mas envergonho-me de pertencer a uma classe da qual fazem parte alguns com o seu nivel de educação e respeito pelos outros...
 
Pedro Chaves Pinto, se tem dúvidas acerca do blog, tente ler o cabeçalho do mesmo. Ler e compreender!

Já agora, alguém aqui, me sabe dizer então o que é que a Ordem tanto fez por nós? No nosso local de trabalho, o que é que mudou desde que esta direcção tomou posse?

Muitas coisas pioraram, mesmo muitas, eu sei. Mas o que é que melhorou? (usando políticas EXCLUSIVAS desta direcção)
 
As manifestações insultuosas só partem de pessoas que, como não arranjam outros argumentos, tentam atingir os outros desta triste e infeliz forma.
Exigem que os respeitemos e depois é isto...
"Isto é gente que não sabe ser enfermeiro": até pode ser verdade, mas, pelo que escreveu, o senhor sabe muito menos. Sabe, sim, ser um reles malcriado, que apelida outros iguais a si (SOMOS TODOS ENFERMEIROS POR MUITO QUE LHE CUSTE) de "gente mesquinha", "muito ordinária" (ordinários somos, porque somos pessoas normais), que cheiram mal porque têm melenas (não me diga que o senhor come perfume?), "desmiolados", "porcos", "senhoras cabras", "alcoviteiras"...
Depois os outros têm discursos pobrezinhos... Quem redige um discurso, unicamente ofensivo através de um tipo de linguagem calão, não tem discurso pobre; revela que não aprendeu o suficiente para se expressar de forma corrente e cuidada.
No fundo, agrada-me ver este tipo de respostas (já aparecem um pouco tarde, mas mais vale tarde do que nunca). A partir daqui, "o bando de anormais" tem a prova que faltava...
Se as nossas "vidas miseráveis" ficarão melhores por irmos assistir a um congresso internacional de enfermagem, então a OE que nos patrocine as deslocações para vermos os seus eloquentes e poliglotas dirigentes.
Cumprimentos.
 
a Jeito de curiosidade para as contas que aqui fizeram das cotas da ordem! Somos 51.000 mil Enfermeiros Pagantes! Façam as contas!
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Colegas, o post anterior da autoria de "JPP" foi removido por mim, por apresentar linguagem ofensiva para com os Enfermeiros. Há coisas que são intoleráveis!!
Se quiser continuar a comentar, modere a linguagem, e terá sempre liberdade de expressão!
 
Mas esse tipo JPP é enfermeiro? É que se o é, faria o bem a todos de deixar de o ser, porque parece um frustrado que caiu na Enfermagem porque até lhe deu jeito e agora, como frustrado que é, vem dizer mal dos enfermeiros a torto e a direito. Já olhou para si, meu caro? Não passa de um triste imbecil!
 
É lá!
Umas temporadas fora e... tanta tensão!!??
Presumo que se esteja a falar da tal reunião ordinária assembleia geral realizada no dia 17 de Março em...Lisboa claro está! Não pude estar presente, porque simplesmente iria precisar 200 redbulls e mais umas quantas centenas de cafés e ainda muito xanax (para aí...50 kg) para não responder de forma limpa, honesta e quase tão ORDINÁRIA quantos estes pategos, lorpas, paquidermes e execráveis vermes rastejantes e imundos:
- o tal de Pedro Chaves Pinto, e ainda o outro JPP;

Presumo que façam parte da comandita; da estreita irmandade de parasitas que principescamente usufruem a seu belo prazer os dividendos (para vós honorários de tão digno serviço prestado à Enfermagem, cu-recto??) que mensalmente caem na já choruda conta bancária!

Terão sido vossemecês uns dos felizes seleccionados para irem ao International Nurse Council, hum??

Perdoem-me os demais, mas para estes dois:

- VÃO MAMAR NA TETA DO BURRO!!!

Seus ursos (se calhar de peluche... sei lá!!! se calhar ursinhos)
 
É impressionante como há atrasados que de patológico não têm nada, mas de burros chapados...uiuiuiui

Este tal de JPP (eclético), é de tal forma anormal, que quase pensou, óh perdoem-me, desenvolveu um pequeno murmúrio, sussurro menos aberrante e já se julgava capaz de criar um blog...

Tão emocionante e "cool" que existem filmes mudos mais interessantes (bem, o número de visitantes diz tudo: 29 - héhé)

O meu, faz um favor a todos e:

Atira-te ao mar e diz que te empurraram...
e beja-me na boca e chama-me tarzan!
 
"Colegas, o post anterior da autoria de "JPP" foi removido por mim, por apresentar linguagem ofensiva para com os Enfermeiros. Há coisas que são intoleráveis!!"
Que falsidade! E ainda por cima os comentários posteriores não são ofensivos...agora é que não percebo porque é que o meu comentário foi apagado...
Atenção que existe um comentário grave "da estreita irmandade de parasitas que principescamente usufruem a seu belo prazer os dividendos", é um comentário muito grave e é passível de sanção disciplinar por injuria e difamação. Esquecem-se que a internet e os blogs não conferem o anonimato absoluto...existem IP's que sempre solicitados às entidades competentes poderão ser disponibilizados...faço-me entender? Portanto, neste momento apelo que apaguem esses comentários que não dignificam ninguém, que são altamente difamatórios.
O meu comentário não foi ofensivo a este ponto.

...outra coisa...fique sabendo que em dois dias de criação do blog ter 29 visitantes, é muito visitante não acha?!!?!
A curiosidade mata...

Cordialmente.

JPP
 
Meu caro, a única curiosidade, foi o de tentar responder à letra, porque eu senti-me maltratado com os comentários que teceu anteriormente.
E olhe que a injúria também é passível de ser punida judicialmente : é que tem-se acesso a ip,s e tal...
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!