quinta-feira, outubro 25, 2007

Enf. Azevedo oficialmente candidato!



Decorreu ontem a apresentação oficial da candidatura do Enf. José Azevedo, para Bastonário da Ordem dos Enfermeiros.

"A apresentação oficial da candidatura a Bastonário e da lista para o Conselho Directivo teve lugar no Hotel Vila Galé. Numa sala repleta de enfermeiros, foram publicamente explicitadas as razões da candidatura e também por que representa uma rotura com o caminho actual da Ordem e um retomar dos objectivos que estiveram na sua criação. No essencial, dignificar os Enfermeiros através da sua Ordem.".
a
Curiosa e grave (!), é a atitude da actual bastonária e dos restantes membros da OE. Durante meses, mesmo anos, apresentavam uma postura desinteressada e pouco declarada em relação a acontecimentos institucionais, sociais e políticos que envolviam Enfermeiros. Remeteu-se ao silêncio quando os Enfermeiros pediam a sua intervenção. A inércia venceu na esmagadora maioria das vezes!
Agora, em período (pré-) eleitoral, a Srª Bastonária e respectivos membros, fazem tudo, respondem a tudo, não olhando a meios para "propagandear" a sua imagem....
A isto, podemos chamar de desonestidade e falta de carácter, pois só nesta altura (fazendo lembrar as eleições políticas) é que se mobilizam minimamente (também porque de norte a sul do país, os enfermeiros vão mostrando a sua indignação para com a actual direcção da OE)!
Um caso claro deste "despertar", é a resposta da OE às afirmações proferiras pelo Bastonário da Ordem dos Médicos. Mais grave, esta resposta foi moldada aos interesses da campanha da Bastonária, demonstrando uma preocupação que não a caracterizou durante o seu mandato! Pura estratégia eleitoral!
Infelizmente, a Enf. Maria Augusta de Sousa parece subestimar a Enfermagem e os Enfermeiros!!

Comments:
Alguém sabe onde se pode aceder à constituição da lista do Enf. Azevedo?
 
Ah GRANDE doutorenfermeiro!!!!!!!!!
Assim mesmo, sem papas na língua!
 
Sala repleta??
Vê-se mesmo que o Doutorenfermeiros esteve a dar consulta noutro lado.
Por alguma razão é que só temos possibilidade de ver as fotografias dos (poucos) cromos que o EA juntou?
É triste que as pessoas não se saibam ver ao espelho
 
De facto é muito engraçado.... Basta este exemplo para ficarmos convictos que a postura da actual Bastonária parece ter mudado... penso que já podemos dizer que já valeu a pena o Enfº. José Azevedo ter-se candidatado. Tinham o dado como adquirido sem terem que fazer nenhum esforço. Agora já têm que se sentir obrigados a mostrar algum trabalho. Obrigado Sra. Bastonária por finalmente começar a fazer o que a maioria dos enfermeiros lhe têm tentado dizer há aluns anos. Também mais vale tarde que nunca. O que eu já não sei é se ainda vai a tempo de segurar as pontas... talvez! A coisa está complicada senão não se dava a tanto trabalho...
 
Já se sabe há muito tempo que a actual Ordem dos Médicos deseja por todos os meios que a actual direcção da OE se mantenha. E esta vice-versa...
Esta posição completamente tonta e despropositada do actual bastonário dos médicos (saibam que a clase médica o detesta e também deverá perder as eleições), que com as afirmações que faz demonstra ser um inconsequente julgando que os Enfermeiros são estúpidos, caíu que nem ginjas á actual OE. Mas vai haver mais.... garanto que vai... Vão-se ajudar uns aos outros... isso é certo...
Felizmente o Enfº. Azevedo irá com toda a certeza ganhar estas eleições e terá posteriormente uns "encontros" com a futura OM que também vai a eleições dia 12.
Agora, a actual OE e a actual OM querem mostrar trabalho... curioso não? Vai uma ginjinha?
 
Mau sinal...Os médicos nunca se interessaram pelo bem da Enfermagem, bem pelo contrário. O sue apoio ao actual elenco da OE é mais uma ingerência em terreno alheio da OM na busca de proveitos próprios .É sabido que as concepções de Enfermagem dos médicos e enfermeiros sempre foram diametralmente opostas, uma vez que os primeiros almejavam o servilismo e inocuidade da nossa classe. Apoiar a atual bastonária é mais uma prova de que a mesma apenas fomentou o servilismo, a passaividade e a estagnação da Enfermagem no decurso do seu mandato, carácterísticas tão gratas aos médicos mas que têm de ser erradicadas da nossa profissão.
 
Tomo a liberdade de colocar aqui também (pra o caso de ser censurado), o comentário que deixei no site da lista da bastonária. Facilmente perceberão a quem me dirigi



"Cara Srª Enfª Lucilia Nunes

Contrariando aquilo que parece ser a "programação" estranhamente coincidente deste blog no apreço da conduta da OE no último mandato, começo por felicitar a orientação do mesmo. Revela grande princípio de tolerância democrática na abertura a comentários. Penso, no entanto, que este facto, claramente decisão maioritária da lista, deve ter obtido o seu voto contra.
Atrevo-me mesmo a afirmar que esta abertura vai claramente contra a sua linha de pensamento.
Na minha opinião, a sua continuidade na lista é uma afronta a todos os profissionais prestadores de cuidados. O seu mandato no Conselho Jurisdicional mais não foi que uma "caça às bruxas" cujo único resultado foi a criação de um clima de intimidação, descrédito e total falta de empatia com os enfermeiros que, ao contrário da Srª Enfermeira, dedicam a sua carreira aos doentes e não a teorias ético-sociológicas de valor duvidoso.
Para além da emissão de meia dúzia de pareceres ambíguos, tão modestos, vazios e escassos na relação requerimento-emissão, mais nada de louvável brota do seu mandato.
Ainda me lembro dos casos que tiveram a infelicidade de lhe cair em mão, onde a sua gestão dos mesmos se pautou por uma total ausência de empatia com os enfermeiros envolvidos. Com isto não quero dizer que devesse ter havido qualquer tipo de parcialidade ou cumplicidade com os mesmos, mas uma coisa é ser imparcial e outra coisa completamente diferente é quase querer arranjar um "tudo por tudo" para que os mesmos fossem punidos. Quase como querer arranjar "exemplos" para os próximos. E isto, cara Enfª Lucília Nunes, não se deve a algum tipo de competência especial da sua parte. Nem tão pouco a algum princípio ético ou deontológico da sua parte. Deve-se sim, a um tipo de conduta de alguém,cuja visão que tem do desempenho da profissão é estereotipada, preconceituosa e ferida do vício típico de pessoas como a Srª Enfª. Esse vício é pensar que o modelo do enfermeiro ideal, é aquele que a Srª Enfª concebe nas suas diatribes. Aquele que, se fosse a Srª Enfª a mandar, seria o molde para todos os restantes. Isso, em política, tem uma designação muito própria carissíma Srª Enfª Lucília Nunes.
Presumo que, pela continuidade, vai agora dedicar-se a "arrasar" o plano da formação. Na certificação de competências irá efectuar a mesma "limpeza étnica" em que destruirá os menos avisados e iluminados pela sua aura? Bem haja. A ignorância ou apatia dos demais em relação às suas "qualidades" bem pode ditar esse triste futuro.
Pelo que me diz respeito, a lista que integra não terá o meu voto pelo simples facto da caríssima Srª Enfª Lucília Nunes estar presente na mesma. Isto denota que o restante grupo pactua com toda esta estratégia.
Falei consigo 2 únicas e curtas vezes. A ideia com que fiquei imediatamente, foi que estava na presença de alguém que não se identifica como enfermeira, nem possui a identidade profissional deste grupo. Em vez disso, estava perante uma pensadora transcendente e com um ego engrandecido, o que até nem seria problemático, não fosse o sentimento que revela, de cordial e respeitoso desprezo pelos "comuns" enfermeiros com os quais é conotada socialmente apesar de todos os seus títulos académicos. Infelicidade para si! Complexo ou conflito interno ? Matéria para tese...! Não deverá é ser colocada em cargos onde efectivamente possa prejudicar outrém, porque provavelmente o fará.
Não sou propriamente apreciador do Enfº Azevedo, mas reconheco que a mudança é precisa. E de forma urgente. E chegamos a um ponto em que já nem interessa qual. Pessoas como a Srª Enfª Lucília Nunes assim o determinaram. Visitei o blog do Enfº Azevedo e o da lista que parece ser apoiada pelo mesmo aqui no Norte (propor-intervir-cumprir.blogspot.com). Numa nada se sabe, noutra não conheço uma única cara, excepto a da honrosa Srª Profª Drª Olga Fernandes da escola do S.João. Pergunto-me como uma pessoa do seu calibre intelectual se rodeou de ilustres desconhecidos, mas sinceramente dou-lhes o benefício da dúvida. Repare no discurso apresentado : mudança, mudança, mudança. Identificação com os enfermeiros PRESTADORES DE CUIDADOS. Atente, carísima Srª Enfª Lucília Nunes. Poderá concluir que vai de encontro ao que o "seu" Conselho Jurisdicional deveria ter feito.
Perdoe por favor este desabafo que já vai longo.
Se bem a conheço e se se dignar ler este modesto comentário (espero que não seja censurado à nascença), perderá os próximos 3 dias a tentar localizar o meu IP para proceder à imediata identificação e punição do prevaricador. Boa sorte!
Não me identifico porque tenho efectivamente medo de represálias. Com a digníssima Srª Enfª Lucília Nunes, nunca se sabe.
Um dissidente

Nota final: Para os futuros personagens que me vão chamar ignorante, por alegadamente desconhecer tudo um longo e frutuoso trabalho do Conselho Jurisdicional, já repararam que só pessoas directamente ligadas à OE parecem ser conhecedoras ? Elitismo ? Exclusividade de cérebro ? "
 
Caro Navarra..

Longe de precisar do meu conluio. Eu também nao o faria. Pela forma como escreve e descreve parece efectivamente saber o que se passou com esta Sra. Enfermeira á frente do Conselho Jurisdicional. Disse o que, há muito, os profissionais de enfermagem pensam desde há muitos anos... veja-se por exemplo, entre muitos o caso das enfermeiras do Egas (uma vergonha)... ou de outras colegas que pelo simples facto de pensarem diferente a profissão de enfermagem foram perseguidas de forma profundamente desjustada, uma das quais (conheço), acabou por ter que deixar a profissão de enfermagem... uma verdadeira vergonha...
Iremos assistir a algo de complexo na formação... e sério... isto se ganhar. Chega Sra. Enfermeira Lucília Nunes; chega Sra. Enfermeira Maria Augusta de Sousa. Vão embora.
 
Quanto à estar uma sala Cheia, estive, lá não vi nada disso, alias tentei falar mesmo com o Enfermeiro Azevedo ,mas estava rodeado por pessoas, que não o deixavam dispersar, pena.

Caro Dr. Enfermeiro, lembre-se que Legalmente podem ser punidos, as Listas ainda não foram aprovadas, ainda não estamos em campanha, leu as cartas que recebeu da Ordem?.

Estamos em periodo Pré-eleitoral. Sendo o Sr, Azevedo tão puritano.

Informo os Colegas que quanto ao Concurso da ARS-Norte. Tenho a Prova em como foi o AZEVEDO E o seu Sindicato.Como sabem o concurso anteriror tinha sido impugnado pelo mesmo Sindicato por razões Administrativas.. Até aqui tudo bem.

Agora folgo qual o Meu Espanto ao ver as razões... Uma colega que tinha entrado no anterior concurso e que como não entrou neste decide ipugnar o Concurso. Aja Paciência Caro Azevedo, seria esta colega uma das suas protegidas? MAIS AFIRMOU NO SEU SITE DO SEN QUE o SEU SINDICATO EM NADA ESTARIA LIGADO A ESTA NOVA IMPUGNAÇÃO.

Você é mesmo um DEMAGOGO!AFINAL de Contas isto é que é defender a Profissão??

Espere que muito em breve será notificado para se apresentar em Tribunal, devido a este caso.

Mariana
 
Mais um que se identifica com os dois últimos comentários.
Caro Navarra, bem haja pelo seu comentário. Não se preocupe com essa coisa do IP. Disse alguma mentira? Caluniou alguém? Se quiser indico-lhe algumas "soluções" para contornar essa coisa do IP. Pessoalmente não as ponho em prática porque para já não as considero necessárias. Ainda assim não assino anónimo pelo que... de pouco vale. Mas nunca se sabe.
E é como diz:
- qualquer alternativa é melhor.

Bem apesar de não ainda ter feito uma referência directa em quem iria votar, a verdade é que me identifico mais com a candidatura do Sr. Enfº. Azevedo, por todas (e mais algumas) as razões já apresentadas (errado: não sou sócio do SEN e nem faço parte da lista do candidato)
Aquele abraço.
 
Correcção:
Não me identifico com o comentário da colega Mariana.
Já agora, se estava a sala cheia ou não? Teria sempre que estar, nem que fosse de vento, ou de grandes intenções ou motivações, que é isso que me interessa.
Quanto aos sindicatos: já falei sobre isso.
Não há que tirar nuns para pôr noutros (acredite no que lhe digo colega Mariana...).
Como já disse, também eu fui em tempos sócio do SEP...
 
O Facto de sermos sócios em nada toca em quem decide, caro colega Roque se é esse o seu nome!

Quem decide é quem está dentro das instituições e esse está agora com uma tremenda cara de Pau (após ter desmentido no seu Site que em nada estava envolvido nesta impugnação) a candidatar-se a Bastonário! Será este tipo de atitudes que iremos esperar de agora em diante . Diz que fez, mas não o Fez.
 
É meu caro amigo. Hugo Roque É MESMO O MEU NOME. Não entro cá no esquema do será ou não será.
Se não quiser identificar-me posso sempre fazer como o meu caro. Ou então personalizar o meu nick, tipo, estouquenempoço, atétefaziumalipoaspiração, ou outra coisa qualquer.
E também a mim me desmentiram a pés juntos (a malta do SEP). Mais, juraram pela rica saúde do Sócrates. E eu SEI que foram eles. Agora o que fiz? O que estava ao meu alcance imediato: acabar com as quotas. Assim foi.
Portanto, pontos de vista...
 
Mariana,
não estou a julgar ninguém, mas, para que um processo administrativo possa ser impugnado, tem de haver uma justificativa plausível e contemplada na legislação referente. Ou seja, não pode impugnar o "que quer que seja" só porque hoje acordou mal-disposta. Da mesma forma, não pode impugnar só "porque não concorreu". Tem de haver um argumento válido.
**
"Caro Dr. Enfermeiro, lembre-se que Legalmente podem ser punidos (...)"

Punido porquê?
**
Sala cheia ou sala vazia?
A quem diga que estava "cheia", outros dizem que estava "vazia".
A relatividade também já chegou aqui?
 
Caro Hugo Roque .

Como de certeza compreende, a minha referência à identificação do IP pretendia caricaturar a situação, mas desde já agradeço a sua oferta de ajuda...lol.
Nada me move particularmente contra uma lista ou outra, mas conheço de fundo o carácter e trabalho desta Srª Enfª na OE e apenas relato aquilo que foi uma péssima contribuição.
Se ainda assim os enfermeiros escolherem a lista da actual bastonária onde ela se inclui,bem, terão aquilo que merecem.
Acredito que pessoas como a Srª Enfª ucília Nunes, vivem da ignorância e falta de interesse da maioria dos enfermeiros nestas matérias. Parece que falar de eleições, mandatos e Ordem é algo "estranho" entre a preocupação de trabalho mais acumulações, mais privada e etc. Contudo, só sentem a devida importância deste tema quando de alguma forma colidem com ele, como foi o caso de muitos colegas com o Conselho Jurisdicional. Existe um certo Enfº Chefe no Hospital de St. António, membro deste mesmo Conselho, que chegava a ameaçar a respectiva Enfª Supervisora com um processo na Ordem. É preciso ter muito descaramento para tal, mas efectivamente ele, à semelhança da sua Presidente, descobriu um instrumento de poder imenso, para fazer prevalecer as suas opiniões perante os restantes colegas. É este "material" que vai regulamentar a profissão ? Temo pelo futuro.
 
Jesus tamanhas teorias de conspiração!!!

Está correcto e no contexto certo. Este blog é perito nisso!

Quando criarem um tópico para se discutir a sério volto cá

Ah, só uma nota. É interessante verificar o vosso sentido democrático! Afinal, para muitos de vós os actuais corpos da Ordem tinham que reger-se pelas condições, em alternativa que seguidamente exponho:

então, ou
- Não tinham direito de pessoalmente se candidatar e aí podiam continuar com o trabalho que fazem diariamente na Ordem.

ou

- Candidatando-se, não podem continuar a fazer o trabalho como deve ser!

E já que estamos em teorias de conspiração já pensaram se é inocente que estas medidas restritivas e muito pouco populares para os profissionais de saúde tenham sido lançadas pelo Ministério precisamente nos períodos eleitorais das Ordens e assim poder usar o mesmo argumento que iniciou este tópico!!??

Eu até punha o meu nome, mas como tenho medo que o Enf. Azevedo e seus amigos contem à Enf.ª Lucília que por sua vez vai procurar o meu IP, ou pedir à Enf. Maria Augusta que use os seus contactos secretos com a OM que por sua vez usa os seus no FBI para me encontrarem e blá blá blá.... conspiração blábláblá... conspiração... prefiro ficar anónimo
 
Mais uma vez colega Navarra, um bem haja pelo seu precioso contributo.
E também lhe digo:
- estamos ou melhor, estivemos entregues à "bicharada".
Coisas há que me deixam irado, e informações destas põem-me à beira de um "ataque de nervos" com muita caspa à mistura (qual filme do Almodovar, do qual não sou grande fã; bem, na verdade não vejo filmes dele - simplesmente).

É pá, bons ventos os levem para muito, muito longe (da vista e da recordação - também pode ser coração).
 
Mas meu caro anónimo (assim prefere) das 10:58 PM, não tema pelo seu IP.
Não é preciso ir falar com o FBI. Sabe, não me importo de escrever o meu nome. Mais se quiserem a morada, tudo bem:
- algures entre aqui e sítio nenhum.

É, estou a tentar colocar o meu comentário ao nível do seu, uma vez que tudo não passa de "meras conspirações" e debates pouco sérios.

Ora, siga.
 
Para discussões do nível apresentado neste blog, de um lado e do outro, como enfermeiro com 30 anos de serviço, só posso utilizar a expressão de um antigo promeiro-ministro de Portugal. Essa expressão tem 10 letrinhas....

Convido-vos a trancevê-la abaixo :

_ _ _ _ _ _ _ _ _ _ !!!
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Lidos os comentários anteriores, gostei da teoria da conspiração. Mas mesmo quando se faz teoria da conspiração, os factos costumam bater certos com o que aconteceu. Por exemplo, o caso do Egas... a Enfª Lucília Nunes era presidente do Conselho Jurisdicional? como não era, é má memória do colega. O Enfº Azevedo, candidato a Bastonário,... com quem mais para os órgãos nacionais? Quem são os presidentes dos outros órgãos, e as dezenas de enfermeiros, que acompanham o Enfº Azevedo? ou fica só com o pessoal do propor-intervir-cumprir, do Norte??
Já pensaram nisso? deve haver uma teoria da conspiração que explique...
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Não sabendo muito bem como ca vim parar, deparo-me com ordens, conspirações, e tretas... mas sera que os senhores enfermeiros se preocupam com os " nossos doentes" que estao nos hospitais, no domicilio, centros de saude, ou unica e simplesmente, com melhores condiçoes, melhores salarios, melhores bla, bla, bla????!!!!!

alcamem-se os animos... uma doente atenta aos problemas da saude portuguesa...
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!