quinta-feira, novembro 22, 2007

A "carta"...

Clicar para ampliar e ler


"Aquele pensa que sabe muito, mas não sabe de nada, e a sua ignorância é tanta que nem sequer está em condições de saber aquilo que lhe falta"
.........................................................................................- François Fénelon


A incapacidade de alguns dita os seus argumentos. Perante um comunicado do Enf. José Azevedo a todos os Enfermeiros (e não apenas dirigido aos militantes do PSD, como alguns querem fazer crer), logo os militantes da Enf. MAS transformaram o assunto numa polémica infundada, sem qualquer interesse para o seguimento da campanha.

Todos sabem que o Enf. JA é militante Social Democrata, pelo que, na "controversa" carta, apresentou-se como "Enfermeiro de profissão" e "militante do PSD"..., no entanto a maldade de alguns interpretou o facto de outra forma.

"Atacar" pessoas ao invés das suas políticas e estratégias é feio. Revela falta de carácter e postura. Apesar de muita gente conhecer o passado inquietante, apático e anti-Ordem dos Enfermeiros (surpreendidos?) da Enf. MAS, estes factos não serviram de argumentos contra a mesma. O contrário, infelizmente, não é verdade. Mais grave do que isso, é que o "ataque raivoso" não tem fundamentos. Ser militante do PSD é crime? Não é. Da mesma forma que ser comunista não é...(mesmo assim, muitos Enfermeiros ficariam espantados se soubessem que militantes é que controlam as finanças da Ordem, que é o mesmo que dizer, as nossas quotas....!!)

Fizeram crer que, caso o "José Azevedo se torne bastonário, de os enfermeiros da Ordem virem a ser discriminados em função da sua militância partidária, inclusive no acesso à carteira profissional". Esta dedução malabarística é obra!

Se na realidade os Enfermeiros desejarem levar a cabo uma retrospecção partidária dos candidatos, ficarão surpreendidos com as ligações da actual bastonária. Mas, neste blog, estes "campos" não são explorados. É preferível a bem de toda a classe e da profissão, debater os problemas e planos para o futuro, esses sim, bem mais interessantes.

Se a Enf. MAS pensa que com este tipo de insinuações consegue arrecadar uns "pontitos extra" no caminhada para as eleições, desengane-se. Esse tipo de postura não é característica nem apropriada para um bastonário.

Mas não deixa de ser curioso e interessante, que só no período eleitoral é que a bastonária toma posições e está atenta ao mundo que a rodeia....
a
Tal como referi anteriormente, a próxima série de publicações de posts aqui no blog, será dedicada aos planos e estratégias que cada um dos bastonários traça para a profissão. É pois, desta forma, que se decide qual o melhor....

Comments:
Doutor enfermeiro disse

"Atacar" pessoas ao invés das suas políticas e estratégias é feio. Revela falta de carácter e postura.


O que é que você tem feito até agora no seu blog ?

Alguma coerência não lhe ficava mal !!!
 
O que fez agora foi o direito de resposta.
 
Ligações Partidárias da Actual Bastonária... é que nem pensar dizem os apoiantes da MAS contudo, só para os que têm memória curta porque, o comunismo está muito presente na memória de outros. As ligações da actual bastonária ao comunismo são evidentes e em tempos foi militante. Algo estranho são certas ligações da actual ordem para com o partido comunismo... muitos sabem do que falo... é um jogo sujo acusar assim as pessoas quando se tem um passado igual. Como nao têm argumentos para contrapor as ideias do JA inventam estas conspirações. Outra coisa importante é que o enf JA nao se está a esquecer de ninguém durante a campanha algo que durante 4 anos foi esquecido pela ENF MAS. Os enfermeiros do privado nunca foram tidos em conta, os enfermeiros militares totalmente esquecidos... os enfermeiros que nao estão a trabalhar em hospitais foram esquecido especialmente os dos centro de saúde e todos os que desempenham funções em empresas e em outros órgãos. Isto sim é discriminar nao apelar ao voto a todos os enfermeiros, oq ue significa que pelo menos nao se esqueceu deles tal com a actual bastonária o fez.
Neste momento lembrou que era importante visitar hospitais e centros de saúde mas durante 4 anos apenas andou a passear de avião em congressos. Os Enfermeiros nao têm memória curta por isso nao nos insulte sra enfª MAS.
 
Mas vocês estavam à espera de outra coisa com o EA ???

Não sabiam que o homem ia partidarizar a "coisa " ???

Só os seus partidários e quem não o conhece bem é que acreditava no contrário !!!

Abram os olhos, "carago "....
 
Anonimo das 11.31

Você não sabe mesmo o que diz !!!

Nem merece comentário !!!

Leia, pesquize, informe-se que só lhe faz bem .

Alem do mais " quem tem cúpulas vítreas, não deve emitir projeecções líticas sobre as eminencias circundantes "

Veja se percebe....
 
Anónimo disse:
"Algo estranho são certas ligações da actual ordem para com o partido comunismo... muitos sabem do que falo"

Por favor, tenha a bondade de esclarecer pois creio ser importante.
É que esta coisa da partidarização ou politização das "eleições" a OE está a pôr muita gente à beira de um ataque de caspa.
O pior é que "atacam" com argumentos sendo "VÍTIMAS" desses próprios argumentos...
Quero lá saber se A ou B é do PSD ou PCP. Qual é a grande diferença entre uns e outros? Ou entre todos os políticos? Uma coisa (entre muitas outras...) eles têm em comum: alzheimer, ou memória curta.
Porra para a política.
Eu quero saber é da ENFERMAGEM (pronto,já sei que é impossível fazer a dissociação...
Olhem, para bem da Enfermagem eu "apelava" nem que fosse ao Hugo Chávez (não Roque), mesmo correndo o risco que me mandassem calar, ou ao Bush. Ou mesmo ao Juan Carlos.
Que porra.
 
Caro Doutor Enfermeiro:
É intelectualmente desonesto afirmar que a dita carta foi/ou é dirigido a TODOS os enfermeiros.
Nessa carta, e mais precisamente na 2ª linha pode ler-se e passo a citar "militante do PSD 371, logo desde a fundação do NOSSO PARTIDO".
Ora o partido não é de TODOS os enfermeiros...
Não chame os enfermeiros de parvos!!!
O Enf.Azevedo nunca pensou foi que um "camarada" do PSD fosse "chibo" e lhe desse uma "facadinha nas costas", como aconteceu com o Santana Lopes.
 
Ao anónimo das 11:40PM:
- prometo que procurarei perceber a sua prosa dos telhados de vidro e tal; nem que para isso tenha que ir PESQUISAR, ler, etc. coisa e tal.
É como diz:
- não merece efectivamente comentários.
 
Mais um "fait-divers" de Maria Augusta e seus apoiantes...
Atenção que os telhados são mesmo de vidro... não se devem atirar pedras antes do tempo...
Tudo a seu tempo...
 
O problema não é o Enf Azevedo ser do PSD nem do seu passado sindicalista (ambos os aspectos são legitimos e opções pessoais). O problema é a carta que as pessoas devem ler para entender o que se está a passar. Há um candidato a Bastonário da OE que partidarizou a campanha. Que pretende associar a função da OE às estratégias de um partido. Que, assim, não hesitará em subjugar a OE aos interesses do seu partido quando este estiver no poder e que pode ser já em 2009.
Ninguém pode acusar a Enf.a Maria Augusta de ter subjugado a OE aos interesses de nenhum partido nem de uma visão ideológica. E ninguém teme que assim seja. A MAS lutou contra um governo PSD, em defesa dos interesses de elevação técnica e cientifica da enfermagem com resultados indiscutiveis: CIPE, o reconhecimento internacional no ICN e o facto de ser hoje uma figura respeitada em todos os quadrantes políticos dignifica a classe.
Pelo contrário, o Enf Azevedo, que gosta que lhe chamem doutor (será Doutorado?), assume sem respeito pelos seus colegas que quer cheagr ao Poder na OE para perseguir os enfermeiros que não sejam do PSD. Como alguém disse no blogue 'saudesa' em que é muito bom que os temas da enfermagem sejam debatidos (ao contrário da visão mesquinha de alguns que preferiam manter a discussão neste blogue controlado pelos amigos do Enf Azevedo): "O Enf Azevedo demonstra assim ser um elemento de desestabilização da classe.
E com esta acção deve ter perdido as eleições pois acredito que a classe vai acordar e perceber que tem que ir em massa salvar a OE de cair nas mãos de um personagem destes. Um artista de circo português no seu melhor. Que espectáculo triste. É assim que quer dignificar a enfermagem sr. Enfemeiro Azevedo? Dividindo a classe e confundindo partido político com a instituição de defesa e promoção das competências técnicas da profissão?"
Vamos todos votar no dia 13. Sobretudo a malta do norte que conhece bem este artista "doutor-enfermeiro".
 
Colega bracarense quando referi (penso que se está a referir a mim passe a modéstia) no saudesa que os temas da enfermagem não deveriam ser debatidos nesse blog espero que tenha entendido porquê. Até porque a conversa estava com tendência a azedar e que eu saiba ali está tudo menos apoiantes ou simpatizantes de Enfermagem, até porque são assuntos que não lhes dizem respeito. Quanto à pluralidade neste blog...com certeza que verá que ela existe, mas também não vou ser eu a defender a honra do convento porque nem sou qualificado para tal além de não ser da minha responsabilidade e também porque não preciso. E estará a agir de má fé ao dizer que ela não existe pois como vê até comentários brejeiros, saloios, moralmente reprováveis são aqui publicados ao contrário da maioria em que certos comentários são censurados ou nem sequer publicados. Quanto a isto penso que temos de estar de acordo...

Em relação a toda esta polémica: Não pensou nos interesses que estão subjacentes à publicação de dita carta no saudesa? Há quanto tempo não via um post sobre Enfermagem nesse blog?

Não nos deixemos manipular por entidades/interesses exteriores à Enfermagem. E temos de estar todos de acordo neste ponto: Qual dos dois candidatos pode dizer o que quer que seja de partidarismos de cada um dos lados, a diferença é que um dos lados assumiu isso frontalmente, ou vamos estar aqui todos a discutir sobre o politicamente correcto que no fundo é o que leva as pessoas a afastarem-se da vida política?

Passemos aos programas e não deixemos que se aproveitem de nós.

Já agora colega Bracarense não lhe fica bem tecer esses "rasgados elogios" ao EnfºAzevedo...
 
Pluraridade?? Sabem o que isso é ? Defende uma asneira e um erro ou tiro no pé da enfermagem e do PSD.

Acha que este procedimento foi o mais correcto?
 
Caro "Bracarense"
Já agora pode usar como exemplo dessa pluralidade e abertura democrática, o blog da sua própria candidata MAS, onde apenas são tolerados os comentários elogiosos. Todo o comentário neutro ou de outro sector é pura e simplesmente saneado à nascença. Um reflexo daquilo que se tem passado na OE durante estes longos anos.
Por isso não venha gabar as "virtudes" da sua candidata. Para isso, melhor seria fazer como JA e fechar o blog a comentários. Daria um aspecto mais honesto à "coisa".
 
o problema é que a maria augusta nem uma carta destas pode dar-se ao luxo de escrever, pois, não tem nenhum feito que seja relevante... desculpem, tem sim senhor, trouxe desemprego para a enfermagen, algo inédito....
e quando eu pensava que ela tinha acabado com a mania dos rácios, eis que passou recentemente no meu hospital a dizer que faltam enfermeiros e que o rácio ainda é baixo.... mas tabém só tinha meia dúzia de colegas a ouvi-la... o resto nem se deu ao trabalho!
 
Saudações.
O colega Bracarense( presumo que seja enfermeiro), escreveu, entre outras coisas, que este blog não é exclusiv à Enfermagem e ao que a ela diz respeito. Seguramente. Mas esses outro de saúdesa, de certeza que não o será. Fiquei com uma certa ideia de pessoa non grata (refiro-me à Enfermagem). Na verdade li muito pouco sobre Enfermagem nesse blog. Agora sobre o "resto", isso havia lá com fartura, de tal forma que rapidamente terminei a pesquisa nesse blog, tal era o tédio e as "tendências"... Pergunto quem será o autor? Eu próprio procurei deixar um comentário e não consegui (políticas de utilização do blog).
Portanto. o que o colega Estratega diz é verdade: aquele não será o melhor "sitio" para "discutir" Enfermagem.
 
Da minha opinião, considero que, caso aparecesse uma pessoa sem relações partidárias, aliadas a um projecto para os próximos 4 anos, que realmente reflectisse na imagem e reestruturação da Enfermagem, seria essa a minha aposta. Qualquer pessoa tem o seu direito de se afirmar, bem como escolher o seu partido de eleição e que melhor se enquadra nas suas convicções políticas. Apenas não acho honesto haver "cor" nas restantes instituições, e ai refiro especificamente à Ordem e a restantes sindicatos.
A referida carta realmente refere "NOSSO". Ora, isso dá que pensar na escolha de futuro bastonário da Ordem. Não sou nem a favor da Enf. MAS nem do Enf.JA. Nem estou inscrito em nenhum sindicato. Apenas defendo que a Enfermagem precisa de se revitalizar. Estamos cada vez mais fracos perante as outras classes profissionais bem como perante a sociedade. Digamos que a Enfermagem já não é como era. E sim, terminei este ano o CLE.

Lamento que as candidaturas sejam partidárias. Lamento mesmo.

Espero que a Enfermagem se una e evoluia.

E sim, é de louvar a atitude dos Enfermeiros da Finlândia. Mas estamos em Portugal, cada um por si (pessoalmente não assumo este ponto de vista).

Cumprimentos
 
Eu apenas gostaria que quem vier a ganhar as eleições na Ordem, ponha "ordem" nas escolas de enfermagem e começe a fazer o que a ordem dos médicos faz hà muitos anos:Decidir o numero de vagas para enfermagem nas escolas, acho que só assim se conseguirá por isto na "ordem".
Gostei da visita do Candidato Azevedo aos HUC.Foi esclarecedor.
 
Pirata da Foz disse...
Eu apenas gostaria que quem vier a ganhar as eleições na Ordem, ponha "ordem" nas escolas de enfermagem e começe a fazer o que a ordem dos médicos faz hà muitos anos:Decidir o numero de vagas para enfermagem nas escolas, acho que só assim se conseguirá por isto na "ordem".


Olhe que não, olhe que não ...

Ainda este ano abriram mais 100 vagas em Medicina, a OM bem protestou e veja o que conseguiu..

Aliás o governo já disse que nos próximos cinco anos vão abrir mais 1500 vagas... apesár da OM protestar !!!
 
Adorei ouvir o Enfª azevedo no Hospital amadora-Sintra hoje à tarde. Identifico-me com grande parte do que ele disse lá hoje. Verdade que nem tudo mas a maior parte das coisas que nos disse eu gostei. Seja ele capaz de fazer o que nos disse.
Quanto ao facto de ele ser do PSD quero lá eu saber. A Bastonária também é Comunista e ninguém parace incomodado com isso. E todos sabem que ela se tem rodeado de muitos amigos comunistas.
E entre os dois (já ouvi os dois) não tenho dúvidas. Estamos sempre a queixarmo-nos que ninguém faz nada para mudar a profissão mas agora que aparecem pessoas a querer fazer alguma coisa de diferente todos aparecem a criticar. De que têm medo? De mudar?
Tretas e mais tretas
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Meu caro rmo, permita-nos partilhar dessa sua euforia. Na verdade, o que é que um farmacêutico faz que um enfermeiro não possa fazer, ou um médico, ou um ajudante de farmácia?
É claro que o acto farmacêutico é anterior a tudo? Acto farmacêutico??!! Já agora, em que consiste o acto farmacêutico? Sendo anterior a tudo o que demais existe, será natural que seja minimamente conhecido, mesmo para os mais distraídos (talvez seja esse o meu caso). Talvez uma das alíneas desse acto será, ou antes, era: só o farmacêutico pode ter o seu estabelecimento comercial, que é como quem diz, a sua farmácia.
Realmente uma das coisas que me faz ter VALENTES GARGALHADAS, é o slogan: "em caso de persistência dos sintomas consulte o seu médico... ou farmacêutico". Farmacêutico?? Para quê? Se ainda fosse o seu ENFERMEIRO.
Sabe, é que "AINDA" não existe o conceito de "farmacêutico de família". Talvez seja matéria de revisão do tal acto farmacêutico.
Meu caro, às vezes não se trata de só o que este ou aquele tem ou não competência para fazer. Será o que este e aquele têm competência para fazer (dá para entender?). Sabe, é uma questão de formalismos legais. Só isso.
Ora um grande bem haja pela sua boa disposição e pelo seu contributo para o debate.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Ao anónimo das 8:14PM,
Já que está tão interessado, deixo-lhe pois umas referências básicas sobre a Enfermagem enquadrada no sistema de ensino português.
Fique então sabendo que em 1988 (Decreto Lei n.º 480 de 23 de Dezembro) o ensino de Enfermagem é integrado no sistema educativo nacional, a nível do ensino superior.
Está esclarecido? Minimamente?
Sabe o que é um desperdício? O seu comentário.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Se os licenciados em farmácia sentem algum "incómodo" relativamente a Enfermeiros, este, certamente, não é o melhor local para expressar esse "incómodo".
Existem alternativas viáveis para o efeito.
 




<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!