segunda-feira, janeiro 21, 2008

A excessiva "preocupação" com os Enfermeiros....


Fico lisonjeado com a preocupação de outros profissionais para com os Enfermeiros.
Preocupam-se com a nossa formação, visibilidade social, salários, condições de vida, etc...

Se os Enfermeiros são assim tão "desprezáveis", porque é que, "vossas excelências" os comentadores menos dignos, passam o vosso precioso tempo neste blog?

Lá diz o povo e com muita razão: "quem desdenha, quer comprar"... A inveja é feia. Os blogs servem para outros fins que não a expressão de sentimentos recalcados.
a
Se os Enfermeiros são "uma classe profissional sem estatuto, influência, poder económico, conhecimento, organização, executantes de afazeres simples e pouco gratificantes", então qual é o vosso interesse em nós?
Diversificai os vossos proveitos: existem blogs pertencentes a membros de outras classes profissionais mais ricas e poderosas (ex. médicos, farmacêuticos e TAE's), onde o vosso tempo é mais bem empregue!
a
Recomendo um simples Ben-u-ron® (passo a publicidade), para atenuar as cefaleias causadas pelas excessivas preocupações....
Por estas paragens encontram-se simplórios (Enfermeiros), cujas inquitações não são merecedoras da vossa atenção! Ide, e a sapiência vos acompanhe.... não vos fazeis rogados, ide, os simplórios não ficarão descontentes...

Comments:
Inveja de uma “classe” profissional sem estatuto, influencia, poder económico, conhecimento, organização, executantes de afazeres pouco mais simples e gratificantes que o executado por um empregado de limpeza no fosso dos elefantes do zoo de Lisboa.
É que é já…
Outra coisa, não tem competência nem para recomendar fármaco algum.

Oups, também vai apagar este comentário?
 
a portuguesice continua. gostava de saber quem é que cuida dos familiares destes seres maravilhosos quando por ordem natural ou acidente,vão parar a uma qq enfermaria de um hospital... veja lá caríssimo, é que pode ser o iletrado do cuidador de elefantes (o que eu dava para ser cuidador de elefantes, ao melhor estilo da bbc wildlife)a administrar a morfina à sua mãezinha, é que, como aquela espécie de bastonário disse (antes de devolver o poleiro) A MORFINA MATA.. heheheh... a malta até é burra e tal... não percebe nada disto... amanhã quando for preparar a terapêutica ligo para o médico de serviço...
Sinceramente nunca li tanta idiotice junta... E eu praqui a dar conversa... hehehe
 
LINDO!!!!!!!!!!
 
A tamanha tacanhez que estes inglórios pseudo-iluminados comentadores apresentam quando por aqui aparecem para descarregar as suas frustações é impressionante.
Fico deveras preocupado que doutores e outros que tais venham para aqui escrever barbaridades ainda por cima com erros ortográficos do tamanho de um comboio, fico a pensar que começo a ter medo de quando ficar doente correr o risco de ser avaliado por um pretenso médico que nem escrever sabe.
Mais vale entregar este País a Espanha.OLÉ!!!!!!!!!
 
É paracetamol mas é rectal. por esse rabo acima.. cambada de atrasados mentais desses bombeiros (alguns, felizmente e cada vez menos)nem ler correctamemte sabem. so tem esperteza para os oculos de sol e apitar as miudas da rua... vao la para os vossoa blogs da treta discutirem os vossos problemas e deixem os enfermeiros em paz.. garganta é muita! na triagem e quando trabalham com a vmer parecem uns ratos, nem abrem pio.. preocupwm-se com os vossos problemas internos... alcoolicos e atrasados mentais a fazerem serviços sem qualquer formação ou com tat ja caducado,cadetes a fazerem serviços.. entre muitos outros. deixem os enfermeiros em paz. nos nao vos tiramos o monopolio dos colares cervicais, coletes de extracção e afins.. nisso voces sao peritos.. ui tao dificil...!!! felizmente nem todos os bombeiros sao assim... exemplo: formadores do phtls! enfermeiros e bombeiros juntos em harmonia. a partilhar os saberes de cada profissão... deixem-nos falar!!!! esses atrasados mentais!
 
Os outros blogs, é cultura, informação.

Este blog é lazer, meu caro Para-doutor Enfermeiro. Puro lazer.

Sabe, aquele fedelho chato, mimado, cagão, ranhoso, pedante, ridículo, que todos conhecemos (no seu caso, e no das suas focas, se calhar, na qualidade de sujeito...) na escola? Aquele do qual todos abertamente e unanimemente nos ríamos, com o qual gozávamos, e no qual batíamos?

Bem, com a nossa idade, já não se pode fazer isso. É crime, e dá chatices tais que é francamente desaconselhável.

E é precisamente aqui que entra o seu blog. Isto sim, é Serviço Público!

Aqui tem, pois, a sua resposta: lazer. Puro, simples e maquiavélico prazer....
 
Se batias nos putos mais pequenos na escola é nornmal que venhas para aqui gabar-te....

Puro cobardismo, se assim não fosse ias trabalhar e meter-te nos teus assusntos...

É por causa de gajos como tu que o aborto foi legalizado. É pena que só tenha sido depois de nasceres.
 
Não será já altura de fazermos de alto para esses médicos de m%&$# que aqui vêm descarregar as suas frustrações, quiçá caseiras, e, pura e simplesmente, deixarmos de lhes responder?
Eu por mim alinho...

Vou escrever nas lousas da Primária, pode ser que, por lá, lhes sirvam um chá...de malvas !

José Simões
 
Depois de ler as ofuscas ruminações, dos anti-enfermeiros.

Cheguei à conclusão de que vocês não passam de simples fecalitos, que sonham tornar-se em fecalomas.

E os que são fecalomas aspiram tornar-se DEJECTOS.

A verdade é que não passam de resíduos, à procuram da luz ao fundo do túnel.

A vossa principal característica é a dureza, consequente da imobilidade e limitação cerebral.

Penso que o paracetamol rectal não será suficiente para tratar o vosso "encravamento".

O vosso problema só ficará resolvido, se usarem um extintores.
 
Caro DR colocou uma questão importante, porque outros profissionais se metem tanto no seu blog. Acho que devia apagar todos os comentários da parte deles, excepto os que fossem produtivos com argumentos válidos, que seriam quase nenhuns. Os invejosos têm de perceber que este é um blog de enfermeiros.
Prescrições oficiosamente já acontecem e a bem dos utentes, esperemos pelas oficiais.
 
"Inveja de uma “classe” profissional sem estatuto, influencia, poder económico, conhecimento, organização, executantes de afazeres pouco mais simples e gratificantes que o executado por um empregado de limpeza no fosso dos elefantes do zoo de Lisboa.
É que é já…
Outra coisa, não tem competência nem para recomendar fármaco algum.

Oups, também vai apagar este comentário?"

Com este comentário das duas uma, ou é um ignorante ou então um palhaço! Eu acho que é o primeiro... e com palhaços não se perde tempo!

A esse paracetamol eu associava um laxante, para por termo a tanta verborreia!

Cumps
 
É difícil ainda acreditar que as "animalices" entre duas classes profissionais se cruzam sem provocar acidente. Quando é que estes pseudo-médicos que se dignam afirmar que exercem medicina aprendem de uma vez por todas que exercemos ENFERMAGEM E NÃO MEDICINA! Centram em demasiado a tónica no próprio umbigo e no tamanho da sola dos sapatos para chegar acima do outro, colocando em 2º plano os propósitos da própria profissão. Tenham vergonha! Metam-se no vosso buraco que nós metemo-nos no nosso e preocupem-se com as vossas coisas que nós preocupamo-nos com as nossas. A vossa grande preocupação é nada mais nada menos do que a emancipação de uma classe que durante anos denegriram. Repito: denegriram. Aguardem pelo desenrolar dos acontecimentos porque o passado já lá vai.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
pois, olhem... eu quanto a mim, amanhã quando vir um médico, dou-lhe um abraço. parecem-me criaturas tão infelizes... dá-me quase vontade de chorar, tanta amargura, tanta mágoa... sniff, sniff... aliás, acho que se devia criar uma campanha com o titulo "Se vires um médico dá-lhe carinho"... pessoalmente não posso porque já tenho um cão e dois gatos, mas se pudesse oh sim! adoptava um, ou porque não, dois médicos!!! parte-me o coração vê-los por aí com ar carrancudo e infeliz....
 
vmos iniciar a campanha dê uma abraço ao médico!

Tipo "operação coração" feita pelo SLB
 
Uma anedota com moral:


Cachorro VELHO

Uma velha senhora foi para um safari na África e levou seu velho vira-lata com ela.

Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta de que estava perdido.

Vagando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direção, com intenção de conseguir um bom almoço ..

O cachorro velho pensa:

-'Oh, oh! Estou mesmo enrascado ! Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão por perto. Em vez de apavorar-se mais ainda, o velho cão ajeita-se junto ao osso mais próximo, e começa a roê-lo, dando as costas ao predador ...

Quando o leopardo estava a ponto de dar o bote, o velho cachorro exclama bem alto: -Cara, este leopardo estava delicioso ! Será que há outros por aí ?

Ouvindo isso, o jovem leopardo, com um arrepio de terror, suspende seu ataque, já quase começado, e se esgueira na direção das árvores.

-Caramba! pensa o leopardo, essa foi por pouco ! O velho vira-lata quase me pega!

Um macaco, numa árvore ali perto, viu toda a cena e logo imaginou como fazer bom uso do que vira: em troca de proteção para si, informaria ao predador que o vira-lata não havia comido leopardo algum...

E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cachorro o vê correndo na direção do predador em grande velocidade, e pensa:

-Aí tem coisa!

O macaco logo alcança o felino, cochicha-lhe o que interessa e faz um acordo com o leopardo.

O jovem leopardo fica furioso por ter sido feito de bobo, e diz: -'Aí, macaco! Suba nas minhas costas para você ver o que acontece com aquele cachorro abusado!'

Agora, o velho cachorro vê um leopardo furioso, vindo em sua direção, com um macaco nas costas, e pensa:

-E agora, o que é que eu posso fazer ?

Mas, em vez de correr ( sabe que suas pernas doídas não o levariam longe...) o cachorro senta, mais uma vez dando costas aos agressores, e fazendo de conta que ainda não os viu, e quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz:

-'Cadê o filha da puta daquele macaco? Tô morrendo de fome! Ele disse que ia trazer outro leopardo para mim e não chega nunca! '

Moral da história: não mexa com cachorro velho... idade e habilidade se sobrepõem à juventude e intriga.
Sabedoria só vem com idade e experiência.
 
Estimado colega José Almeida,
Permita-me uma ligeira correcção:
- na possibilidade de escolha no acto da adopção, em preferiria seguramente um belo de um canídeo. É que esses são fiéis e ladram menos.
Na impossibilidade, pois optaria por, não uma, não duas, mas 7 médicas, o que seria uma para cada dia da semana (assim não me cansava... - com todo o respeito devido e exigido pelas mulheres).
E sem dúvida que escrever neste blog é um prazer (contrariamente ao que muitos não-enfermeiros fazem no seu dia-a-dia; daí a sua azia para com os ENFERMEIROS)
Tenho dito (para já...:-)
 
Continuam na luta de classes, dizendo mal uns dos outros... Só não compreendo o porquê da raiva contra os bombeiros, que hoje em dia até são campo de estágio de enfermeiros finalistas de algumas escolas de enfermagem. Podem comprova-lo nos bombeiros de O. Azeméis poe exemplo.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
De facto, esse enfermeirozito com a mania da doutorice demonstra todo o seu (des)nível quando apaga respostas a comentários como o daquele ordinareco, mais acima....

Bem, mas que estou eu a dizer, o (des)nível já vem sendo conhecido há muito tempo, por tudo o que se vai escrevendo neste antro do maldizer, da invejazita bacoca, do provincianismo mental e da inépcia argumentativa....

É só mais do mesmo.
 
Já não vai lá com paracetamol...só se for um bactericida forte.

Esta semana vou dar uma pequena amostra do que andei a estudar em Microbiologia e Farmacologia.


São predominantemente bactericidas:
•aminoglicosidos
•cefalosporinas
•penicilinas
•polimixinas.

São bacteriostáticos:
• cloranfenicol
• macrólidos
• tetraciclinas.


...................

Cicloserina
Glicopeptídeos
vancomicina
teicoplanina
Bacitracina
Beta-lactâmicos
penicilinas
cefalosporinas
carbapenemos
monobactamos
------------------------

Os Antibióticos activos contra:
S. aureus e MetS e MetR
Staphylococcus coagulase - MetS e MetR
Enterococcus faecium VancoS e VancoR
S. pneumoniae PenS e PenR
Anaeróbios


Mycobacteria,
Protozoários (T. gondii, E. histolytica, P. falciparum)
Campylobacter
Helicobacter pylori
Borrelia
Neisseria e outros patogénicos genitais

-------------

Trimethoprim-Sulfadiazine
(Baclise ®)

Trimethoprim -Sulfametoxazol
(Bactrim®)
-------------------------

Àcido Nalidixico
Norfloxacina
Ofloxacina
Ciprofloxacina
Levofloxacina
Lomefloxacina
 
Klebsiella
Identificação:
Urease +, Citrato +
MR (Methyl Red) -, VP (Voges-Proskauer ) +4
Mobilidade -, H2S -
colónias mucoides em gelose sangue e MacConkey
 
Fungos
Ascomicetes
Basidiomicetes
Zigomicetes
(Deuteromicetes)
Zigomicetes
Hifas cenocíticas
Esporos sexuados em zigósporos
 
Alguém aí falou de um estágio nos bombeiros de Oliveira de Azemeis! De Enfermagem?! De que escola? Não que tenha algo contra os bombeiros, muito pelo contrário, mas um estágio nos bombeiros para um aluno de enfermagem não faz muito sentido!

Cumps
 
Parasitas enfermeiros
 
Só fala quem tem dor de cotovelo.. Como disse o Presidente do INEM " Os enfermeiros são profissionais de saude licenciados e altamente qualificados".. SR TAes e Bombeirada, vozes de burro não chegam ao ceu.. Indiferença..
 
É verdade!

Um TAE disse: "que sabia fazer partos... que não precisava de enfermeiros nem de médicos para nada....que era muito fácil... e pelos vistos já tinha experiência...pois era normal uma mulher parir na ambulância ou aonde fosse...e os bombeiros serem parteiros era a coisa mais natural do mundo.

É cada uma que ouço!Aonde é que isto vai parar...o problema é que a população menos informada pensa que eles são mesmo enfermeiros ou médicos e ainda não perceberam que são apenas pessoas com uma formação para tripular uma ambulância e pouco mais.
 
Meus senhores, este blog é um site de interesse público, como já foi dito anteriormente. Tentem não ferir susceptibilidades, pois só assim serão credíveis...
Sou enfermeira, sou TAE e bombeira voluntária. Não compreendo determinadas rivalidades... Cada um nas suas funções: cooperação e espírito de equipa são a solução para prestar cuidados adequados e com eficiência. Será que não trabalhamos todos com o mesmo objectivo? Será que o facto de queremos mostrar que somos superiores aos outros nos leva a concluir objectivos?... Não me parece.
Humidade meus senhores... Só assim poderemos ajudar o próximo, que é a nossa missão.
 
Mais uma anedota com muita moral:


O Motel.... (Luiz Fernando Veríssimo)


Mirtes não se agüentou e contou para a Lurdes:
- Viram teu marido entrando num motel.
A Lurdes abriu a boca e arregalou os olhos. Ficou assim, uma estátua de
espanto, durante um minuto, um minuto e meio. Depois pediu detalhes.
-Quando? Onde? Com quem?
- Ontem. No Discretíssimu's.

- Com quem? Com quem?
- Isso eu não sei.
- Mas como? Era alta? Magra? Loira? Puxava de uma perna?
- Não sei, Lu.
- O Carlos Alberto me paga. Ah, me paga.
Quando o Carlos Alberto chegou em casa a Lurdes anunciou que iria deixá-lo
e contou por quê.
- Mas que história é essa, Lurdes? Você sabe quem era a mulher que estava
comigo no motel. Era você!
- Pois é. Maldita hora em que eu aceitei ir.
- Discretíssimu's! Toda a cidade ficou sabendo. Ainda bem que não me identificaram.
- Pois então?
- Pois então que eu tenho que deixar você. Não vê? É o que todas as minhas
amigas esperam que eu faça. Não sou mulher de ser enganada pelo marido e
não reagir.
- Mas você não foi enganada. Quem estava comigo era você!
- Mas elas não sabem disso!
- Eu não acredito, Lurdes! Você vai desmanchar nosso casamento por isso?
Por uma convenção?
- Vou!
Mais tarde, quando a Lurdes estava saindo de casa, com as malas, o Carlos
Alberto a interceptou. Estava sombrio:
- Acabo de receber um telefonema - disse. - Era o Dico.
- O que ele queria?
-Fez mil rodeios, mas acabou me contando. Disse que, como meu amigo, tinha
que contar.
- O quê?
- Você foi vista saindo do motel Discretíssimu's ontem, com um homem.
- O homem era você!
- Eu sei, mas eu não fui identificado.
- Você não disse que era você?
- O que? Para que os meus amigos pensem que eu vou a motel com a minha
própria mulher?
- E então?
- Desculpe, Lurdes, mas...
- O quê???
- Vou ter que te dar uma surra...

(Luiz Fernando Veríssimo)

CONCLUSÃO:

DEVEMOS CUIDAR APENAS DA NOSSA SAÚDE, POIS DA NOSSA VIDA, TODO MUNDO CUIDA!
 
Também conheço uma enfermeira angariadora da Remax nos tempos livres... e outra que anda a estudar para esteticista para ganhar mais uns trocos...com isto quero dizer...será que estes enfermeiros com tantas actividades garantem a qualidade dos seus serviços aos seus clientes?

Ou só interessa ganhar uns trocos para passar férias nas Canárias!

Para não falar que trabalham em tudo quanto é clínicas e hospitais privados e públicos!
 
Perante estas circunstâncias os recém licenciados claro que não têm hipótese absolutamente nenhuma...

...fazem estágios de graça para ganhar alguma experiência e até vislumbrarem uma luz ao fundo túnel.
 
Até uma Marciana com o 9ºano anda a Estudar Enfermagem na Universidade Fernando Pessoa!

Será que também entram assim marcianos analfabetos para medicina...começo a ficar preocupado...
 
O dia mais feliz do "Dr." Enfermeiro (uau! E em apenas 3 anitos, que prodígio!) e das suas focas:

-O dia das colocações na Faculdade!

Há testemunhos fidedignos que asseguram que o mesmo foi para casa a correr, as lágrimas a escorrerem-lhe pela face, e terá dito alto e bom som:
-Mamã, papá, consegui, entrei numa Faculdade (ou lá onde aprendem "enfermagem"...) de Enfermegem, a minha 1ª opção, o meu sonho de criança tornou-se realidade, vou ser Doutor, andar de helicóptero e de ambulância, vou ser Ministro da Saúde, Presidente da República, enfim, o céu é o limite, este é o dia mais feliz da minha vida!

...
Verdadeiro ou Falso?
lolll
 
Pois, pois! Claro, os enfermeiros não são qualificados, não têm conhecimentos e são meros executadores de tarefas. Estou a trabalhar hà um ano e sete meses e já perdi a conta ao número de vezes que tive que corrigir as buradas que os médicos fazem! É de bradar aos céus! Eu não tenho nada que andar atrás deles, esse não é o meu trabalho! Mas o meu dever é prestar os melhores cuidados possíveis aos meus doentes, que não têm culpa nenhuma! Se eles soubessem! O que vale é que nós, enfermeiros, nos preocupamos! E não pensem que não estou a exagerar, não estou! Deus me livre de caír nas mãos destes médicos!
 
Por que essa "guerra" e essa comparação de papéis entre enfermeiros e médicos? Como fica o doente no meio desse tiroteio?Todos são profissionais, cada um com suas funções e competências. A harmonia entre as equipes é fundamental para o contínuo desemvolvimento de um trabalho bem sucedido e seguro para todos.
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!