sábado, janeiro 19, 2008

Gestos básicos de Enfermagem?? - Usurpação de Funções

Enfermeiros nas Farmácias

Mais um atentado à Enfermagem. Então os sapientes que tudo sabem e dominam, precisam de formação em "Gestos Básicos de Enfermagem"?

A Cooprofar (Cooperativa dos Proprietários de Farmácia), puxou pelos "neurónios" e pretende leccionar aos farmacêuticos o seguinte (programa formativo):
a
1. Administração de primeiros socorros.
1.1 Exame da vitima
1.2 Alterações cardio-respiratórias
1.3 Choque
1.4 Hemorragias
1.5 Feridas
1.6 Queimaduras
1.7 Fracturas e Lesões
1.8 Traumatismos
1.9 Acidentes domésticos
2. Administração de medicamentos
2.1 Métodos e vias de administração de medicamentos
3. Administração de vacinas não incluídas no Plano Nacional de Vacinação
4. Gestos de Enfermagem aplicados a programas de Cuidados Farmacêuticos
a
Pois é, mas além da ilegalidade cometida, tal tem um nome: usurpação de funções dos Enfermeiros.
Se as farmácias querem ter assistência de Enfermagem, a estratégia passa por contratar Enfermeiros, e não por invenções formativas.

Vamos ver o que a Ordem dos Enfermeiros diz acerca disto (usurpação de funções)....

Comments:
Não exagere sr enfermeiro, usurpação de funções ocorre quando existe acto de enfermagem, o que não é o caso.
Que hiperbólicas, tendenciosas e falaciosas que são as suas afirmações, declarar que é ilegal quando sabe perfeitamente que não o é. Ainda por cima quando é feito ao abrigo da Portaria 1429/2007 de 2 de Novembro.
 
Ó sôtor, ilegal é o que é contrário à lei (pode confirmar em qualquer dicionário da língua portuguesa). Ora, tudo o que acabou de classificar como "ilegal" está devidamente regulamentado na LEI. Assim sendo, devo admitir que o sôtor está com sérios problemas de interpretação. E devo dizer que neste programa formativo, basicamente, está tudo aquilo que um enfermeiro precisa saber. Oito horas são suficientes.
 
Antigamente o Enfermeiro fazia tudo...ou nos «abispámos» ou, qualquer dia...é isso, não sobra nada para fazermos:-(
 
Sejamos francos...

A Enfermagem está a perder funções para outras áreas..

Porque não há ninguém que nos defenda, nem a OE.

Até pode estar em diploma... Mas sejamos francos... Essa função não era dantes dos farmacêuticos..

E gestos básicos de Enfermagem? Em 8 horas?! É simplesmente gozar com a formação de 4 anos de Enfermagem.

E mais "Gestos básicos de Enfermagem"... Se é de Enfermagem, porque vocês vão aprender?! Denominavam "Gestos básicos de Farmácia"..

Há com cada coisa...
 
Pois é, essa tal Portaria 1429/2007 teve o despacho de quem? Não me diga que foi do mesmíssimo que legalizou ou "flexibilizou" a vidinha a pedófilos, ladrões, assassinos e corruptos? Ou os mesmos que fizeram "ouvidos de marcador" ou "olhos míopes" ao prevaricador (fiscal-mor da A.S.A.E) que contra o que estava legislado decidiu fumar onde não devia (Casino), vá la saber-se com que intenções...
É destes legisladores que está a falar?
Então mas vocês querem ou não ser Enfermeiros? É que para isso tem (ainda) que se fazer uma Licenciatura em Enfermagem.
Honestamente que não vos entendo (estou a brincar; é claro que entendo). Deixou de ser os 3 em um para passar a ser tipo 5 contra 1...
Se dúvidas existiam...
 
Já agora, quem é que vai ministrar essa diz-que-é-uma-espécie-de-formação?
Porra, é duma ilegalidade sem precedentes.
Quem é que os legisladores consultaram para promover essa portaria?
As actividades que passaram a ser possíveis (iligalmente) de realizar numa farmácia, deverão ser desenvolvidas por enfermeiros, tão e só. Tudo o resto será incorrer em ilegalidade. Mas mais do que ilegal, creio que estamos perante de uma situação de RISCO POTENCIAL DE SAÚDE PÚBLICA.
Por outro lado estamos perante um atropelo ético para com uma profissão que merece mais do que palmadas nas costas. Creio contudo que o conceito de ETICA não constará do reportório formativo/lexical da maioria dos profissionais farmacêuticos, cujo expoente máximo se evidencia nas suas associações (neste caso a Cooprofar).
A confirmar-se, deverão ser tomadas todas as diligências judiciais necessárias e exigíveis.
TUDO TEM UM LIMITE, mesmo neste "país de bananas governado por sacanas" (D. Carlos)
Estarei atento.
 
Errata:
- leia-se ilegalmente onde está "iligalmente"
 
Já não percebo nada....

Mas então, SExas Enfermeiros com pretensões a doutores queixam-se por haver farmacêuticos com pretensões a poder fazer gestos básicos de enfermagem ( ou gestos de enfermagem básica?)?

Afinal a questão não está na competência?

Se está na competência, quem é que lhe diz que aqueles não o serão?

Estamos a falar da cisão do núcleo do átomo, ou de simples actos fáceis de adquirir por qualquer (lá vamos nós...) macaco ensinado?
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
A competência de um licenciado em farmácia é tão demarcada, que vejam lá, um técnico com o 9º ano, faz exactamente o mesmo que vocês....
 
Numa farmácia, um farmacêutico:
- avia a receita médica;
- avia a receita veterionária;
- recebe o pagamento e faz trocos;
- trabalha com o multibanco;
- faz trocos na caixa registadora;
- vende perfumes e cremes;
- vende souvenirs para bébés;
- arruma as caixas e organiza as prateleiras;
- vende escovas e pastas dentífricas;
- vende champôs e amaciadores;
- a função mais complexa é mesmo decifrar a letra do médico....
 
A ordem em vez de emanar comunicados a repudiar isto e aquilo deveria começar a agir. E começar por definir acto de enfermagem! É a única maneira de tornar ilegal o exercício da Enfermagem por não Enfermeiros apesar de teoricamente habilitados ou com conhecimentos para tal!
No entanto a Enfermagem actualmente habita uma casa da qual não fez a escritura e corre o risco de vir alguém e renvindicá-la como propriedade sua!
Criar o acto de Enfermagem é patentear a própria Enfermagem no nome dos seus legítimos e únicos intérpretes: os enfermeiros!
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Enfermagem em 8 horas...........parece-me bem.
 
Já que a Ordem continua virada de costas para estes problemas temos de virar-nos para os sindicatos, pois ist de usurpação de funções também tem a ver com as condições vida.
Claro está que quando as coisas correm bem qualquer sucateiro pode fazer de qualquer coisa em poucas horas. Até acho que para esses fenómenos hierbólicos, 8 horas são de mais.
O problema é quando as coisas correm mal...
Ora para não correrem mal é preciso fazê-las bem. E isso compete aos enfermeiros.
Usurpar funções é tirar o pão de cada dia aos enfermeiros. Ora esta usurpação vai passar a ser de indole sindical, pois estão a roubar aos enfermeiros o que lhes permite ganhar uns justo salário porque investiram num curso
Isto ainda antes de a Ordem se virar para estas coisas.
Se estes usurpadores não soubessem que aquilo é enfermagem não usava o título, sequer.
São mesmo nefelibatas.
 
É vergonhoso ler o nivel dos comentários dos enfermeiros, continuem assim e vão ver onde isto vai parar...
Preocupem-se em "CUIDAR" Provem a quem precisa de cuidados de enfermagem, que são os melhores e portanto indispensáveis. Quando forem reconhecidos, quando a comunidade vos identificar como uma mais valia para o seu bem estar... então a batalha que já perderam... puderá reverter-se
Preocupem-se em SER ENFERMEIROS e deixem as conversas de caserna para os doutoresenfermeiros
 
Dar umas caixas de medicamentos receber o dinheiro e ler a bula com as indicacoes / efeitos secundarios ,qualquer um com a escolaridade basica o faz ,inclusive nas feiras com a venda da banha da cobra.A Enfermagem tambem tem conhecimentos sobre farmacologia.O contrario nao e verdadeiro.
 
Enfermeiros com conhecimento de farmacologia....ainda está para vir o dia.
Qualquer gajo com a escolaridade basica da umas picas e faz uns pensos.
 
"Qualquer gajo com a escolaridade basica da umas picas e faz uns pensos."

Deve ser deve... Se estiver a falar de uma simples escoriação ou de uma qualquer ferida não complicada.

Agora se me começar a falar de feridas complicadas, tenha lá paciência, mas duvido que não pedisse a um enfermeiro para lhe fazer o tratamento. É aceite por quase toda a gente, que os enfermeiros são superiores a outros profissionais neste campo, inclusive em relação a médicos e farmacêuticos.
 
Então afirmar que se sabe mais de farmacologia que farmacêuticos, "farmacologistas" por excelência...

E não sou farmacêutico, mas parece-me mais que lógico.
 
Lógicamente, os farmacêuticos sabem mais sobre farmacologia que os médicos e enfermeiros. Pena é que toda a "ciência" dos farmacêuticos seja usada a avaiar receitas dos médicos e a dar trocos.
Além da investigação (mas isso todos fazem), não servem para mais....
 
Pelo que sei, a carreira farmacêutica é muito maior que isso, desde a química farmacêutica, microbiologias, especialidades em indústria farmacêutica, analises clínicas, registos e regulamentações, genética etc. (ver OF).
A direcção técnica/clínica e gestão de departamentos na indústria e distribuição cabem só a farmacêuticos por lei. Há imensas vertentes para o profissional, não vá por ai. Contudo pelo que sei a farmácia de oficina é atractiva pelas boas remunerações.
Acho que em vez de mandar bocas para o ar se deviam informar sobre o acto farmacêutico.
 
Sempre pensei que os enfermeiros possuíssem um conhecimento geral sobre a actividade de todos os profissionais de saúde, enfim, estou a ver que sabem o que eles fazem e os médicos. Mas mandar bocas desinformadas é com o Dr. Enf!!!
 
Não, pá! O enfermeiro nem sabe o que faz ele próprio. O enfermeiro só sabe o que faz o médico, perante o qual se ajoelha e baixa as orelhas, logicamente. Assim se vê o quão culta é a profissão de enfermeiro.

Anónimo das 12:42, olhe com mais atenção para as embalagens de paracetamol que tem aí por casa para as suas dores crónicas na região da articulação úmero-radial. Depois agradeça ao farmacêutico responsável pela sua produção, ao farmacêutico responsável pelo controlo da qualidade, ao farmacêutico responsável pelo seu desenvolvimento, ao farmacêutico responsável por tudo aquilo que a sua ignorância nunca lhe permitirá alcançar.
 
Os enfermeiros investigam? O quê? Pensos?

Pequena lista de reconhecidos investigadores farmacêuticos no panorama nacional e internacional:

- Prof.ª Dr.ª Patrícia Cavaco Silva (Directora da Technophage; Prémio Fundação GlaxoSmithKline para a Investigação/Intervenção SIDA em África)
- Prof. Dr. Amílcar Falcão (Prémio Eminent Scientist of the Year 2006 da International Research Promotion Council)
- Prof.ª Dr.ª Odette Ferreira (inúmeras distinções no âmbito da investigação sobre o HIV, sendo a última o Prémio Universidade de Lisboa; Investigadora do Centro de Patogénese Molecular da Universidade de Lisboa)
- Prof. Dr. José Moniz-Pereira (Prémio Câmara Pestana; Prémio Maria Amélia de Mello para as Ciências da Saúde)
- Prof. Dr. José Azevedo Pereira (Prémio Câmara Pestana; Prémio Maria Amélia de Mello para as Ciências da Saúde)
- Drª. Quirina dos Santos Costa (Prémio Câmara Pestana; Prémio Maria Amélia de Mello para as Ciências da Saúde)
- Prof.ª Drª. Elsa Anes (Prémio Câmara Pestana)
- Prof. Dr. António Bica (Director do Laboratório de Estudos Farmacêuticos - Tagus Park)
- Prof. Dr. Miguel Garcia (Investigador na Unidade de Imunologia Clínica do Instituto de Medicina Molecular; Director da Technophage)
- Dr.ª M. Conceição Santos (Investigadora Principal na Unidade de Imunologia Clínica do Instituto de Medicina Molecular)
- Prof. Dr. Nuno Miguel de Sousa Lunet (Investigador da Unidade de Investigação Cardiovascular da Universidade do Porto; membro da Comissão de Ética para a Investigação Clínica)
- Prof. Dr. Manuel Nuno Alçada (Investigador do Centro de Farmacologia e Biopatologia Química da Universidade do Porto)
- Prof. Dr. Domingos Henrique (Prémio Gulbenkian de Ciência; Coordenador e Investigador Principal da Unidade de Biologia do Desenvolvimento do Instituto de Medicina Molecular)

Por aqui não se investigam pensos.
 
esse pretinho na imagem ilustra como está a enfermagem no país:

Escurecida
 
Para tirar as suas dúvidas, visite o site www.wenr.org (Workgroup of European Nurse Researchers).
 
São predominantemente bactericidas:
•aminoglicosidos
•cefalosporinas
•penicilinas
•polimixinas.

São bacteriostáticos:
• cloranfenicol
• macrólidos
• tetraciclinas.


...................

Cicloserina
Glicopeptídeos
vancomicina
teicoplanina
Bacitracina
Beta-lactâmicos
penicilinas
cefalosporinas
carbapenemos
monobactamos
..............fora o resto........
Estudante da Lic.ENFERMAGEM
 
Para conhecer o melhor a Investigação e Epistemologia em Enfermagem recomendo a leitura destes 2 livros:

Teóricas de Enfermagem e a sua obra - Tomey

Teóricas de Enfermagem e Sua Obra é o livro sobre teoria de enfermagem mais abrangente que existe.
Esta Quinta Edição apresenta:
- Discussão de 28 teorias, fornecendo uma apresentação alargada das teóricas de enfermagem e da sua obra.
- Perspectivas das teorias de enfermagem actualizadas e com autoridade, algumas das quais revistas e validadas pelas próprias teóricas.
- Apresentação consistente de cada teoria, com cada capítulo organizado com os seguintes títulos: Credenciais e Background da Teórica, Fontes Teóricas, Uso de Provas Empíricas, Principais Conceitos e Definições, Principais Pressupostos, Postulados, Forma Lógica, Aceitação pela Comunidade de Enfermagem, Desenvolvimento Posterior, Análise Crítica, Actividades de Pensamento Crítico e Referências e Bibliografia.
- As bibliografias actualizadas e extensas no final de cada capítulo, dividem-se em fontes primárias e secundárias que constituem excelentes recursos para estudo adicional.
- Concebido para ser usado como texto para acompanhar a obra Nursing Theory: Utilization and Application, Segunda Edição de Alligood/Marriner Tomey. Teóricas de Enfermagem e a Sua Obra apresenta o conhecimento central da teoria que é aplicado à prática no texto de Alligood.



O PROCESSO DE INVESTIGAÇÃO,
da Concepção à Realização
Marie-Fabienne Fortin
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
O dia mais feliz do "Dr." Enfermeiro (uau! E em apenas 3 anitos, que prodígio!) e das suas focas:

-O dia das colocações na Faculdade!

Há testemunhos fidedignos que asseguram que o mesmo foi para casa a correr, as lágrimas a escorrerem-lhe pela face, e terá dito alto e bom som:
-Mamã, papá, consegui, entrei numa Faculdade (ou lá onde aprendem "enfermagem"...) de Enfermegem, a minha 1ª opção, o meu sonho de criança tornou-se realidade, vou ser Doutor, andar de helicóptero e de ambulância, vou ser Ministro da Saúde, Presidente da República, enfim, o céu é o limite, este é o dia mais feliz da minha vida!

...
Verdadeiro ou Falso?
lolll
 
farmaceiticos aão uma coisa, enfermeiros são outra. nem sequer tem logica aprenderem teoria e muito menos tecnicas de enfermagem pois não é na cadeirinha da farmacia que vão resolver uma hemorragia abundante, fazer penso de uma lesão tumural ulcerada ou mesmo de uma lesão sangrante de um ferimento, os farmaceuticos oinda não têm competencia para tal, e também e não conhecem as centenas de material para pensos ou como usa-las. Em 3 anos de trabalho como enfermeira dei 4 "picas" entenda-se injectáveis intramusculares e trabalho muito todos os dias, sua besta ignorante. se não sabes do que falas cala-te e ninguém que não seja enfermeiro o poderá entender.
e as rivalidades com os bombeiras são estupidas, se nas santas terrinhas que se referiram só há bombeiros voluntários e como o pais está ninguem está para trabalhar de graça é natural que só estivesse um bombeiro á noite.se fosse uma corporação municipal a resposta teria sido diferente. hoje para ser bombeiro é necessário o 12º ano e formação especifica na área e podem não saber tento como nós, mas sabem muito. mas alguns são cromos e acham que todos os eber nascem de parto eutocico, gostava de ver o sr bombeiro a tentar pazer o parto e seir-lhe ums perninha primeiro, gostava de saber o que ele fazia, sem ter em conta a parturiente que nem teve direito a escolher se queria analgesia.
 
Boa tarde a todos,

Não vejo sinal para alarme com esta nova lei, sou Enfermeiro e pelo que leio neste Dec Lei estes cuidados so podem ser executados nas farmácias por profissionais legalmente habilitado, logo Srs Framaceuticos vocês podem ter o serviço na Farmácia, só não podem ser voces a fazê-lo!
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!