quinta-feira, fevereiro 28, 2008

Ex-bastonário da Ordem dos Médicos contra o desemprego dos Enfermeiros!

O apoio por vezes surge de onde menos se espera. De quem menos se espera.
a
O ex-bastonário da Ordem dos Médicos (OM), Germano de Sousa, repudiou veemente o excesso de Enfermeiros devido à proliferação descontrolada das Escolas de Enfermagem e respectivas vagas de acesso (ou numerus clausus, como lhe chamou...). (clicar na imagem para ampliar e ler)
Ao contrário da actuação da Ordem dos Enfermeiros (OE), o incentivo e as posições firmes favoráveis aos profissionais de Enfermagem, provêm de membros da OM!

Germano de Sousa questiona: "O que fazer com um batalhão de Enfermeiros desempregados"?

A área das Ciências da Saúde não é compatível com desemprego devido à sua complexidade e à necessidade de prática constante. Como tal, afirmou que "não é admissível ter excedentários mas Ciências da Saúde". Asseverou ainda que "o que as Universidades e Politécnicos precisam, é que os seus recém-licenciados no desemprego, por serem excedentários, os coloquem por esse facto em tribunal", "exigindo uma choruda indemnização"!

Num momento apenas, um ex-bastonário da OM prestou mais apoio público aos Enfermeiros, do que a nossa própria Ordem em vários anos!!

Claro que "isto" não é inocente. Visa a "prevenção" do desemprego entre os médicos. De qualquer modo, nunca tivemos uma posição semelhante oriunda dos nossos pares! Com pesar nosso.

Ultimamente é possível observar uma pequena mudança no discurso da Enfª. Maria Augusta de Sousa (OE) que vai ao encontro do que todos nós temos vindo a defender: a adequação da formação às necessidades do mercado, impedindo o excesso de profissionais.

Uma coisa é possível assegurar (e agora dirijo-me, mais concretamente, à nossa bastonária ):

- Srª Bastonária, existem duas opções a ponderar, ou está connosco ou contra nós.
Se enveredar pela última opção, então, será impossível evoluir e a profissão entrará em rotura.
Se decidir estar connosco, então terá a força de mais de 50 mil Enfermeiros! E aí sim, poderá sempre contar com o nosso apoio, dedicação e investimento. Tenho a certeza que, unidos, certamente seremos uma classe com uma palavra a dizer no que respeita ao sector da saúde...
O futuro pode ser muito positivo.
z
Leiam com atenção o referido artigo (clicando na imagem ou seguindo o link que vos deixo, mais precisamente na pág. 7).

Comments:
Pois, Amigo Doutor Enfermeiro. Quem sabe não esteja aqui uma ideia...processar as Universidades e Politécnicos por estarem na origem dos excedentários. Providência Cautelar até está na moda...
MB
 
Como se alguma vez um processo desses funcionasse...
 
se fosse dos EUA funcionava... aqui somos benevolentes....
 
Também eu vi essa notícia e fiquei abismado. Ter que ser um médico a denunciar o facto de Enfermeiros estarem no desemprego por a nossa Ordem nada fazer contra a proliferação de escolas! E a Ordem o que faz?? Anda a Bastonária atrás da Ministra em todas as suas visitas de estado, como uma haia, para quê? Será que tem algum truque na manga? Ou será que lhe anda a dizer: "- olha lá, ó Anocas, vê lá que faltam 3 mil enfermeiros em Portugal..!!"
VAMOS A DESPERTAR!!!
 
Sabem uma coisa?!

É até nisto serem outros a fazer.

Nem a OE se dignifica a prestar comentários sobre a Enfermagem...

A OE só penso nos €€€... E bem chorudos, ora façam lá as contas, com uma estimativa exponencial, a subir todos os anos..

Dá que pensar para onde vai tanto €...

De certeza que as obras são muitos..

Agora, desemprego?!, isso existe no dicionário da OE?! Claro que não. OE, amigos, cunhas, primos, cunhados, já têm todos os seus tachos!

Enfim...
 
Pois �... caros camaradas!!!

� muito bonito apontar o dedo...

Mas triste, triste � qd os nossos (OE) n�o nos protegem... e l� vem o Exmo Ex-baston�rio, mt respeitosamente, p�r o dedo na ferida... Aleluia!!!

Pois... Este � o pa�s que temos, e j� tdx sabemx como funciona... ou melhor n�o funciona...

Maravilhosa OE, M. Sa�de... Life is great!!!

Como se justifica ent�o o descalabro a que xegou a maravilhosa enfermagem... Injustific�vel!
Desemprego???
Vencimento base??? Um espect�culo!!!
Qualidade dos cuidados prestados???
Motiva�o??? Satisfa�o???
Ui... Melhor ainda!!!
N��... T�o a gozar!!!

E agora:::

Que a uni�o faz a for�a, tb j� todos sabemos...

Mas tb j� todos sabemos que em Portugal a for�a... hum... A for�a, a for�a, n�o est� do lado de quem arrega�a as mangas, mas sim de quem est� a tr�s de uma secret�ria, e n�o faz nenhum!!!

Ups... n�o quero ferir susceptibilidadx!!!

Palavras para qu�???

Ap�s tantos anos, e lutas dos nossos antecessores...

Temos o que merecemos... caros camaradas!

Sentados � sombra da bananeira, aki est� o resultado.

Toca a despertar essas mentes, a mexer esses rabos, e deixar o comodismo de lado...

O que ser� da enfermagem...
 
Finalmente alguém começa a trabalhar para eu ter emprego...
Dou só dois exemplos

Primeiro - O DrEnf. que já anunciou aos colegas do serviço (sim eu sou dos poucos que sei quem ele é) vai largar um dos seus "muitos tachos" pois começa a ser difícil que os colegas lhe amparem o jogo enquento ele está a escrever no blog...

Segundo - Os membros impolutos dos OS da SRNorte da Ordem dos Enfermeiros

Sim, leram bem ORDEM DOS ENFERMEIROS
Aquela que veçês dizem que nada faz pelos enfermeiros

Não desesperem que a vossa vez há-de chegar ...agora que a SRNorte quer comprar um carro, pode ser que contrate um enfermeiro para motorista, outro para tratar da manutenção, outro para ...pelo menos empregos eles prometeram na campanha eleitoral...



É TEMPO DE CUMPRIR PROMESSAS, NEM QUE SEJA PRECISO COMPRAR OS FALCONS DO GOVERNO EM SALDO!!!!

Pode ser que o exemplo dos afilhados do Azevedo pegue e a Ordem toda desate a comprar carros, barcos, aviões, cafés, Continentes, eu sei lá... e a empregar enfermeiros...

São todos iguais, meu rico dinheirinho.....
 
Tem pouco a ver com o tema do post mas creio ter muito a ver com os Enfermeiros.
Novo regime dos trabalhadores do Estado:

http://www.semanarioeconomico.com/pplano/pplano_desarrollo.html

Vale a pena ler.

Bom dia

Teixeirinha
 
Bom dia!

Doutorenfermeiro enviei-lhe um mail, sobre como definir o acto de enfermagem.

Caso não tenha recebido, pode sempre usar o blog para me avisar que eu o enviarei novamente.

Cumprimentos.
 
Seria bom a nossa OE disponibilizar transportes a nível nacional para haver muita adesão à próxima AG.

Pelo menos o nosso dinheiro seria bem empregue por uma vez!!!


Saudações
 
O Caro Anónimo das 08:03 AM disse:

"...agora que a SRNorte quer comprar um carro,..."

segundo sei essa afirmação é verdadeira MAS apenas pretende evitar o uso de Avião e outros meios de transporte que no mandato anterior chegaram a MUITOS MILHARES de Euros....
 
Caros Camaradas...

Atenção...

Que a OE se esteja a mexer, eu até acredito!!!

Mas a grande força está em nós mesmos...

Pq a OE terá mais força se nós unirmos forças.

Há que faze-lo com princípio, meio e fim, mas temos de nos unir!!!

O resto é conversa...

Estamos numa democracia, não pode haver medos... Temos de nos UNIR e todos juntos LUTAR, LUTAR para um futuro mais risonho para a nossa enfermagem!
 
(Agora sem símbolos...)

Assunto sério:

Pois é... caros camaradas!!!

É muito bonito apontar o dedo...

Mas triste, triste é qd os nossos (OE) nao nos protegem... e lá vem o Exmo Ex-bastonario, mt respeitosamente, pôr o dedo na ferida... Aleluia!!!

Pois... Este é o país que temos, e já todos sabemos como funciona... ou melhor nao funciona...

Maravilhosa OE, M. Saude... Life is great!!!

Como se justifica entao o descalabro a que xegou a maravilhosa enfermagem... Injustificável!
Desemprego???
Vencimento base??? Um espectáculo!!!
Qualidade dos cuidados prestados???
Motivaçao??? Satisfaçao???
Ui... Melhor ainda!!!
Naaaa... Tao a gozar!!!

E agora...

Que a uniao faz a força, tb já todos sabemos...

Mas tb já todos sabemos que em Portugal a força... hum... A força, a força, nao está do lado de quem arregaça as mangas, mas sim de quem esta atras de uma secretária, e nao faz nenhum!!!

Ups... nao quero ferir susceptibilidades!!!

Palavras para quê???

Após tantos anos, e lutas dos nossos antecessores...

Temos o que merecemos... caros camaradas!

Sentados a sombra da bananeira, aqui esta o resultado.

Toca a despertar essas mentes, a mexer esses rabos, e deixar o comodismo de lado...

O que será da enfermagem...
 
a nossa OE é uma vergonha nao sabe defender os interesses na nossa classe. Cara Bastonaria de lugar a quem lute connosco, a quem lute para que tenham respeito pela nossa Enfermagem
 
Já se torna monótono debater esta questão! É óbvio que as vagas para as Escolas de Enfermagem têm que diminuir! Só a OE é que ainda não percebeu!

Sra Enfermeira Maria Augusta Sousa, algo tem de ser feito para contornar esta questão, para o bem de todos nós!

Durante o meus primeiros anos enquanto enfermeiro, tive o prazer de contactar com um Enfermeiro Chefe em final de carreira que um dia me disse que "estava-mos a descer degraus que custaram muito a subir". Mais uma vez tinha razão!

Sr Enfermeiro Chefe, se já na altura o admirava pela sua integridade, hoje mais ainda!

Cumps
 
Um enfermeiro trabalha por 6...é claro que assim não há emprego!!!!!
 
Voltamos à escravatura!
 
Hoje soube através de uma colega que está a fazer a especialidade em saúde materna e obstétrica.

Que os fisioterapeutas estão receber formação para começarem a fazer a preparação das mães para o parto.

com o objectivo de acompanharem a mãe durante o parto.

Mais grave ainda é que esses profissionais já estão a insinuar que tem preparação suficiente para realizar o parto eutócico.

O QUE TEM A ORDEM DOS ENFERMEIROS A DIZER SOBRE ISTO????


ESTÁ NA altura de definir o ACTO DE ENFERMAGEM!!!
 
João Guterres está na altura de deixares o teu duplo para que haja emprego para mais um colega.

Não há Ordem nem vagas nas escolas que resistam aos duplos e triplos de alguns enfermeiros.

Já agora deixa o duplo e aproveita o tempo para estudares português e corrigires os erros ortográficos.

Dessa forma a escreveres notas também desces alguns degraus.
 
Acham mesmo que a solução para o desmprego é o fim das acumulações.....

Tristeza....

Primeiro - onde há acumulações elas existem pois as instituições preferem um enfermeiro a 20h do que um a 40h recém licenciado (ali não se ensina, trabalha-se, aprender é no estado....)

Segundo - muitas das acumulações são por poucas horas semanais (4 a 6 horas numa empresa, serviços domiciliários) qeu como sabem são muitas vezes trabalhos por cunhas que vão sempre para os mesmos (se tivesse uma empresa e precisase de um enfemeiro umas horas por semana, é claro que escolhia um amigo e não um perfeito desconhecido)

E se pensam que estou a defender o meu duplo.... não.

Nunca fiz duplo e agora já nem penso em fazé-lo. Sempre gostei mais de estar com a família e amigos...

Um abraço
 
Nunca ninguém se questionou porque razão os enfermeiros tem duplos e triplos empregos?

A resposta é simples.

Os baixos salários que usufruímos a isso nos obriga.

A solução disso também é simples.

basta que nos equiparem a TÉCNICOS SUPERIORES DA SAÚDE.
 
Anda por aí alguém preocupado com o meu Português! Não se preocupe, desenrasco-me muito bem a expressar as minhas ideias e dou a cara por elas! Não preciso de lições vindas do anonimato...

A questão das acumulações prende-se com a falta de um salário condizente com a nossa função! No dia em que auferirmos como licenciados a questão muda de figura!

Cumps
 
Eu acumulo não só pelo salário, porque quase não chega a compensar, mas pela auto-realização profissional e pessoal...
Mais experiencias, mais conhecimento...
 
Gosto destas fugas ao essencial.

Acumulam e roubam empregos aos que não têm nenhum e depois ainda escrevem a dizer que se limitem as vagas.

Tenham vergonha. Qual mais experiência ou mais conhecimentos qual carapuça acumulam porque vivem em função do dinheiro que vem dessa acumulação.

Já agora os nossos salários são baixos. Concordo com todos vocês. Mas o que dirão os portugueses que auferem o salário mínimo nacional e não fazem duplos.

Tenham vergonha e pensem que por cada duplo vosso é mais um emprego que não é dado a um desempregado.
 
Meus amigos, lamento que tenham escolhido um curso para o qual o mercado já estava saturado.
Eu trabalho há 17 anos, nunca acumulei, por opção.
Não tenho nada contra quem acumula, desde que não ponham em causa o seu rendimento profissional.
Tambêm não acho justo que um colega
que acumule, deixe de o fazer só porque as Escolas andem a formar enfermeiros desnecessários ao mercado.
Por essa ordem de ideias daqui a algum tempo estaremos a repartir as nossas 35horas semanais com outros colegas, para que ninguem fique no desemprego.
Eu sou solidário com a vossa causa, mas os que já cá estavam não tem culpa com os que vieram depois.
Alguem devia ter regulado a formação dos enfermeiros conforme as necessidade.
 
É por essas e por outras que não saímos da "cepa torta". Continuamos a pôr a culpa uns nos outros sem agir. Não é por os duplos, acumulações, ... que a nossa profissão está como está. É porque não somos unidos. É porque é mais fácil criticar do que fazer alguma coisa (e contra mim falo). É preciso que a OE seja mais interventiva, que não permita o constante atropelo pelas outras profissões. Assim realmente seremos uma espécie em vias de instinção. E mais uma vez digo não é pelos duplos ou acumulações (e eu não o faço)mas sim por todos os outros profissionais de saúde a pouco e pouco nos irem substituindo. Um dia não seremos precisos se continuarmos de braços cruzados.
 
". Mas o que dirão os portugueses que auferem o salário mínimo nacional e não fazem duplos."


E o que dirão os que ganham milhares e milhares de euros e fazem duplos, triplos, etc....


Se o sócrates se lembra, ainda vai tirar duas rodas ao meu carro para pôr na sua moto!
 
Mais uma vez...
Temos que fazer o que outros fazem tão bem!
Se até um fisioterapeuta se acha capaz de fazer partos, porque não hão-de os enfermeiros prescrever (o que cá fora qq alma faz), pedir análises, fazer pequena cirurgia, ESTAR COM OS DOENTES, CUIDAR OS DOENTES DA FORMA QUE SÓ UM ENFERMEIRO SABE FAZER (e mais ninguém), prestar cuidados de higiene e conforto a um doente semi-independente ou a um politraumatizado??
Hem?
Então, então?
Vamos meus amigos, para quando a reunião?
 
não sou sindicalizado mas vou fazÊ-lo no SEP, são os únicos que por aqui têm feito algo.
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Anónimo da 1:31 AM.

Faça o que quiser com o seu dinheiro.....

Quer seja ou não sindicalizado no SEP o SEP não fará nada do que devia.

Se vai sindicalizar-se presumo que tenha emprego. Não se preocupe. Quando tivermos mais 21 mil enfermeiros, talvez já não esteja empregado ou então terá o seu maravilhoso emprego de 20h semanais....
 
Germano de Sousa é um traidor. Um cabrão, em bom português.
 
eu sei porque é que a ordem dos enfermeiros querem tantas escolas de enfermagem abertas!!!é que mesmo desempregados os enfermeiros tem de pagar quotas mensais, o que ja ajuda nos salarios de quem la trabalha (só pode!!!!)!

tudo é uma questão de dinheiro!é lamentavel que a ordem dos enfermeiros assim o faça!

em vez de defender quem deve "rouba" a quem nao tem!
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!