domingo, abril 20, 2008

O anúncio da vergonha!


Este anúncio foi publicado no Jornal de Notícias. É nisto que dá quando se pensa em rácios e em quantidade ao invés da qualidade e rigor.
Estão mais 15 mil alunos de Enfermagem para sair das escolas...
Resta saber se, para o cargo em questão, é necessário ter as quotas em dia....
VERGONHA!

Comments:
Dr. Enf. disse :

....Resta saber se, para o cargo em questão, é necessário ter as quotas em dia....

Quem sabe MAS não esteja interessada , quanto mais não seja para discutir as competências profissionais do cargo do anúncio ...

Pelo menos o anúncio tem e-mail e telefone...

Das duas uma ou é uma piada de mau gosto de algum idiota , ou é caso para sentir um enjôo de morte...

A questão que eu coloco ? será que houve concorrentes ?

Nos dias da minha vida vivida até hoje , nunca pensei ler algo assim...ignomínia !!!!

Já vi anúncios solicitando enfermeira/o para cuidar a tempo inteiro de...mas o anúncio em questão é inqualificável , para não utilizar as palavras que constituem o turpilóquio nacional...e que seriam, e bem, censuradas pelo autor deste blog

MB
 
O comentário anterior pode induzir em erro por falta de " , assim :

Dr. Enf. disse :
" Resta saber se, para o cargo em questão, é necessário ter as quotas em dia...."

Caro,

Quem sabe MAS não esteja interessada , quanto mais não seja para discutir as competências profissionais do cargo do anúncio ...

Pelo menos o anúncio tem e-mail e telefone...

Das duas uma ou é uma piada de mau gosto de algum idiota , ou é caso para sentir um enjôo de morte...

A questão que eu coloco ? será que houve concorrentes ?

Nos dias da minha vida vivida até hoje , nunca pensei ler algo assim...ignomínia !!!!

Já vi anúncios solicitando enfermeira/o para cuidar a tempo inteiro de...mas o anúncio em questão é inqualificável , para não utilizar as palavras que constituem o turpilóquio nacional...e que seriam, e bem, censuradas pelo autor deste blog

MB
 
Pela primeira vez, não consigo sequer tecer nenhum comentário a propósito de um post.

Não me ocorre nada... apenas uma náusea incomensurável...
 
No anúncio não dizem que querem alguém licenciado em educaçãode infÂncia ou em enfermagem!! Fala em formação, isso é vago...
Eu posso ter formação em educação de infancia com um curso qqr e não sou educadora de infância, o mesmo se aplica à enfermagem!
Mas percebo a situação, tudo depende se estavam mesmo a querer contratar licenciados naquelas áreas para aquele "trabalho"! O melhor é alguém telefonar...se as suspeitas se confirmarem é a lei da oferta e da procura!!!
 
Com a quantidade de licenciaturas em enfermagem que por aí há, devem procurar uma Lic pelo CEAC (LOL)
 
Nem todas as pessoas com formação em engenharia são engenheiros...
 
Vergonha! Só isso!
 
Este blogue é sem dúvida o maior blogue de enfermagem de portugal! É uma voz com peso noc comentários aos temas relacionados com a enfermagem... felicitações.
Relativamente ao post, subscrevo o comentário anterior: é uma vergonha!
 
Era interessante elaborar uma mensagem de protesto e entupir o mail, como protesto. Mas existe uma tendência natural de acomodação… Em rigor, na prática não se faz em relação a nenhum assunto, e com a OE não se pode contar para rigorosamente nada, tendo ela a faca e queijo na mão para controlar o acesso a profissão… Assolam-me náuseas quando penso como pode a bastonária tão, desculpem a palavra, burra. Não vemos este descalabro em nenhuma outra profissão que tenha ordem ou mesmo em algumas que não a possuem. Mas o que dói mais é outros profissionais na comunicação social chamarem atenção para este desgoverno na "casa" da enfermagem.
 
A minha empregada doméstica ganha mais que muitos Enfermeiros (6€/h e não passa recibo). Logo, não me estranha que haja Empregadas domésticas Enfermeiras, mais bem remuneradas do que se estivessem a exercer a profissão de Enfermagem.
É lamentável, mas compreendo perfeitamente a situação no momento actual.
 
Pois mas com certeza também existe muita oferta de empregadas domésticas e de outros profissionais licenciados na saúde, mas porque é que não ganham tão mal como os enfermeiros?
D.
 
É a lei da oferta e da procura, na minha região é mais difiil encontar uma empregada doméstica do que um enfermeiro desempregado.
 
Colegas recem licenciados, quem sabe até podem ter um ordenado maior do que em alguns hospitais que pagam menos do que eu pago á minha empregada por hora.Peçam pelo menos 50€ por hora
Um abraço
 
Alguem já mandou mail ao jn a falar do assunto? Era interessante, para ver se faziam noticia..
 
Eu sou enfermeiro e isto não me choca nada...nos EUA é normalíssimo este tipo de anúncios.
A Enfermagem é essencialmente cuidar de alguém em situação de dependência, logo alguém com formação em enfermagem é alguém que tem esses, ou alguns desses conhecimentos.
Nos EUA e na esmagadora dos países do mundo existem inúmeros "tipos" de enfermeiros, sendo que a esmagadora maioria não são licenciados. Nos EUA, no brasil, no canadá, ..., isto é banal.
O que não quer dizer que os enfermeiros dos EUA ou do canadá, ou da Suécia sejam menos valorizados do que em Portugal, até é o contrário, são mais valorizados e têm mais autonomia: os formados nas universidades.
O que me choca verdadeiramente é estarmos a enganar os jovens que andam a tirar a licenciatura em enfermagem, andam 4 anos a estudar e ganham menos do que muitos que só andam 3 anos...e têm uma autonomia profissional muito restrita e qualificada.
 
Errata do comentário anterior:
"... restrita e pouco qualificada."
 
Se me pagarem 2000 euros/mês estou interessado! Existem enfermeiros que se rebaixam ainda mais do que isto ao trabalharem de graça ou a 2 euros à hora, sujeitos aos ditames de administradores ignorantes que nos tratam de forma bem pior do que tratam as suas empregadas domésticas! Se calhar este é o próximo passo da evolução profissional de que a MAS tanto fala! Isto é que é o verdadeiro espírito da Enfermagem...abnegação, servidão, proximidade com os utentes! Agora sim , vejo um futuro para a Enfermagem!
 
Já se questionaram se não se tratará de um anúncio que não visa o gozo, nem a desvalorização social, mas sim apenas o conhecimento que a pessoa que o publicou tem?

Já pensaram que a pessoa que colocou o anúncio estará a procura de uma pessoa com experiência em termos de auxiliar educativa e na prestação de cuidados de saúde básicos para uma criança que não esteja capaz de o fazer e os pais (cuidadores informais) não tenham possibilidade de prestar todo o tipo de cuidados?

Penso que em vez de entupirem o email da família com emails a enxovalhar, seria mais profícuo, pedirem mais explicações e elucidar mais a pessoa acerca do que é a enfermagem.
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
"Eu sou enfermeiro e isto não me choca nada...nos EUA é normalíssimo este tipo de anúncios. "

Não, não são normais. Este anúncio pressupõe que a(o) candidata(o) seja governanta (cozinhar, limpar, etc...)

Normal nos EUA, é a contratação de Enfermeiros por particulares. Cá também é uma situação (cada vez) frequente.
 
O DR. Enfermeiro telefonou para saber do que se trata? Eu pela descrição do anúncio não faço ideia do que pretendem? É que não faço mesmo...
Como sabe que a empregada interna é para limpar e cozinhar?
Concordo que há excesso de enfermeiros no mercado, como há educadoras de infância em excesso, mas é o primeiro anúncio deste tipo que vejo nos jornais portugueses!!! Não sei se alguma vez apareceu algum com enfermeira gostosa (LOL)...
Pode ser muita coisa:
Uns ricaços que queiram uma enfermeira ou educadora de infância a cuidar dos filhos (epá, desde que paguem bem!!);
Uns ricaços que queiram uma enfermeira ou educadora de infância como governanta (epá, desde que paguem bem...);
Se fosse dentista e me pagassem 3000 euros para lavar os dentes de uma criança eu ...já lá estava!!
 
Se calhar é mais compensador que trabalhar para o estado.
Sem descontos para a ADSE, para a segurança social e sem recibos verdes.
 
Se calhar não.
É mesmo.
 
Bem me parecia que iria haver candidatos para o lugar. E muitos! Depois de uns escassos 23 posts já se deixa antever a possibilidade de se ocupar o lugar. É só uma questão de números...

Se fiquei preocupado e atónito com o anúncio em si mesmo; agora estou preocupadíssimo com a confirmação das minhas piores suspeitas: este tipo de trabalho tem mesmo pernas pr'andar! Os posts colocados confirmam isso mesmo.

Sr. anónimo das 3:11
Naõ queira comparar esses enfermeiros desses paises, com essas características em particular, com os do nosso país. Nem sempre o que é americano é melhor, como tão bem deve saber. Nós é que somos (ou éramos???!!!!) uma das referências da enfermagem mundial. Não vamos tabelar por baixo.... digo eu....

Cumps
 
PS

E ninguém é ingénuo ao ponto de pensar que isto não é altamente sintomático e um indicador dos estado de coisas a que chegàmos, pois não??
 
PS

E ninguém é ingénuo ao ponto de pensar que isto não é altamente sintomático e um indicador dos estado de coisas a que chegàmos, pois não??
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Por exemplo os professores com tamanha oferta, não se assistem a estes desaforos, nem a serem mal remunerados. Porque será?
A OE mantém o mundo cor de rosa. Ontem a MAS na intervenção no programa informativo da sic da manhã, teve uma intervenção, mais uma vez vaga, dispersa, sem objectividade. Apenas quando o jornalista a direccionou para a precariedade, foi obrigada a dizer algo em conformidade. A MAS devia renunciar ao cargo, não tem capacidade para nos dirigir...
desassossego
 
"A MAS (...) não tem capacidade para nos dirigir..."

Porque será que eu também concordo?
 
pronto, já choramos todos: baba, ranho. apontamos o dedo...
e agora?
quem tem uma ideia de como resolver os problemas da enfermagem? a exoneração da bastonária não vale. isso por si só não é nada. com ela lá, ou com outro qualquer, sugestões!
 
Deviamos fazer pelo menos um abaixo assinado a manifestar o nosso profundo desagrado perante a atitude e comportamento da nossa OE e enviá-lo lógicamente à "bestonária"

Saudações
 
É natural em democracia existirem opiniões diversas e isso passa-se aqui também no Blog. É importante discutir os diversos assuntos sem complexos.
O grande problema é que não vejo uma estratégia definida pela OE, parece paralizada...Antes da OE existir um enfermeiro sabia como evoluir na profissão: habitualmente procurava tirar uma especialidade e "deveria" aplicar esses conhecimentos em contexto prático...o que temos agora??
Ninguém sabe...Valerá a pena investir tempo e dinheiro numa especialidade? As especialidades vão ser alteradas? Quais? Ao tirar uma especialidade fico com o mestrado? Fico com novas competências profissionais? Quais?
Que grande confusão...
E não me digam que a OE não tem nada a ver com isto, porque tem...
Também não aceito o argumento do SEP e da CGTP: vejam a FENPROF dos professores...Têm uma atitude completamente diferente do nosso SEP e também são da CGTP...
Não consigo compreender como é que não é possível chegar a um consenso na enfermagem sobre uma série de matérias vitais para a profissão, não é necessário concordar com tudo, mas penso ser fácl chegar a alguns entendimentos...neste aspecto olhem para os professores!
Um dos principais problemas é termos uma bastonária completamente impreparada para o cargo,dito de uma forma simples: não tem jeito nenhum para aquilo...é preciso ser astuto, saber falar, ter argúcia mental, saber se impor e impor respeito, ter visão, ter destreza mental, ter cultura geral, ter um conhecimento muito profundo sobre a prática profissional de enfermagem (e mesmo sobre os aspectos técnicos da enfermagem e da saúde). Quando a vejo a falar, às vezes até tenho medo que lhe façam alguma pergunta (o que irá dizer???)...
Normalmente o problema é do conteúdo, das ideias, neste caso o problema é da pessoa sem ideias e sem conteúdos...e não sei se sem conhecimentos.

FILIPE
 
Algo poderia ter sido feito aquando das ultimas eleições para a nossa O.E., mas não foi. Fiquei surpreso, assim como a maior parte dos colegas no meu hospital quando soubemos dos resultados e das elevadas taxas de abstenção.Lamento dizer, mas temos o que merecemos. Quase 70% de nós nem se deram ao trabalho de votar por correspondência com quase 1 mês de antecedência,a oportunidade para quem reside longe das delegações regionais da O.E. Fala-se em mais 15.000 enfermeiros prontos para se juntar aos actuais 55.000, ou seja, no final dos 4 anos de mandato da nossa equipa directiva da O.E. em 2012 seremos uns belos 70.000.de enfs. Mesmo que se fechassem todas as escolas AGORA e se reformassem 1000 enfs por ano, demoraríamos mais de 10 anos a chegar ao numero que eu penso ser o adequado ao Sadio funcionamento do mercado 45000.
Peço desculpem se criei mais um post deprimente.
 
"Deviamos fazer pelo menos um abaixo assinado a manifestar o nosso profundo desagrado perante a atitude e comportamento da nossa OE e enviá-lo lógicamente à "bestonária""

Concordo em absoluto.

Neste momento somos muitos milhares em sintonia (julgo eu!)

Um baixo assinado representativo iria pelo menos "estremecer" a OE.
 
"Um baixo assinado representativo iria pelo menos "estremecer" a OE."


Sugestão: Petição on-line para novas eleições.

Se as assinaturas fossem em numero superior aos eleitores da bastonária, alguém teria que colocar o lugar á disposição.

Mas se o numero de assinaturas fosse inferior, as consequencias seriam outras....
 
Concordo com a petição on-line.
Poderá ser uma iniciativa aqui do BLOG...
O que acha DE?

FILPE
 
Caro Vitor a.:

Uma petição on line com um número expressivo de assinantes chamava a atenção de muitos enfermeiros! Muitos não se dão conta do que está a acontecer à nossa profissão e da inércia de quem nos dirige...também chamaria a atenção da própria comunicação social. Pelo menos ficariam a saber que nem todos os enfermeiros têm aquela maneira tão peculiar de ser e de estar!

FILIPE
 
Finalmente! Digo tudo isto há pelo menos três anos. E ainda bem que o digo. Eu e muitos outros.
Mas nunca me cansarei de o dizer várias e várias vezes até que a maioria ouça.
Mas não se fiquem pelas palavras, actos e omissões! Vão em frente. Eu faço o mesmo. Coragem!
 
Doutorenfermeiro

Esta ideia da petição agrada-me.

É que pior não ficamos, por isso...

Mas entretanto é necessário pensar/sugerir alternativas...
 
Concordo.
Para uma solução credível é necessário saber quais são as alternativas.
Espero que surjam algumas credíveis.
Vou esperara para ver.
 
Uma petição online seria excelente.
Algum colega tem ideia de como tornar isto em realidade?

O colega Dr.Enfº terá hipótese de através do blog colocar esta ideia em prática?

Saudações
 
Com certeza que será possível. Não sei como, mas não deve ser nada de extraordinário. Entretanto, julgo que uma petição exige assinaturas. Assimm sendo, essa pode ser uma limitação da versão online.

Naturalmente que esta exigência de "dar a cara" não vai constituir nenhum obstáculo à realização da petição, pois não???!!
 
Boas noites,

quando à suposta petição online, tal é possível através de um sistema legal, que penso a maioria já ter usado. Pelo contrário, recolha de assinaturas de uma petição através deste blogue, independentemente do número de assinaturas, não teria qualquer valor visto o sistema de petições poder ser influenciável.

Mais, não agora, mas quando possível irei reler os estatutos da OE e restantes regulamentos, mas deve estar escrito em qualquer lado (tenho quase a certeza que estão nos estatutos) uma forma de, através de recolhe de um determinado número de assinaturas, a Assembleia Geral (todos nós!) podermos destituir os órgãos actuais da OE.

E, caso esta situação não esteja prevista nos Estatutos, digo já que é uma grave violação do Código Civil (porque fui membro de um grupo para a elaboração de uns estatutos de uma associação de estudantes)..

De resto, pelo que procurei, é difícil alguém ceder um espaço para a tal reunião que, na minha opinião seria interessante (irei encontrar tal espaço!), e que seria um momento oportuno para acertarmos estas medidas e acções, mas que, desculpem lá a franqueza, não estou a ver muita adesão a tal reunião..


Cumprimentos!
 
A assembleia geral extraordinária pode ser convocada por iniciativa de 5% do total dos membros inscritos....

Não existe nada sobre a destituição dos corpos sociais ....e bastonária...

Nem sobre perda de mandato....

Mas as deliberações da Assembleia são " lei "

MB
 
5%?!

É assim, o número mínimo está definido no Código Civil. Mesmo que tal não esteja nos estatutos, o Código Civil impõe-se aos Estatutos da OE.

Ora, já que referiu 5%, isso dá quanto em número práticos?!

Sinceramente, tenho andado a pensar na tal reunião, que possivelmente desse origem a uma associação de "defesa da imagem e direitos da classe de Enfermagem"... Algo como auditoria e controlo.. Até mesmo da OE.. Porque de "Movimentos" este país está cheio..

Vou apressar a procura de um espaço para reunião.. Mas entretanto gostaria de saber a tal adesão de pessoas...

Entretanto, vou tentar saber o que escrito no Código Civil..

Abraço
 
Colega Caldas , enviei e-mail solicitando informações..mas ...ou encontraram candidato(a) ideal... ou levaram com uma resma de mails e não estão para conversa...ou foi piadinha de mau gosto e descobriram que se meteram em trabalhos.....ou então é uma sondagem para ver reacções...qualquer que tenha sido o motivo do anúncio , este demonstrou ser abusivo e inconsequente ...empregada interna !!??.....com formação em Enfermagem ? Porque não Enfermeiro(a) a tempo inteiro para cuidar de ....???? ...há anúncios e anúncios .... Parabéns ao JN

MB
 
Enfermagem, Não Só : 5% de um total de 54 220 Enfermeiros inscritos na OE à data do último acto eleitoral - 2711 assinaturas

MB
 
Código Civil - Secção II

Artºs 171 , 172 , 173-2 , 174 , 175 , 176 , 177..

MB
 
e depois o que fazemos e como?
 
Tendo em conta os dados, é necessário antes de mais verificar os processos de destituição dos órgãos (que talvez seja apenas o Conselho Directivo), uma vez que tal não consta nos Estatutos da OE (digo já que esta falha foi negligência ou propositada?!).

Depois, e tendo em conta o processo, é necessário a recolha de assinaturas para a realização de uma Assembleia Geral EXTRAORDINÁRIA, tendo como ponto único a destituição dos órgãos. Isto obriga a novas eleições, sem necessidade de nenhuma assembleia geral.

É preciso ter em conta que as Assembleias Gerais Extraordinárias requeridas por 5% dos membros, tem que estar presentes na mesma dois terços desses 5%!!!!! Pois caso isso não aconteça, os 5% estão impedidos por dois anos de voltar a requerer nova AG extraordinária.

Assim, fica obrigado cada membro que assinar o requerimento de AG extraordinária de comparecer à AG!!!!!!

Para isto tudo, seria o ideal uma reunião para estabelecer esforços e iniciativas...

Abraço
 
Contem comigo!!!

Seria ideal mantermos um contacto mais próximo, mesmo através da internet, já que o blog apesar de muito popular, acaba por deixar cair as ideias no vazio.

Talvez uma lista de mail's e/ou contactos telefónicos, moradas...

Saudações
 
Que tal no MSN ?

Ex-MB - Margarida de Barros
 
doutor enfermeiro sabe quanto pagam num hospital privado no norte ?
Em Valongo
pois bem o senhor director de enfermagem que até é uma pessoa conhecida paga 2,5 euros /hora

quanto ganha uma mulheres a dias ?

tentem contratar alguem para limpar a casa com esse dinheiro e vejam se aparece ;
Pois bem o que é certo é que esse hospital esta a funcionar e os enfermeiros não recusaram.
A ordem não sabe ? claro que sabe.
Os sindicatos não sbem ? claro que sabem .

colegas continuem assim pois bem abrir mais dois hospitais privados

e quem sabe ,o director de enfermagem que até é rival do outro director deverá contratar o pessoal por menos de 2,5 euos ou como voluntários e os nossos colegas lá estaram a trabalhar.

Eu sei doutorenfermeiro que ao ler isto pensará claro se o pessoal está desempregado é melhor que nada,só que nem todos estavam desempregados ...
È vergonhoso para a classe
 
Que hospital é? E já agora tenha a bondade de dar a conhecer o nome do dito Enf-director!
 
Pelo msn seria uma boa ideia, até porque o contacto do colega Dr.Enfº está acessível a todos.

No entanto penso que não será indicado deixarmos os nossos contactos expostos aqui no blog, já que é visivel por inúmeros não-enfermeiros!!

O ideal seria um intermediário talvez...


Saudações
 
Enviem-me um e-mail.
 
Vamos lá então meus amigos?
O estimado colega doutorenfermeiro já tem o meu contacto.
Vamos lá, pelo Msn (pode ser).
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!