domingo, maio 31, 2009

A roubalheira das USF's...


"O resultado está à vista, até para os mais cegos: os médicos recebem €4370/mês, de incentivos, com o vencimento e os outros são pagos com as colheitas, nunca em valores que ultrapassem os €300, a pagar no fim dos 12 meses: Mais concretamente €3.600 (valor máximo por Enfermeiro): 14 meses = €257/mês."
.
"Não é de bom-tom os Enfermeiros darem o seu melhor esforço para proporcionarem aos médicos auferirem € 7000/mês. Previmos muita coisa que está a confirmar-se."
.
"Depois não se cansam de dizer que há poucos médicos, quando deviam dizer que os serviços estão mal organizados, além do assalto despudorado feito pelos médicos às competências dos Enfermeiros.
Estas USF não passam de uma farsa, que mais além se há-de ver melhor, embora já haja indícios suficientes disso mesmo.
"
.
"O modelo que os médicos da Unidade de Missão estão a querer implantar só é possível com a passividade de alguns Enfermeiros, que lentamente se vão apercebendo da lisura de quem os convida. Continuaremos a exigir do Governo que cumpra as directivas da EU que a satisfação da corporação médica não justifica o incumprimento.
"
link
.
Os Médicos ganham dinheiro à custa de indicadores de Enfermagem (que em Portugal tomaram a denominação de indicadores médicos, ao contrário de inúmeros países por esse mundo fora). Talvez agora, alguns colegas, comecem a pensar o porquê da necessidade de defendermos as nossas competências e desenvolver/aperfeiçoar/conquistar outras...

Comments:
Havia que criar um instrumento de avaliação da produtividade dos enfermeiros e os ganhos para a saúde publica!
Um bom trabalho de Doutoramento em ciencias de Enfermagem!

Começa a ser praxe dos novos gestores neo-liberais!
"Para dar a uns tens que tirar a outros!"

Instalam "marionetes" que são detentores de uma categoria profissional (apenas isso), para implementar as medidas racionistas e economicistas dos orgãos superiores!

O que é mais surpreendente é que é:
"Funcionário a lixar funcionário, que é seu par!"
 
Isto é o cumulo da descriminação.
Vergonhoso!!!
 
Conquistar competências que agora são dos médicos? Nunca! Eles são muito melhores que nós, por isso podem assaltar-nos as competências como muito bem entenderem, pois desempenham-nas muito melhor. Temos de ter cuidado é com as auxiliares de acção médica, assistentes de geriatria e afins, que nos podem tirar tarefas como levar a comida á boca de um velhinho que não pode sozinho. Devemos lutar é por tentar roubar as funções das empregadas de limpeza, pois nós faríamos um trabalho bem melhor e era uma maneira de empregar mais enfermeiros.
 
Quando foi aprovada a lei dos incentivos das USF eu percebi imediatasmente o que se ia passar e alertei vários dirigentes sindicais para que publicamente solicitassem aos enfermeiros que se recusassem a fazer parte das USF( todos eles lá estão VOLUNTARIAMENTE), mas ninguém quis saber!...
Caros colegas, ainda estão a tempo de abandonar as USF, que mais uma vez foram criadas para servir unica e exclusivamente os interesses dos médicos.
E por favor NÃO VOTEM PS!
 
tantas vezes k se falei desta sitaução. Mas os meus caros colegas, muito melhores enfermeiros do K eu, acham -se priveligeados por terem sido convidados a fazer parte de uma USF. Só lhes digo: assim de facto para ser enfermeiro, não é preciso ter feito uma licenciatura, ter passados horas e horas a estudar, andar anos a tentar ser autónomo e demonstrar qual o verdadeiro papel do enfermeiro na equipa de saude. Bastava regredir uns anitos, e voltar ao tempo em k o enfermeiro era ensinado pelo Sr Doutor. Assim cumpririamos a nossa verdadeira função na USF: SER CRIADO DE SERVIR O SR DOUTOR!
 
Caro LProlog,
Os meus sinceros psrsbéns pela brilhante ANÁLISE DO QUE TEM SIDO A ACTUAÇÃO DA OE.
Cm efeito, com o seu (não) TRABALHO caminhamos a "passos largos" para absorver as competências das Empregadas de Limpeza.
 
Caro LProlog,
Os meus sinceros psrsbéns pela brilhante ANÁLISE DO QUE TEM SIDO A ACTUAÇÃO DA OE.
Cm efeito, com o seu (não) TRABALHO caminhamos a "passos largos" para absorver as competências das Empregadas de Limpeza.
 
Li no "SITE" da OE Norte que a SRN reuniu com "direcções", mais "direcções" e, ainda, mais "direcções"!!!

Li que a SRN (Germano Couto e comandita) AGRADECEU a todas essas "DIRECÇÕES" a DISPONIBILIDADE (para os receber?)demonstrada.

Mas, sobretudo, vi as "fotos da praxe"!!! Com quem? Com os Enfermeiros que devem defender por DEVER? NÃO!!
Vi as "fotos da praxe" com essas DIRECÇÕES!!!

Quanto aos problemas dos Enfermeiros? NADA!!!

Quanto aos ordenados dos Enfermeiros do Norte serem 40% inferiores aos do Sul NADA LI!!!

É assim que são mais interventivos? A favor de quem? Dessas "direcções", ou "deles" próprios a fim de "subirem"?

MUITO MENOS LI QUALQUER REFERÊNCIA A ESTA PROBLEMÁTICA.

A Ordem dos Enfermeiros não tem qualquer razão para existir. A única razão prende-se com os interesses próprios dos seus dirigentes.
 
Os enfemeiros são uma cambada de ovelhas que vão uns atrás dos outroa. São como o buro que vai sempre atrás da cenoura, mas carregando sempre a carga (leia-se fazendo o trabalho dos médicos). Cada um tem o que merece. Os enfermeiros ( e está em minusculas propositadamente) que estão nas USF's são como umas prostitutas da classe. Cada um vende-se pelo que acha que merece...
E NÃO VOTEM P.S.
 
Alguem sabe a que horas é a reunião amanhã? Se não for adiada ou só servir para marcar a próxima como tem sido habitual...
 
atenção, eu sou um pessimista por natureza mas defendo a implementação global de um sistema informatizado de classificação de doentes e da CIPE. Pode não ter resultados imediatos, mas garanto-vos que é uma das melhores armas para apresentar dados de produção da Enfermagem, que reconheçamos, é um dos nossos pontos fracos actualmente. Muito daquilo que fazemos fica entre nós e o doente e perdido nalguma folha de papel. Muito do que fazemos nunca irá ter um tratamento estatistico de dados. Vamos procurar junto dos nossos serviços instalar ´´ o bichinho´´ por estas ferramentas de trabalho. A Enfermagem está no poço, temos de fazer por sair de lá.
 
USFs qual quê.
Os enfermeiros andavam tão caladinhos, quando foi do seu inicio, táo contentes que eles andavam por serem preteridos pelos sr. doutores.
Agora, olha,contentam-se por ser os vassalos e os Euritos para as mãos dos médicos.
Têm aquilo que merecem.
 
É o que infelizmente costumo dizer:
os Enfermeiros apanham as migalhas que caem da mesa de banquetes dos senhores médicos...
Triste, mas autêntico

Enfº TMC
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Carlos, não me parece que sejam esses os modos nos quais te devas dirigir às outras pessoas..
Foi essa a educação que te deram, seu batatola?
 
Eatamos num tempo em que os enfermeiros (ainda) são incluídos em designações como "pessoal médico" em documentos legais. Porém, é inegável que a atitude da nossa classe tem vindo a modificar-se, especialmente por parte dos mais novos e em parte pela formação avançada a que muitos enfermeiros vão tendo acesso; a esta mudança também não é alheia a vinda de mais homens a uma profissão tradicionalmente feminina, numa sociedade fortemente marcada pela desvalorização da mulher.

No entanto, se estamos a fazer parte de uma mudança de paradigma na nossa profissão, é fundamental que acordemos linhas orientadoras que traduzam a finalidade da profissão e justifiquem a sua razão de ser na sociedade; é essencial que exista um consenso estratégico em relação ao que queremos que a enfermagem venha a ser nos próximos tempos e acima de tudo que se perceba como é que, no terreno, podemos concretizar a mudança. E no terreno joga-se com atitude. É uma questão que tem que ser interiorizada por todos os enfermeiros, pela classe.

Quando as 18 áreas de "especialidade" na área das tecnologias da saúde, se preparam para passar muito em breve para 30, há que reflectir na aquisição que os outros vão fazendo de "nichos" de necessidades em saúde não satisfeitas. Se não aproveitamos o muito que há para fazer e continuamos a perder tempo e energias a discutir miudezas, não tarda muito ficamos a cuidar dos mortos.

Por isso volto a dizer: nós temos um problema colectivo de atitude e temos que trabalhar esse problema internamente.

VV
 
Isto é um verdadeiro roubo aos bolsos dos Contribuintes, e estes deviam ter conhecimento dos valores em questão!
Os numeros "enfeitados" das USF´s até podem ser brilhantes (interessam obviamente a ambas as partes Sr´s Doutores e Governo), mas a população tem clara noção que o acesso e a qualidade dos cuidados não melhoraram, aliás, na minha zona pioraram e muito!
A comunicaçaõ social devia tomar conhecimento desta pouca vergonha e informar as pessoas de que forma é canalizado o dinheiro dos contribuintes!
 
Quais são os indicadores de enfermagem? O diabetico andar bem controlado ou o hipertenso, ou a gravida fazer os exames a tempo e horas são da responsabilidade da enfermagem?
 
peça desculpa por tanta ignorância ou falta de informação mas para que servem essas USF pelo que me apercebo iriam colmatar falhas ou mesmo substituir os velhinhos centros de saude, mas porquê?a mim parece-me que as USF prestam os mesmos serviço, cuidados, assistência o que for, mas não consigo observar nenhuma melhoria nos cuidados de saúde primários. não é esse o objectivo?
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!