quinta-feira, junho 04, 2009

Cumprimento muito especial...


... à Enf. M Brito. Descobriu quem sou eu. Bastou perguntar. Aproveito para reiterar o mesmo ao Enf. A Cunha porque fez a mesma questão e eu dei a mesma resposta.

Comments:
Mtos parabéns pela afirmação. Colega deixo-lhe um desafio que já lhe devem ter colocado, seja o próximo candidato a bastonário da nossa ordem, terei todo o prazer em ajudá-lo no que puder.
Cumps.
enfamf@gmail.com
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
E eu, quem devo perguntar?
 
Pelas palavras que aqui leio tantas vezes, acho que seria mais proveitoso para todos os enfermeiros ter alguem que verdadeiramente fizesse ou agisse em prol dos enfermeiros, palavras leva-as o vento e o que se escreveu aqui neste blog há tres dias já ninguem se lembra.
Se tem tanto conhecimento de tantas e tantas coisas que aqui são relatadas porque não investir verdadeiramente???
Falta de apoio não será certamente, pelas mensagens que aqui leio acho mesmo que poderia ajudar-nos verdadeiramente...
 
Também quero perguntar... a quem me devo dirigir?
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Sr. Dr. enfermeiro, já muita sabe quem é. O que intriga no meio de tudo isto é como NINGUÉM ousa abrir a boca. Tudo gira em torno de um silêncio absoluto.
Quero mandar-lhe os meus grandes cumprimentos à excelente pessoa que sei que é, e ao grande profissional!
 
Muito mais do que descarado.
 
Disse LProlog: "...Se/quando um dia houver enfermeiros em número igual ou inferior ao necessário, também vamos poder melhorar a nossa carreira..."

Não foi assim que a ENFERMAGEM CRESCEU: enquanto o número era inferior ao necessário?

Só que, os vendilhões da enfermagem VENDERAM-NA ao desbarato, permitindo o crescimento das "escolinhas" e sobretudo o APARECIMENTO DE MUITOS ENFERMEIROS PROFESSORES (directores, assessores, supervisores e alguns chefes próximos desses VENDILHÕES).

Não é o que estão a fazer o Enfermeiro(?) Germano Couto e o "candidato a professor" Jorge Cadete?
 
Drº Enfermeiro já que consegue mobilizar alguns enfermeiros neste blog acelere tambem as negociações da carreira é que já estamos a léguas de distancia d'outras classes equiparadas à nossa.
 
Muito bom saber que o Dr Enfermeiroestá a tornar-se uma vedeta. De facto cada dia vejo mais o crescimentos dos visitantes neste site, mas não vejo que a profundiade dos debates ou a utilidade dos mesmos acompanhe esse crescimento. Para quando organizar aqui uma PETIÇÃO ON -LINE ,como agora se fazem para tudo e para nada e que aproveitando o peso da comunicação on-line deste site conhecido por todos os enfermeiros, conseguissemos mostrar a urgencia de qualidade, reconhecimento e autonomia tão necessárias na ENFERMAGEM como um todo. Uma petição a solicitar dotações seguras, reconhecimento profissional e alertando para a necessidade de equivaler a enfermagem como uma profissão especial, poderia talvez alertar população e entidades para o enredo de novela que se está a tornar esta luta desigual com o Governo . Fica a ideia...
 
Eu não sei quem é o Dr. Enf.º, mas pode contar com a disponibilidade para a luta e para a dignificação da Enfermagem. Enfermeiros precisam-se para salvar a ENFERMAGEM...
Já agora, adorava saber...

Dr. Enf.º Nuno
Cumprimentos a todos os colegas...
 
Quem és tu?

Esta é a questão!

Só falta a resposta, que foi dada a M Brito e a A Cunha.

Fico à espera.
 
Não se esqueçam no dia 7 de Junho NÃO VOTEM PS.
 
Aproxima-se o dia "D", e eu não PS.
 
Foi-me enviado um SMS, com este site com a indicação de que o mesmo é o local para manifestar o meu desagrado. EU, COMO ENFERMEIRO NÃO VOTO PS.
 
Doutor Enfermeiro,
Refere que a moderação de comentários foi activada e que todos os comentários têm de ser aprovados pelo autor do blogue. Lamento que tenha aprovado a resposta do "Baralho", quando o mesmo, diz que não conheçe as minhas qualidades pessoais,mas acaba por emitir um juizo de valor, que o Doutor Enfermeiro aprovou e publicou. O seu critério de moderação aprova insultos pessoais?????
 
Como podem dizer quem é o Dr. Enfermeiro, se ele controla a informação.
 
Parabéns pela afirmação! Por experiencia propria assumir o que se escreve com a verdadeira identidade não é facil. Pelo contrário.

Só falta agora colocar foto no perfil (riso).

Abraços deste lado do Cogitare e até já .

PS: já temos novidades sobre a carreira, ou seja nada de novo para já !
 
Houve tempos em que ele não controlava qualquer informação e mesmo assim ninguém dizia nada!

Mesmo neste momento não custa nada chegar a outro blog e dizer o doutor enfermeiro é... !
 
"O seu critério de moderação aprova insultos pessoais?????"


Colega, acabei de responder ao seu e-mail.
 
Doutor Enfermeiro, sou um Enfermeiro que segue com atenção este blog e desde já lhe digo...
Quando quiser revelar a sua identidade e avançar para a OE com as "armas" todas para acabar com as sanguessugas que lá andar pode contar comigo!
 
O que é que interessa saber quem é a pessoa? o que importa são as ideias e essas nós já conhecemos!
Força na nossa luta.
E não se esqueçam no dia 7 NÃO VOTEM PS.
 
Não sei que é!

È do Norte, trabalha ou já trabalhou no serviço de urgência e VMER e deve fazer uma perninha na Escola.

Acertei???????
 
É de facto do norte, trabalha em Gaia, e tem muita pena de não fazer VMER...
Acertei???? Não...paciência

Não achei lá muito "bonito" este seu post, sinceramente não entendo o que pretende
 
"È do Norte, trabalha ou já trabalhou no serviço de urgência e VMER e deve fazer uma perninha na Escola.

Acertei???????"

Não.


"É de facto do norte, trabalha em Gaia, e tem muita pena de não fazer VMER...
Acertei????"


Não.


"Não achei lá muito "bonito" este seu post, sinceramente não entendo o que pretende"


Era mesmo o que leu. Enviar um cumprimento especial a dois amigos.
 
Desci ao campo de batalha para dar uma ajuda, penso eu, àquele grupo de arrastões que de frankisk caído, se vai lamentando de ter nascido enfermeiro. Há muitas razões para se estar zangado, pela forma desigual com que nos debatemos com racenos poderosos e bem armados. Não é; não deve ser a força dos nossos opositores que nos deve fazer desanimar. Deve, isso sim, estimular a nossa nteligência para vibrarmos golpes certeiros, nos contendores.
Convém não esquecer que Enfermeiro cresceu muito e fez-se algo. É este tamanhão que assusta os que não querem enfermeiros tão grandes, porque os medem pelos seus próprios tamanhos. Temem ser abafados pela sombra que a nossa corpolência emite.
Carreira, curso, discurso ou o que discorre e se desenrola à nossa frente é o fulcro das nossas atenções e preocupações.
Na era da cibernética a teleologia tem um papel muito importante a desempenhar, como esse horizonte que nos atrai, para um fim compensador.
Baseados neste apelo, que nos cativa e atrai, prolifera uma fauna adversa à nossa evolução.
É neste momento e local que devemos vibrar golpes de frankisk e cortar o mal pela raiz, ainda que seja só a do pensamento.
Depois é procurar uma elevação de terreno e tentar ver para além do horizonte, acessível à tal fauna.
Lá encontraremos que os valores espirituais prevalecem sobre os materiais.
Nesta luta infernal de valores são os espirituais que devem orientar os outros valores, os materiais.
O nosso corpo profissional, a Enfermagem, precisa de alma e mais qualquer coisa, o tal espirito de classe, que nos conduz aos valores esprituais e, daqui, aos materiais.
Se não houver esse espírito de grupo ou classe, qualquer compensação material,salarial chega para satisfazer ambições menores.
 
Sem colocar em causa as suas ideias, que já diversas vezes tenho apreciado neste fórum, sinceramente, também não percebi o alcance deste seu post. Se queria cumprimentá-los, porque não o fez em privado? Só a eles interessa. Ou é uma forma subliminar (pouco!) de nos espicaçar a curiosidade? Não me agradam este tipo de joguinhos. Apareça e dê a cara. Já uma vez disse e repito: uma pessoa com as suas capacidades é um desperdício se não as colocar ao serviço de toda a classe. É que infelizmente, na nossa classe não abundam as pessoas brilhantes ou simplesmente, com ideias.
Prevê que alguma vez venha a dar a cara?
É que se não, isto fica tudo um bocado no campo da inconsequência.
Sempre a considerá-lo, seja lá quem fôr...
 
"também não percebi o alcance deste seu post."


Trata-se de um simples e banal cumprimento. Não tem mais alcance do que isso. Porque não o fiz pessoalmente? Porque fazendo-o aqui, esclareço as dúvidas (pelo menos aqueles dois colegas). No fundo, uma brincadeira entre colegas.
 
Começa a parecer-me que o seu lado vaidoso, populista o estão a trair.
Com certeza que concorda que o anonimato não o torna mais credível.(Não encontrei em nenhum dicionário a palavra "concerteza" - consultei também um site, o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.)
Anónimo, tal como o autor do blog.
 
isto não é um forum!
è um blogue onde o autor publica o que muito bem entende!!!
A temática enfermagem, alterna com o mundo pessoal e desconhecido do DE, que tantos querem conhecer.
Só para esclarecer: não é um forum temático, antes... um logue temático, tal como o sugerido pelo blogue.
cumps
 
pois: "pelo menos aqueles dois colegas", o problema é precisamente esse: SÓ esses dois colegas é que ficam esclarecidos.

De qualquer forma, agradecia (mos?) uma resposta à outra questão que também coloquei.

Cumps
 
"Prevê que alguma vez venha a dar a cara?"

Obviamente... sim.
 
"Começa a parecer-me que o seu lado vaidoso, populista o estão a trair. Com certeza que concorda que o anonimato não o torna mais credível.(Não encontrei em nenhum dicionário a palavra "concerteza" - consultei também um site, o Ciberdúvidas da Língua Portuguesa.)
Anónimo, tal como o autor do blog"


Lapso meu, admito, que resulta do facto de "com certeza" ser uma locução adverbial. Mas, como diria Carl Sagan, a linguagem não é uma verdade universal ou uma lei física, serve para nos servir, não passa de um conjunto de sons e simbolos convencionados.

Ainda assim admito que falhei, tal como falhou o meu amigo na concordância verbal do verbo "estar".
 
Criticar e dizer mal é do mais fácil de fazer e para isso temos muita gente. existe outra forma de lutar pela enfermagem sem ser denegrir os outros profissionais e disser que os enfermeiros é que merecem mais. Parabéns pelo esforço deste blog que nao deve ser fácil mas nao penso que seja a pessoa ideal para unir os enfermeiros em torna da enfermagem. A diplomacia e assertividade tem de estar presente e nao é insultando profissionais como já o fez que vai ter o apoio da enfermagem.
 
Caro Anónimo das 7:03 PM,

Como concordo consigo. De facto o autor deste blog, para além do que refere, ainda consegue ser extremamente parcial, quando lança mão da CENSURA.

Não reune condições para liderar qualquer movimento da enfermagem: "COMPROMETEU-SE" COM O SISTEMA.
 
Desde já parabéns, pois sigo atentamente este blog!! Quanto à identidade do Dr. Enf, devo dizer que, isso é tudo menos importante. Deduções parvas e populistas a esse respeito não nos levem a lado nenhum. O autor do blog esta no seu direio pleno de querer manter o anonimato!! A sua decisão ou não de querer concorrer à OE é apenas individual, e não temos o direito de o associar ao Blog.

Com o maior apoio.
 
A "confraria do anonimato" está muito preocupada em saber quem e qual a cara, o rosto a visage, o frontespício do DE.
Como é que uma confraria de anónimos encapuçados no anonimato tem a coragem de exigir que um ilustre cidadão venha a porta de casa para lhe verem a cara da rua!?
A razão só pode ser uma: a prestigiada e reconhecida confraria tem uma filosofia de vida muito semelhante à dos "cínicos", essa escola ética em que os seus militantes se manifestavam, andando pelas ruas a ladrar, numa época em que não havia nem jornais nem rádio nem televisão, nem blogs, obviamente!
Ora é essa filosofia de vida que, ladeando a teoria do outro que diz: "a minha liberdade acaba onde começa a do outro", admite que a sua liberdade do anonimato, que em nada acrescenta ao mérito ou demérito dos anonimos confrades, vai muito além da do outro DE, a quem não reconhecem o direito ao gozo de se divertir com os cultores das aparências.
Fazem lembrar o Santo Anselmo que, numa época em que a teologia queria ser uma ciência e pretendia que se chegava a Deus pela razão, não pela fé, ele escreveu o célebre argumento ontológico que na 1ª versão dizia: "Deus é algo maior do que o qual nada pode ser pensado".
Logo os maniqueus se apressaram a atacar: "se Deus é isso, então uma formiga é maior do que Ele, porque existe na realidade e Ele só existe em pensamento".
Então o Dr. da Igreja, Anselmo acrescentou "e criado".
Mais tarde Kant estraçalhou o argumento de forma subtil pedindo: "Se Deus é isso, então tragam-mo para poder tocá-lo..."
Assim reagem os confrades do anonimato das trevas, que recusam aos outros o mesmo direito que exibem, com a infinita diferença que o DE está em sua casa e os confrades estão do lado de fora, roidos de inveja e de frustração por não poderem satisfazer a sua curiosidade, muito humana, aliás...
 
O vizinho do 2º Dto está "azedo"!!!
 
Eu nºao sei quem é... mas tenho pena...
 
Corre um boato de um movimento qualquer sr. dr. enfermeiro.... ;)

Aguente aí colega, consegiu a proeza de construir o maior blogue de sempre da enfermagem portuguesa!!!!
 
Este Menif é um ganda Filosofo......
 
"Prevê que alguma vez venha a dar a cara?"

O DE dá a cara! Uma cara, mas sem rosto fisico a associar! Basta ler e ver o que criou. O maior sitio de encontro dos enfermeiros portugueses. Conseguiu abrir os olhos a muitos, estremece com estruturas, com o objectivo claro de dignificar a Enfermagem!
Pelas ideias que defende e como defende!

Outros dão a cara com o rosto fisico e pouco ou nada fizeram pela enfermagem, pelo contrário!

Um Bem Haja ....
Parabens pelo esforço continuo em prol de algo em que acredita. Tomara que mais gente fosse assim! Que acreditasse....
 
não compreendo o porquê do nome - Dr. Enfermeiro
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!