sábado, outubro 31, 2009

Saber "falar" na polémica da vacinação dos Enfermeiros: Enf. Maria Augusta de Sousa (Bastonária da OE) vs Enf. Germano Couto (Presidente da SRN-OE)

A diferença entre...

video

(Enf. Maria Augusta de Sousa - Bastonária da OE)
.
.... não dizer nada: subjectiva, difusa no conteúdo, mecanizada, contornando as questões com um discurso pouco flexível, demasiadamente defensivo, asténico e receoso.


video

(Enf. Germano Couto - Presidente da Secção Regional do Norte da OE)
.
...saber o que se diz: objectivo, frontal, directo, com um discurso sólido e dinâmico voltado para a defesa dos interesses da classe, sem receios ou constragimentos.

Comments:
Há uma diferença substâncial entre o discurso dos dois. A nossa bastonária parece que tem medo de nos defender e parece que os jornalistas têm que a "puxar" senão ela não diz nada de jeito. O enfermeiro Germano já é mais incisivo e não perdoou nada! Nem o bastonário da ordem dos médicos escapou!!
Parabéns! Mais visibilidade precisa-se!
 
Os meus parabéns ao enfª Germano, em quem tive o orgulho de votar. Mais uma vez o desânimo na Bastonária, em quem eu não votei, e adoraria saber quem votou, para lhe agradecer pessoalmente o facto de a nossa Ordem estar na desgraça em que está!!!!!!
 
grande GERMANO....
 
A nossa bastonária té mete impressão com aquelas pausas de indolência. Parece que tem medo de tudo e e todos.
 
Permita-me discordar de si, Doutor Enfermeiro (pelo menos em parte),

Ouvi atentamente as duas intervenções e acho a nossa bastonária bastante objectiva! Não gostei foi do conteúdo…
É caricato que se noticie a adesão dos profissionais de saúde à vacina contra o H1N1 tendo por base apenas os números dos profissionais que trabalham na Linha de Saúde 24. Do ponto de vista profissional, são talvez os que menos riscos correm.
A voz de tabaco da bastonária, mais uma vez começa a não ajudar a que a mensagem passe…
A análise do problema é muito simples. Toda a pessoa tem direito a recusar a vacina (incluindo profissionais de saúde), mas não nos podemos esquecer que precisamente por sermos profissionais de saúde, temos o dever de zelar pela saúde dos outros (“disciplina de voto”? sim ou não?). Independentemente da decisão de cada um (acho que quer uma quer outra são perfeitamente válidas!), ela deve ser respeitada, desde que tenha na sua origem argumentos sólidos.
A jornalista da TVI só queria ouvir da bastonária: sim ou não? E porquê?
Já vimos o Francisco George de “bracinho estendido”. Louvo a sua coragem e o seu sentido de responsabilidade atendendo ao cargo que ocupa. Contudo, penso que o Guillain-Barré é muito menor que outro tipo de acontecimentos (http://www.vozdaplanicie.pt/index.php?q=C/NEWSSHOW/3152).
Estou à espera de ver o Sócrates, a nossa Bastonária, a Ministra da Saúde, o Bastonário da Ordem dos Médicos e outras figuras da nossa sociedade a seguirem o exemplo…
Se o não fizerem, não será descuido nem desinteresse, mas antes uma declaração EXPLÍCITA de que têm receio do que possa advir da vacinação.
Quando a Bastonária fala de “enfermeiros e médicos” comete um erro crasso. Então e os outros profissionais de saúde? Gostei da parte final, onde alerta para o perigo que pode ser a vacinação nas farmácias. Em todo o caso, relembro que muitos centros de saúde também não dispõem de condições de segurança para esse efeito. Ficamos também com a ideia que a Enf.ª Maria Augusta Sousa só se vacinaria (sem reservas), se estivesse na prestação directa de cuidados. LAMENTÁVEL!

Quanto ao Enf. Germano:
Gostei da expressão “vácina” da jornalista.
No segundo vídeo temos uma clara resposta ao bastonário da Ordem dos Médicos. Louvo a determinação.
Mas tenho dúvidas que muitos enfermeiros (tal como médicos e outros profissionais de saúde) tenham presente, no momento de decidirem, fontes CIENTÍFICAS E CREDÍVEIS de informação. (http://www.who.int/csr/disease/swineflu/en/; http://www.ecdc.europa.eu/en/healthtopics/Pages/Influenza_A(H1N1)_Outbreak.aspx; http://www.emea.europa.eu/).
Mas sabe uma coisa Dr. Enf., “não basta ir à missa; é preciso praticar os ensinamentos da Igreja”.
Hoje ninguém duvida que há desemprego em Enfermagem. Também não há dúvidas que uma das razões desse flagelo se prenda com a selvajaria das escolas (públicas e privadas). Mas se alguém com responsabilidades na OE não abdica de leccionar (numa escola privada), em nome de um “status quo” da profissão, então não terá muita credibilidade perante os seus pares (http://rh.ufp.pt/rh.asp?WCI=Detalhe&WCU=GCO)...
 
A idade não perdoa... nós é que que lhe perdoamos tudo e mais alguma. Calem essa voz de bagaço!
 
Bom dia caros colegas

Ficou bem patente a diferença entre norte e nacionalNorte objectivo, conciso com rumo, nacional desorientado, subjectivo.. urge mesmo tempo de mudanças Os enfermeiros necessitam mesmo de outro rumo de gente nova pq assim não vamos a lado algum.
Parabens norte!!!
 
Sim, também me parece que o norte se destaca da tacanhez da OE nacional...
 
ai mãe... até tenho vergonha de ouvir falar aquela senhora, que representa uma profissão!
 
Porquê que não fazem jus ao vosso papel enquanto sindicato e fazem um pré-aviso de greve para o mês de Novembro/Dezembro?

Agora que mais precisam de nós pelo medo á gripe A é que devemos manifestar a nossa força.

Estamos a ser uma classe "descartável", porque não estamos a usar verdadeiramente o poder da luta sindical.

Acordem!!
 
Porquê que os sindicatos não fazem um pré-aviso de greve para o mês de Novembro/Dezembro?

Agora que mais precisam de nós pelo medo á gripe A é que devemos manifestar a nossa força.

Estamos a ser uma classe "descartável", porque não estamos a usar verdadeiramente o poder da luta sindical.

Acordem!!
 
Parabéns Enfermeiro Germano Couto. É e sempre foi um profissional que defendeu a ENFERMAGEM e os ENFERMEIROS como mais ninguém. Quem o conhece sabe o que fez pela Enfermagem no Centro de Saúde de Vila do Conde. Aqui está um exemplo do que a OE necessita: intervenção sem medo, frontalidade e, acima de tudo, eloquencia no discurso.
 
Valhe-me Deus mulher... Oh Agostinha, nem você percebeu o que estava a dizer... Que tal preparar o discurso antes?
 
o enfermeiro germano é mais frontal e determinada. responder letra-a-letra ao bastonario dos médicos, que é coisa que a maria augusta nunca fez.
 
Os Enfermeiros precisam de mais pessoas como este senhor Enfº Germano Couto: Sem papas-na-língua e sem "paninhos quentes" para com quem ataca a ENFERMAGEM e os Enfermeiros.
Pena tenho eu que este exemplo não se verifique mais vezes: OE e SRNorte, principalmente, vamos fazer ouvir os Enfermeiros !!! Quando necessário vamos levantar a voz e denunciar as situações pouco dignas para com a classe (nem que tenha que ser contra a Bastonária e os seus carneirinhos...)

Para quem não viu a entrevista do Enfª Germano Couto, deixo link:
195.23.58.155/streamtv/2009/10/27331623.wmv
FORÇA ENFERMAGEM !!!
 
é interessante que quando é para receber louros os outros gurpos profissionais dão logo um passo à frente! Quando é para os aspectos negativos e polémicas mandam logo os enfermeiros para a fogueira...

pena é que a Ordem dos Enfermeiros nacional não tenha intervido com tanto afinco, falado e reforçado sobre os problemas dos enfermeiros da Linha Saude 24 aquando dos conflitos...

Mais uma vez, querem ou vão quebrar o sentido de coesão e unidade da classe com questões que apenas dizem respeito a cada um.
Se a vacina não faz parte do plano obrigatório de vacinação, deixem isso ao critérios de cada um pois OS ENFERMEIROS, ao contrário do que outros disseram, NÃO SÃO IGNORANTES!

GASTEM OU INVISTAM AS VOSSAS/NOSSAS ENERGIAS POR EXEMPLO EM VERIFICAR COMPETENCIAS NO TERRENO, RATIOS DE ENFERMEIROS EA FAZER CUMPRIR PELO MENOS O QUE A CIRCUL DO MS PRECONIZA...
 
Grande Germano Couto! Gostei de o ouvir! Que diferença entre ele e a bastonária!
DE, para quando uma lista??
 
Que tal...Eleições Antecipadas na OE?
(Se fosse possível)Seria uma excelente ideia...Queremos urgentemente uma OE com sangue novo, garra e determinação...Vamos extraditar a OE submissa, que entedia os enf. com a sua obsoleta vassalagem.

Tardará em chegar o dia em que os enf. vão acordar do seu meio anestesiado?
Tardará se tu e eu quisermos...Lutemos por uma Enfermagem rejuvenescida no seu núcleo (OE).

Cumprimentos caros colegas,
PlanetaM
 
Diferença abismal...

Desassossego
 
Mais uma vez comentarios sem qualquer insulto ou ameaça foram censurados neste blog!
 
Não sei onde está a admiração destes colegas e do Dr. Enfº!!? Já não é a primeira vez que isto acontece, veja-se a posição do Enfº Germano no que respeita ao Pré Hospitalar comparado com o silêncio da Srª Bastonária...
Mas não é a única! Que é feito daquela senhora que se anda a mostrar pelo país com o objectivo de ficar com o lugar da Bastonária??
Pois é , quando é desagradável a srª Enfª Lucília Nunes não aparece... Nem só de MDP vivem os Enfermeiros...
Abraço e Força para a Enfermagem
O Norte está muito à frente
 
Doutor Enfermeiro desculpe lá a invasão mas será que podemos divulgar aqui?
http://www.petitiononline.com/enfestag/petition.html

Obrigado
 
AOS SRS DOS SINDICATOS:

-VOCÊS DIZEM: " MANTENHAM-SE INFORMADOS..." "UNIÃO...ESTAMOS NO CAMINHO CERTO" BLÁ BLÁ BLÁ...

JÁ SABEM QUEM É O GOVERNO, JÁ SABEM QUEM É A MINISTRA, JÁ SABEM QUEM SÃO OS SECRETÁRIOS DE ESTADO, AGORA PERGUNTO:

-ESTÃO Á ESPERA DE QUÊ?

-PORQUE É QUE ESTÃO CALADOS COMO RATOS?

-SABEM QUANTAS VEZES POR DIA OUVIMOS FALAR NOS PROFESSORES?

-A VIDA A VOCÊS CORRE-LHES BEM, NÃO CORRE? CAMBADA...

APELO A TODOS OS COLEGAS QUE SE DESCINDICALIZEM, LEMBREM-SE - PIOR NÃO FICA!
 
Os sindicatos não dão qualquer sinal de vida, de credibilidade ou de actividade.

Apelo a TODOS OS ENFERMEIROS:

-Fim do pagamento das cotas sindicais.
-Entrega maciva dos cartões.
-È a unica forma de conseguirem um aumento de salário (1%).
 
SINDICATOS:

DE QUE É ESTÃO Á ESPERA!

GREVE, PRESSÃO, JÁ!!!!!!!!!!!!!!!!!!
 
Sindicatos:

-ESTARÃO Á ESPERA DE 2013?

Metem nojo!
 
Até que enfim que alguém da OE faz o seu papel.
 
Bem, eu diria sem comentários, basta ouvir para ver as diferenças. Precisamos de alguém que nos represente sem medo e não de discursos de :ora vamos ver....: Força Germano
 
Adorei ouvir o enfº Germano Couto. Votei nele porque acreditei e não estou arrependida. Votarai nele as vezes que fossem precisas!
Era optimo que um boa equipa se juntasse e concorresse às próximas eleições da ordem para ver se isto anda para a frente e se respeitam a enfermagem!
 
SINCATOS PARA QUê???!!
 
Sindicatos Precisam-se!
 
Os professores fazem bem mais barulho por bem menos.
 
A bastonária é muito indolente. Os outros apontam o dedo à nossa classe e ele parece que tem medo. Ao menos o enfmeiro germano chama as coisas pelos nomes em medos!!!
 
Realmente só quem não conhece o Enfº Germano Couto é que pode ficar surpreendido com esta intervenção. Saibam os desantentos que mesmo a própria Bastonária censura internamente na OE as declarações do Enfº Germano sobre os mais diversos temas. Medo ? Sem dúvida. Talvez porque em todo este percurso o Enfº Germano se pautou por uma defesa intransigente dos interesses da Enfermagem e dos enfermeiros. E não foi só no Pré-Hospitalar. Foi nas mais diversas visitas institucionais em que denunciou sistemáticos abusos ao exercício profissional E quando os mesmos chegam à Direcção Nacional, o que acontece ? Dissolvem-se simplesmente. Ainda assim, a SRN tem sido a mais interventiva, dinâmica e apoiante de todas as actividades dos enfermeiros do Norte. Todos aqueles que contactam a Secção sabem que nela encontram apoio para os seus projectos, resposta às suas denuncias e intervenção perante as mesmas, o que certamente outras regiões não se podem gabar. Até interviu e denunciou serviços que são chefiados por antigos membros dos Órgãos Sociais do anterior mandato da SRN como a Srª Pseudo enfermeira Margarida Filipe e o seu asqueroso mandatário Enfº Renato, que cometem atrocidades com os enfermeiros que chefiam.
Para aquele colega que critica a actividade docente do Enfº Germano, fique também a saber que ele possui um Doutoramento e mesmo assim já negou por várias vezes convites para leccionar a tempo inteiro e mesmo integrar órgãos de direcção de escolas. Prefere manter uma actividade profissional no exercício e complementar a mesma com o ensino e fomento da Investigação na sua área. Quer maior coerência ? Quantos doutorados em Enfermagem conhece com esta atitude ?
Tenho o prazer e privilégio de trabalhar há vários anos com o Enfº Germano e digo-lhe que nenhum Enfº que tenha com ele trabalhado tem algo de mau a dizer a seu respeito. É efectivamente um líder em enfermagem. E dos poucos que temos. E esta entrevista é apenas uma pequena amostra daquilo que ele já tem feito pela Enfermagem e porventura com muito pouca visibilidade. Pena que seja encarado pelos restantes Órgãos Nacionais da OE como uma ameaça e não como um aliado.
Não tenho a mínima dúvida que faria um melhor Bastonário que delirantes Lucílias, inertes Deodatos ou ridículas Augustas.
 
Enf. Maria Augusta de Sousa dedique-se á SUA familia se eles estiverem para a ATURAR, CLARO! ou procure um Lar!
 
GRIPES??
CONSTIPAÇOES?
VACINAS?
ORDEM? SINDICATOS?

E A CARREIRA? E O CONGELAMENTO DAS PROGRESSOES QUE TERMINOU EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007? NINGUEM FAZ NADA? NINGUEM DIZ NADA?

É SÓ PALEIO
 
GRIPES??
CONSTIPAÇOES?
VACINAS?
ORDEM? SINDICATOS?

E A CARREIRA? E O CONGELAMENTO DAS PROGRESSOES QUE TERMINOU EM 31 DE DEZEMBRO DE 2007? NINGUEM FAZ NADA? NINGUEM DIZ NADA?

É SÓ PALEIO
 
"Após a tomada de posse do Governo continuaremos na linha da frente da exigência do que é justo!
E NA LUTA!"SEP/Dep. Nac.Informação/2009/Out

o governo já tomou posse!!!!!!!

Linha da frente? qual linha?

exigencia do que é justo? como?

na luta? que luta? sabem pelo menos onde fica a guerra??

não! não nos enganem mais por favor! precisam do nosso dinheiro? então peçam, mas não nos enganem!!
 
Que vergonha srª Bastonária, é uma tristeza termos como representante máximo da nossa classe tal personalidade......
 
Ah grande Germano... voto em ti para bastonário!!!!
Tu e o dr enfº davam um boa equipa!!!!
 
A ENFERMAGEM merece uma representação ao mais alto nível, de postura e argumentação, embora as prioridades da classe sejam a carreira e não a "gripe". Espero que não vá qualquer representante dos que nos venderam e festejaram públicamente o acordo de carreira.
 
Não nos devemos deixar levar em cantigas…

Não sou “aquele colega que critica a actividade docente do Enf. Germano”, mas AQUELA que critica a pseudo-rectidão de atitude de muito boa gente em Enfermagem.

“Saibam os desatentos que mesmo a própria Bastonária censura internamente na OE as declarações do Enf.º Germano sobre os mais diversos temas.”

Ora, se isto é verdade, o Enf. Germano tem de denunciar (URGENTEMENTE) esses casos de censura. Qualquer pessoa com o mínimo de carácter, perante uma situação destas, entraria em ruptura com a direcção da OE. Se o não faz, é porque talvez esteja à espera de uma cadeira que possa vagar no futuro…

Querem mais exemplos?

Há muitos enfermeiros directores que praticam verdadeiras injustiças nas suas instituições, mas no entanto não olham para trás. Sabem por quê? Porque estão reféns de uma lógica de poder e não de um conjunto de princípios de ética profissional.
O mesmo se passa com muitos enfermeiros chefes que praticam uma liderança ditatorial. Ou com muitos enfermeiros que além do seu emprego, “dão uma perninha numa escola privada” (seja a leccionar, seja para “acompanhar” alunos em estágio)…
Palavras para quê?!?!?!?!?

Isto faz-me lembrar o “caso” do Fórum Enfermagem. Começou por ser um espaço de debate, mas hoje está confinado praticamente a uma “agência” de recrutamento de recém-formados, seja para Portugal, seja para o estrangeiro. Não que isso seja incompatível para um espaço deste tipo. O problema é o que está por trás! Enquanto a OE assumir que há falta de enfermeiros em Portugal (e eu concordo que existam) mas permitir simultaneamente que uma boa parte deles emigre, está a cair numa contradição fenomenal!
Ora, os responsáveis por esse site não assumem uma ruptura com a visão da OE porque sabem perfeitamente que isso pode comprometer aspirações futuras!
É esta a sociedade mundana em que vivemos!

O “caso” do Enf. Germano, é em tudo muito semelhante a isso…

Quanto à questão de “já possui Doutoramento e mesmo assim já negou convites para leccionar a tempo inteiro”, não sejamos tontos.
Tomara eu que a nossa bastonária tivesse nesta entrevista a determinação que o Enf. Germano teve. Mas isso não basta!
Eu também estou a concluir o doutoramento em enfermagem. E ai de mim, se pensar que só por isso sou superior a qualquer colega que tenha apenas bacharel ou licenciatura. Veja o que acontece na política: quantos dos líderes políticos têm mestrados ou doutoramentos? Isso não é condição, de todo, para se ser melhor ou pior líder!!!!!

Para terminar: eu acredito numa sociedade onde as pessoas ocupem os lugares pelo mérito demonstrado e cujo acesso se pautou por regras claras (concurso). É por isso que fico arrepiada quando oiço a expressão “foi convidado”. Portanto, se o Enf. Germano foi convidado para dar aulas a tempo inteiro e recusou, eu respeito a decisão. Mas fico intrigada que tenha aceite um convite para dar umas aulinhas numa escola privada, sabendo dos problemas que a Enfermagem portuguesa padece em termos de empregabilidade. Mas lá está, certamente foi “convidado” pela máquina (!?) da Enf.ª Maria Augusta Sousa, e mesmo sendo atropelado na sua caminhada (censurado) não tem a sensatez de romper com “os barões” da OE. Porque será!?!?!?!

Enf. Carla
(Porto)
 
um minuto chega para se perceber,que a nossa Bastonária além de não dominar a matéria,não se sentiu á vontade perante as camaras e a jornalista.
no entanto,teme seu favor um factor,que não é nada desprezível : o sr.enf. Germano,"joga em casa",ou seja,o contexto é diferente e isso pode mudar muito,gostaria de o ver num grande jornal ou numa estação importante como a TVI e não a regional PORTO CANAL.Isto evidentemente sem querer lhe tirar o mérito.
Devo dizer que a sra Bastonária,tem contra si,uma voz cavernosa e não treina a expressão corporal,se repararem,logo no inicio da peça,olha demasiado para baixo,a voz não lhe sai e só na parte final,revela algum á-vontade.
o sr. enfer. Germano tendo a vantagem de falar na sede da Ordem do norte,beneficia de uma peça editada e portanto,sem pontos mortos.Isso muda muito as coisas caros colegas.
o gostar muito ou pouco ou nada,das duas figuras,não me vou pronunciar aqui.Admiro os dois por razões diferentes.
 
Ao comentário das 4:13AM
Enf. Carla

Apesar de já ter ocorrido o Halloween, diria que a Sra. tem o poder da "bola de cristal"... não podia ter feito uma leitura mais acertada da realidade!

Excelente...
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!