segunda-feira, Fevereiro 22, 2010

Enfermeiros de Reabilitação/Fisioterapeutas.


"All nurses can save lifesrehab nurses save the quality of life.
Laura Solkowitz,  RN CRRN 


Os Enfermeiros, por vezes, num atitude pouco reflectida ou ingénua, esquecem-se que a Enfermagem, além de todas as dimensões ético-legais e conceptuais, é uma profissão, que, tal como todas as outras, sobrevive inserida num "mercado de trabalho" (poderá soar mal, mas espero que não me entendam de forma errada). Como tal, compete com outras profissões.
Numa perspectiva teórica, as profissões da saúde seriam perfeitamente definidas e complementares, mas não são. A fluidez da linha que as separa e o devir (mudanças constantes), perturbam o suposto equilíbrio, transformando o sector da saúde (tal como outros) num plano matricial tetradimensional (formação, experiência, competências e responsabilidade), onde cada uma, para benefício individual/classe e dos utentes, tenta conquistar espaço. A história conta-nos que a relação entre Medicina e Enfermagem conhece bem estas transições e reajustes. O novo século trouxe-nos um novo paradigma: morfologias profissionais pseudópodes.

Discuti a questão dos Enfermeiros de Reabilitação/Fisioterapeutas com um dos mais conhecidos docentes de Enfermagem da nossa praça. A sobreposição de conhecimentos e competências, segundo ele, está "mal resolvida na sua cabeça". O certo é que cada vez mais (mais evidente no privado, mas não só...) as equipas de reabilitação ou possuem Enfermeiros Especialistas em Reabilitação ou Fisioterapeutas (o que talvez vá de encontro ao ideal), o que evidencia, que, cada vez mais, o espaço da reabilitação se encurta no que diz respeito à coabitação destas duas profissões. Se fizermos um pequeno estudo longitudinal (nem que seja empírico), constatamos isto mesmo. 
Supondo que, teríamos de escolher um destes dois profissionais (no contexto da reabilitação),  que será o profissional que acrescenta mais-valias profissionais, humanos, técnico-científicas? E ganhos em saúde?
O "mercado" não perdoa e os Enfermeiros de Reabilitação têm perdido "espaço" brutalmente (por ex. recordo-me de um complexo termal que costumava frequentar: há uns anos atrás os Enfermeiros de Reabilitação eram o grosso dos profissionais diferenciados. Hoje resiste apenas um, os restantes são Fisioterapeutas), apesar destes beneficiarem do largo espectro de intervenção, pois associam a Enfermagem à reabilitação, usando (também, mas não só) técnicas que também são empregues e partilhadas pelos Fisioterapeutas.
Vamos pensar nisto de forma séria (deixo um pequeno excerto escrito de um Enfermeiro de Reabilitação aqui no blog, em 2007):

"Esta discussão sobre Enfermagem de Reabilitação e Fisioterapia nem sequer devia de existir.
Eu trabalho no único Centro de Reabilitação Público do País, o CMRRC - Rovisco Pais há 10 anos, coabitamos profissionalmente - Fisiatras, Enfermeiros, Enfermeiros de Reabilitação, Fisioterapeutas (FT), Terapeutas Ocupacionais (TO), Terapeutas da Fala (TF) - e essa discussão sobre uns ocuparem o lugar de outros só se coloca quando os directores de serviço (médicos) preferem Fisioterapeutas para que desse modo possam pôr e dispor dos recursos humanos como querem (FT, TO, TF), tentando a todo o custo bloquear todo o trabalho dos Enf. de Reabilitação, porque estes têm autonomia para exercerem um conjunto de intervenções aos utentes e os Enf. de Reabilitação não estão debaixo das ordens de suas excelências omiscientíssimas da saúde em Portugal. 
No entanto há pontos de diferenciação entre um Enfermeiro de Reabilitação e um Fisioterapeuta, seja em actuações específicas como a Cinesioterapia Respiratória, quando um doente necessita de uma intervenção de emergência, seja trabalho em enfermaria, a maior parte, diria mesma a quase totalidade dos Fisioterapeutas tem muita dificuldade ou não possui conhecimentos para actuar nesses campos."


Vídeo em baixo - exemplo de um exame neurológico sumário (no âmbito do estágio de Neurologia, do Curso de Especialidade em Enfermagem de Reabilitação)


______________________________________________________________
Nota: saber mais em Association of Rehabilitation Nurses

Comments:
Eu sou enfermeiro de reabilitação num CS, trabalho com uma fisioterapeuta e totalmente sem problemas. Há áreas de actuação idênticas, outras mais ou menos e outras distintas. Basta falarmos...e aprendemos juntos! Eu referencio utentes para ela e ela para mim...

Normalmente faço mais domicílios, fico com utentes mais instáveis, mais dependentes e aí sinto-me mais à vontade com a ajuda da formação de enfermagem de base. Trabalho muito a RFR... Ela também se sente mais à vontade no ginásio!! Mas não temos fronteiras muito definidas em relação a quem faz o quê...

A reabilitação é uma área completamente transversal e multidisciplinar...se algum fisio ou enfermeiro pensam que são eles a reabilitação estão redondamente enganados.

Se olharmos para o mundo reparamos que existem múltiplas profissões a trabalhar na reabilitação: muitos enfermeiros (muitas vezes com formações complementares e designações diferentes), muitos fisioterapeutas e outros técnicos/terapeutas dificilmente catalogáveis em Portugal
 
Parabens ao DE por mais um Post de alerta e preocupação.

Parabens aos colegas que fizeram o video e que muito honram a Enfermagem de Reabilitação.

O Espaço consquista-se fazendo e neste caso fazendo muito bem.

Este é um caminho, nomeadamente a documentação de praticas em video que deve ser explorado e maximizado.

Parabens a todos.
 
Infelizmente, existem Fisioterapeutas até bastante competentes, e não-mecânicos (esfrega, põe toalha, coloca eléctrodo, põe o gel, pé na bacia, ...) e que possuem o mínimo discernimento científico para saber fazer o quê a quê e a quem, mas que estão nitidamente balizados pelas prescrições de um Fisiatra. São basicamente manipuladores de meios físicos (ultra-sons, TENS, ...). Isto, na maioria dos casos.

Os Enfermeiros de Reabilitação, como são autónomos nas suas intervenções e diagnósticos, poderão ser considerados incómodos por alguns "doutores" (alguns). É preferível ter fisioterapeutas, sempre são mais mansinhos e fáceis de controlar.. Não sou eu que o digo, atenção! É o que a realidade diz. E não concordo.

No entanto, existem diferenças entre Enfº Reabilitação e Fisioterapeuta, que devem ser levadas em conta. Recordar que a fisioterapia, grosso modo, tem o seu contexto de trabalho definido nas clínicas de fisioterapia, onde a grande maioria das intervenções terapêuticas estão standartizadas, e suportadas na grande maioria em meios físicos. Sabendo que não é só isso que os fisioterap^eutas fazem e sabem, é fácil aferir que, embora semelhantes a olhos leigos, a verdade é que um enfº de Reabilitação é sempre uma mais valia, por se encontrar munido de diferentes armas terapêuticas e diagnósticas, e de conseguir adaptar as suas intervenções a todos os níveis, e em todos os contextos (hospital, clínica, internamento, emergência, bloco, domicílio,...).

Partilhando princípios comuns de conhecimento, como biomecânica, anatomia, fisiologia, cinesiologia etc, a Enfermagem de Reabilitação está sustentada por outro tipo de bases, outro tipo de conhecimento que lhe permite enquadrar com maior eficºácia as suas competências.
Tenho o maior respeito pelos fisioterapeutas, e considero-os importantes em qualquer equipe de saúde, mas a verdade é que não estão equipados com outro tipo de ciência e prática que lhes permita "sair do mesmo". Poderão depender de indicações médicas, o que já não acontece com os enfermeiros - diagnósticos de enfermagem. Sem qualquer desprestígio para os fisios. Isto é só o que eu penso, por favor estejam à vontade para me contradizerem ou corrigirem.
 
A reabilitação é uma área enorme e não se esgota na fisioterapia, nem na enfermagem de reabilitação. A fisioterapia é sem dúvida um pilar importante da reabilitação e temos de trabalhar juntos. Na minha especialidade de reabilitação ensinaram-me a ver os fisios como parceiros e é isso que tenho feito com bons resultados para os utentes.
 
Sou enfermeiro especialista em Reabilitação, e com experiência na área desportiva há mais de 15 anos, fiz uma pós graduação em reabilitação desportiva com alguns fisioterapeutas, e na nas aulas de eletroterapia ficaram admirados da minha formação nessa área, portanto não cunfundam as coisas a fisioterapia surgiu porque a Enfermagem de Reabilitação deixou....., não tenho receio nenhum em trabalhar ao lado de qualquer fisioterapeuta, já agora tenho o curso SAV e o TNCC, façam formação e não receiem nada, também faço acupuntura e colocação de bandas neuromusculares, chega....
 
Caros enfermeiros, é claro que os Fisioterapeutas não sabem tudo! Por isso é que existem vários profissionais que actuam em diferentes áreas e por fim se complementam! Sou Fisioterapeuta e na minha escola também existia o curso de enfermagem, tenho amigas que são enfermeiras e nunca houve qualquer confusão acerca de quais as competências de um ou outro profissional! Não conheço a enfermagem de reabilitação, mas sei que na formação base de enfermagem os alunos não aprendem a planear intervenções no âmbito da reabilitação, sendo isso da exclusividade do fisioterapeuta! Nem nessa questão pode haver confusão com outros técnicos pois mais nenhum pode fazê-lo. E longe vai o tempo onde a actuação do Fisioterapeuta se restringia à clínica. Felizmente e apesar de ainda não termos o estatuto que merecemos, as mentalidades mudaram, a profissão evolui, muito devido aos novos profissionais que tem vindo a ser formados e actuamos em múltiplos e variados contextos e na maioria deles somos autónomos, definimos o Diagnóstico em Fisioterapia e traçamos a nossa intervenção. À excepção das clínicas de medicina física e reabilitação, onde a nossa intervenção só pode ser feita meidante a prescrição do médico fisiatra, dependemos tanto dos médicos como vocês. Ou será que podem intervir num doente sem parecer médico ou sem um diagnóstico médico? Para todo e qualquer profissional de saúde isso deve sempre ser tido em conta. Não misturem as coisas e não se sirvam do passado para justificar algo que hoje em dia não faz sentido. Ambas as profissões são importantes e têm actuações distintas! Se todos soubermos reconhecer isso quem sai a ganhar é o utente, que é para ele que trabalhamos e não para alimentar competições entre profissionais. Se cada um de nós agir em consciência de acordo com a formação e competências que tem tenho a certeza que não existirão equívocos!
 
Este comentário é simplesmente Ridículo e ignorante. A pobreza de espírito é enorme. Os Enfermeiros não percebem o que é realmente a fisioterapia, terapia da fala e terapia ocupacional e ponto final.É legítimo que pensem que fazem o mesmo. Mas não dou grande importância porque um dia todos vão precisar e sentir na pele as diferenças. É curioso que nunca vi um Enf de reabilitação tratar-se junto de outro enfermeiro. Deviam era olhar para os excelentes terapeutas que existem em Portugal e não igualar-se ou superiorizar-se aqueles que infelizmente não sabem o que andam a fazer. Até porque Enfermeiros assim também andam ai aos pontapés.
 
Este comentário é simplesmente Ridículo e ignorante. A pobreza de espírito é enorme. Os Enfermeiros não percebem o que é realmente a fisioterapia, terapia da fala e terapia ocupacional e ponto final.É legítimo que pensem que fazem o mesmo. Mas não dou grande importância porque um dia todos vão precisar e sentir na pele as diferenças. É curioso que nunca vi um Enf de reabilitação tratar-se junto de outro enfermeiro. Deviam era olhar para os excelentes terapeutas que existem em Portugal e não igualar-se ou superiorizar-se aqueles que infelizmente não sabem o que andam a fazer. Até porque Enfermeiros assim também andam ai aos pontapés.
 
Saudações aos Sr.s Enfermeiro/as e Fisioterapeutas
Encontrei esta página a partir da busca de palavras chave que encontrei num relatório de uma Sra Enfermeira de Reabilitação (assuntos de Serviço), que apresentava siglas tipo RFR, entre outras, mas que infelizmente na descrição do "instrui e eduquei o cliente"...referia-se apenas a "percursão", "vibração" e "estimulo da tosse"...
Como Fisioterapeuta a caminho de 18 anos de Serviço, nos mais variados sítios (sim também passei pelas clínicas e Chapa 1, Chapa 2, ...das benditas prescrições dos Srs Fisiatras), gostava de lembrar o seguinte:
-Os Fisioterapeutas trabalham com Indicação Clínica...(não quer dizer que seja dos Fisiatras, excepto se o Serviço/Clínicas for de MFR,(por obrigação legal) e os Srs Enfermeiros de Reabilitação não!?!acho que aqui a questão não se trata de "serem mais doceis"...lembro-me quando a minha filha esteve internada com quadro de pneumonia aguda, que se não fosse a minha esposa (enfermeira) presente no momento da RFR que a Sra Enfermeira de Reabilitação queria aplicar os seus conhecimentos de "bater e aspirar crianças"...provavelmente estaria preso por ter perdido o decoro com tão brilhante representante da classe - que concordo também os ha na Fisioterapia) - Resumindo compete aos FIsioterapeutas, um diagnóstico em Fisioterapia, conceber, planear e executar um plano de tratamentos que no coso de não ser concidente com a prescrição ..."ai é que a porca torce o rabo", como acontece de certeza com os Srs Enfermeiros, vai de quem os tem no sítio e sabe o que faz.
-Felizmente os Fisioterapeutas (preparados de raiz para a reabilitação) são hoje detentores de um conjunto de saberes, ao nível do que de melhor ha no mundo, que alem de orgulho, não deveria fazer comichão a ninguém excepto aos Lobbies que continuam a chupar, para não dizer outra coisa os Portugueses, com acordos com ADSE; seguros, etc, como todos bem sabem.
- Infelizmente (ou felizmente) tive contacto com o desenrolar da especialidade de uma das colegas da minha esposa, que hoje é enfermeira de reabilitação, e ...prefiro não comentar mais, pois pode ter sido má impressão minha! Atençao! é boa profissional...poderemos discutir alguns conceitos, só isso...
Entre muito que se poderia dizer, deixo a polémica de parte, respeito todos os Srs Enferemeiros/as como elementos essenciais a saúde dos Portugueses, mas... existem outros técnicos de saúde merecedores de igual respeito. Há que abrir os olhos e ver os doentes/Utentes/clientes como seres Humanos e não €..Bem Hajam a todos
ps: parabéns pelo video! Se calhar podiam ver o que se faz na Fisioterapia...
#;)
 
Já agora, a respeito do comentário que deixei a pouco, sobre a Fisioterapia e Enf de Reabilitação, deixo-vos um link sobre o que dizer sobre a "Fisioterapia Cárdio Respiratória/ também referida por muitos como Cinésioterpia...
http://www.youtube.com/watch?v=F3xwtTVjFAY
cumprimentos

Espero que os senhores que filtram os comentários não tenham medo de apresentar alguma concorrência para bem da verdade sobre os vários "posts"...

 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.
Mais informações, aqui (programa, poster e ficha de inscrição). 

.
Ler aqui.