terça-feira, Novembro 15, 2011

Sondagem - Ordem dos Enfermeiros


O Fórum Enfermagem está a organizar uma sondagem relativamente às próximas eleições para a Ordem dos Enfermeiros. Pretende-se que seja uma votação isenta e transparente, para que se possa ter validade preditiva.
Pede-se o contributo de todos os colegas. O voto pode ser exercido, aqui.


___________________________________________________________________
Nota: os boletins de voto já estão a chegar à caixa de correio de vários colegas. Relembro que os mesmos necessitam de ser acompanhados de uma fotocópia de cédula profissional (para efeitos de conferência nos cadernos eleitorais), mas sem comprometer a respectiva confidencialidade.


Comments:
Como é que se pode fazer um voto isento e transparente quando o blogue não é isento...? Deixem-se disso, quem cá vem já tem, no mínimo, uma tendência de voto. Ou acham que, quem vota noutras pessoas, consulta este blogue...? Onde se apoia frontalmente (não estou a criticar, estou a constatar...) uma das candidaturas...? Não me parece que este resultado vá ser representativo...
 
Que ridículo O voto e secreto e temos de colocar o email?
 
Como convém, só os comentários favoráveis nao sao censurados
 
Fazer acompanhar o boletim de voto com fotocópia da cédula profissional?

Confidencialidade salvaguardada? Como?

Poupem-me!
Eu assim não voto!

Exigemos voto de presença física!!

Acabemos de uma vez com toda esta palhaçada!
 
Tenho as cotas em dia (novembro 2011) mas, por antigos atrasos no pagamento das cotas, só tenho a vinheta de 2010 no cartão da Ordem. Posso votar?
 
Dois esclarecimentos que se impõem:

1º SONDAGEM DO FÓRUM ENFERMAGEM: para participar tem de se ser membro registado no fórum; cada membro só pode participar uma só e única vez; os resultados actualizados apenas estão disponiveis aos memebros registados no fórum depois de terem feito a sua opção; os resultados finais ficam visiveis a todos os visitantes no dia 6 de dezembro

2º VOTO POR CORRESPONDÊNCIA: é totalmente seguro, anónimo e confidencial; recomendo a leitura dos artigos 28º e 29º nas páginas 16 e 17 do Regulamento Eleitoral que pode ser consultado aqui: http://www.ordemenfermeiros.pt/legislacao/Documents/LegislacaoOE/RegulamentoEleitoral_AG20.11.2010_VFinal.pdf
 
"Tenho as cotas em dia (novembro 2011) mas, por antigos atrasos no pagamento das cotas, só tenho a vinheta de 2010 no cartão da Ordem. Posso votar?"

Não. Para obter vinhetas em atraso deve dirigir-se à sua Secção Regional.
 
Regulamento Eleitoral da Ordem dos Enfermeiros

Documento aprovado na Assembleia Geral Extraordinária de 20 de Novembro de 2010.



Artigo 29º
Modo de Exercício do Voto por Correspondência
1‐ Até 15 dias, úteis, antes da data fixada para a realização das eleições será enviado a
cada eleitor uma carta explicativa sobre o processo eleitoral, um exemplar de cada
uma das listas concorrentes, boletins de voto e dois sobrescritos destinados à
votação por correspondência.
2‐ Os dois sobrescritos destinados à votação por correspondência referidos no número
anterior consistem num sobrescrito de Resposta Sem Franquia (RSF) e num
sobrescrito de cor branca sem qualquer tipo de inscrição.
3‐ O sobrescrito RSF terá impresso no seu anverso o número de membro efectivo do
eleitor, a referência da secção regional na qual se encontra inscrito, um código de
leitura sob a forma de barras, a indicação do Presidente da mesa regional como
destinatário e o endereço da secção regional correspondente.
4‐ Só serão aceites os votos por correspondência que sejam remetidos nos sobrescritos
referidos nos dois números anteriores.
5‐ Os boletins de voto são identificados de forma diferente e notória, consoante se
destinem aos órgãos nacionais, aos órgãos regionais e aos Colégios das
Especialidades.
6‐ Os boletins de voto, dobrados em quatro, com a face impressa para dentro, devem
ser introduzidos no sobrescrito de cor branca sem qualquer inscrição, sendo este
sobrescrito seguidamente fechado e introduzido no sobrescrito RSF juntamente com
a fotocópia da cédula profissional.
7‐ A fotocópia da cédula profissional do eleitor votante é obrigatoriamente e em
exclusivo, introduzida no sobrescrito RSF endereçado ao presidente da mesa regional
competente, a fim de se garantir a confidencialidade do voto.
 
Como é a Ana Rita Cavaco pode ou não concorrer??
Qual é a ideologia mais próxima?????
Vai haver ou não debates para serem confrontdas ideias/propostas. Se sim quando e onde?????

Obrigado.
 
Obrigada ao colega André Silva pelo esclarecimento.
 
Sei que o comentário já vem um pouco fora de mão (11 Out. – Sollari). Sem querer, o Dr. Enf., mostra como vê o mundo e a saúde em Portugal…

Acha bem que doente seja tratado por “Dr.”? E se fosse um enfermeiro? Tratavam-no por “Dr.”?

Tiveram de chamar o chefe da cirurgia (António Freitas – HGSA). Porquê tanta mordomia?

“Doente normal e doente médico”. Alguém me explica?!

Hernâni Lencastre (Cardiotorácica de Gaia). Quantos têm direito a isto?

“Num ano, foi 7 vezes ao bloco”. E os portugueses que estão em lista de espera?

Minuto mágico (17:50): “desta vez, gostaria que fosse o profissional a ganhar”. RIDÍCULO!!!
O Humberto Machado (CHPorto – Anestesia) é bom em bacoradas…

[Franklim Marques (Oncologista CHPorto); Luisa – esposa; Luís – filho; Mariana – filha];

Dr. Enf., sabe que em Portugal, num só dia, morrem 9 pessoas, devido ao cancro colo rectal? Não parece!
 
Correio da Manhã; 6-10-2011; pág. 30;
Presidente do INEM casou com chefe de gabinete do Ministro da Saúde;
 
Anónimo das 11:13h,

Os doentes devem ser tratados pelo seu título honorífico, sempre que se conheça e que a pessoa não se oponha a isso. É uma regra cultural de boa educação.
Sei que as crispações que há na saúde entre profissionais levam a que se pense que não é assim, que os doentes são todos tratados da mesma maneira, que não sei quê. Não é o uso do título honorífico (Sr Engº, Sr Dr., Sr Dr Juiz, Sr Enfº, Sr. Prof., étc) que diferencia os cuidados porque as outras pessoas - todas - também devem ser tratadas como culturalmente é costume na região (Sr Tal, Dona Tal, ou por Você em certos locais ou o Sr ou a Srª.); também as crianças deveriam ser tratadas com um respeito diferente e não tu para cá e tu para lá. Nem os velhos devem ser tratados por tu, avôzinho, querida, e tal, só porque não sei quê.

O que faz a diferença nos cuidados são outras coisas e entre elas é não tratar melhor ou com mais atenção uma pessoa só porque ela tem mais instrução, é mais diferenciada (logo, pode reclamar mais, está mais informada, exige mais). ISTO NÃO TEM NADA A VER COM TÍTULOS HONORÍFICOS.
 
O seu comentário é de desatar a rir!

Apontei várias "falhas" à reportagem, e o caríssimo concentrou-se apenas na parte dos títulos...

Em momento algum me referi ao modo como são tratadas as crianças e os idosos. Se quizer, podemos conversar sobre isso.

Quanto ao título, ainda que se compreenda o que diz, percebe que há certos contextos clínicos, onde por maior esforço dos profissionais, é impossível seguir essa regra.

Se havia ideia que eu queria fazer passar, é que o doente em questão, teve um tratamento diferente daquele que a maioria de nós receberia. E isso não é motivo de orgulho para ninguém!
 
Não é verdade o DE rejeitar os comentários que engodam a lista A, de um tal colega Germano;
Os comentários que ele rejeita são os que dizem mal do A e bem do E.
Por isso preparo um pitáfio bonito para o túmulo do blogo DE/Germano.
 
meus amigos votem em quaquer um menos na lista C. Basta ver que tem o apoio da bastonaria Augusta. Para mim chega de augustas, carmezindas, renatos, lucilias and friends. Não vou apelar ao voto em nenhuma das outras listas pois ainda não decidi, mas já sei que lista C nunca, só se fosse masoquista.
 
Retiro o que disse.
Já há comentários que estão a passar na censura.
Com isto o DE demonstra que investiu no cavalo errado e apesar do aparato, já viu que o valor do seu blog estará sempre na isenção, verdade e oportunidade de quem comenta.
A mudança, que se espera e deseja, já está em andamento, mas não tem nada do mesmo: é mesmo diferente!
 
Este BLOG é extraordináriamente extraordinário na má lingua.
Gostaria de conhecer o seu autor, pois se não é o Germano é um dos seus maiores amigos, pois é contra tudo e contra todos, menos contra este que tanto gaba e publicita.
Democraticamente falando este blog é uma vergonha e em nada contribui para a boa imagem da classe de enfermagem nem para a informação dos colegas que se deseja verdadeira e esenta.
Provavelmente este comentário não será publicado, mas no minimo será lido pelo desconhecido e oculto autor deste blog que nunca teve a coragem de dar a cara.
A não publicação deste comentário será para mim prova de negação da liberdade de expressão deste blog tão faccionista.
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.
Mais informações, aqui (programa, poster e ficha de inscrição). 

.
Ler aqui.