quarta-feira, março 14, 2012

U24


A RTP realizou e está a transmitir uma série documental - U24 - que supostamente relatam a realidade quotidiana das urgências hospitalares: "o programa mostra a dinâmica de trabalho de médicos, enfermeiros e de todos os funcionários do estabelecimento".
Quem vê aquilo uma vez, constata logo que é uma imitação barata dos formatos norte-americanos, daqueles que só o Spielberg sabe fazer. Está a ser um valente flop de audiências.

O problema vem da raiz; foi uma série concebida por encomenda, é notório! Não relata a realidade, mas moldou-a mediante os interesses do cliente. Quem se senta à frente da televisão vê TAE's do INEM a brilhar, a tratar, a salvar, a diagnosticar... por pouco não fazem a cirurgia em cima do alcatrão! Aquela classe profissional que mais movimento assistencial providencia dentro dos serviços de urgência (e do SNS) - os Enfermeiros - parece que não existem! Ou melhor, os hiatos da série coincidem com a sua intervenção! Vê-se sempre o malogrado "doente" a ser apanhado para dentro da ambulância (e apertam pescoços com ligaduras, quase asfixiando a vítima!), sendo o frame seguinte um qualquer "Dr. Casa" a resolver tudo sozinho!
Os olhos de um leigo não vêem, mas os chistosos TAE's extravasam frequentemente as suas competências, e, em muitos casos, nem as suas próprias conseguem levar a cabo (incumprimento dos protocolos básicos)! O acumular de erros é evidente em várias peças!

Os TAE's tinham interesse nas urgências da Mongólia, por exemplo. Cá não. O Dr. Miguel Rego, Presidente do INEM, sabe disso!
Já a TVI fez uma reportagem bem mais fidedigna...


video


Comments:
A inveja é coisa feia.....
 
Dr. Enfermeiro, que acha da integração da rede INEM nos Bombeiros?
Poupar-se-íam milhões e milhões de euros.
Basta pôr os interesses de lado...
 
realmente!!!..onde está a realidade do resto do Pais para além do Porto e Lisboa..,incluam as Hospitais, SIV,VMER TAE, bombeiros do resto do Pais...Em vez de se trabalhar em equipa para o interesse da população..trabalha-se o interesse de outras classes (TAE´s)com outros objectivos..
 
Miguel Rego... Gostei! E o apelido indicado para alguem que anda a "cheirar" para seguir o seu caminho a breve trecho na politica... E nao e que ele staa fazer o trabalho de casa? Realmente a comunicacao e imagem fazem milgares... Qto a mim tinha lugar... Na emergencia medica do botawana...
Cumps
 
deviam era ir aos hospitais com dificuldades para ver os milagres que os enfermeiros e outro profissionais fazem todos os dias!!!!
 
Eu já havia comentado este disparate num post anterior. Obrigado por partilhar da minha opinião.
 
A verdade é que este género de programas não se destina a realmente mostrar a realidade dos serviços de urgência mas antes ser uma feira de vaidades para a EPH e meia-dúzia de indivíduos que gostam de se mostrar frente às câmaras de televisão como se fossem super-homens. A realidade, sabe-a quem lá está, é muito trabalho, anónimo (que não procura protagonismos) mas sério e humilde (e tantas vezes esta palavra humilde não é interpretada no seu verdadeiro sentido) e com falta de condições em que os diferentes profissionais sejam eles Enfermeiros, Médicos, Técnicos e tanta gente que trabalha nos SU faz tanto com pouco.

Quem realmente trabalha não precisa de show-offs, de publicidades mediáticas. Acredito que a melhor publicidade é um trabalho bem feito pois quem tem olhos para ver sabe quem o faz e que faz que faz.

Estes programas são tapa-buracos nas grelhas televisivas e versões low-cost para as séries televisivas (não precisam de pagar a actores pois têm os vaidosos que trabalham para a fama). Espero que não se enverede por aí pois isto é fumaça que rapidamente se dissipa.
 
Mas eu só vejo enfermermeiros e a Drª Aurora. Neste caso, não percebo o post.
 
Vamos aos serviços e o que vemos são Enfermeiros a correr, a tentar desenrascar a situação, como se estivessem constantemente em cenário de catástrofe. E de facto, os nossos serviços em termos de recursos humanos de Enfermagem estão sempre à beira da catástrofe, a trabalharem nos limites. Enquanto dermos esta imagem de profissionais em constante pânico, e com fáscies de estarem a trabalhar num campo de trabalhos forçados, os media vão-se interessar mais pelas profissões que têm tempo suficiente para fazerem a "pose" para as suas camaras.
E já agora, já repararam que sempre que dá um Enfermeiro na televisão a falar sobre o trabalho de Enfermagem, regra geral é aquele que menos trabalha, ou seja o Chefe? É que os outros não têm tempo sequer para parar 2 minutos para prestarem declarações à TVI, SIC ou RTP...
 
taaaaaaanta inveja
 
os médicos de familia sao umas verdadeiras abéculas.. Por favor nao deixem essa gente seguir grávidas, eles nao sabem Rigorosamente NADA. Nem o calculo de DPP sabem fazer, trocam os trimestres, falham nas datas dos exames serologicos etc. Se fizerem um estudo acerca disso vao ver a quantidade de queixas das gravidas...
 
ha ai pessoas que so dizem: "tanta inveja" mas depois nao argumentam. eu partilho a mesma opiniao do autor, apesar de achar que foi um pouco cáustico e posso dizer-vos que não sinto inveja rigorosamente nenhuma. Agora acho que é ponto assente que o programa não reflecte aquilo que é de facto a emergencia em Portugal, o programa é pobre e não é por mostrar os TAE´s, porque estes também sao parte integrante da emergencia. O problema é que mostram situações não urgentes. Quanto à audiencia.. a responsabilidade é da RTP pela ma qualidade do programa.
Brevemente também publicarei um post sobre este tema, que já estava a ser preparado
Abraço
Guilherme de Carmo, porquedeixeideserenfermeiro.blogspot.com
 
Isto dos TAE´s de facto são uma rede de mafiosos, pois desde que os Bombeiros se tornaram TAE´s, sim TAE´s, pois o curso de TAS é o mesmo que os TAE`S, os bombeiros já são operadores de DAE que além do curso de condução era a unica coisa que os os diferenciava dos TAE`s. Neste momento TAE´s do INEM e TAS´s dos bombeiros é exactamente a mesma coisa...Isto está a fazer uma azia aos TAE´s que tem que arranjar qualquer coisas para os voltar a tornar diferentes dos Bomnbeiros, raça que os TAE´s tanto abominam e que 90% dos TAE´s esquecem-se que já foram ou são bombeiros...Mas para serem de novo diferentes tentam criar as novas competências dos TEPH com o blá, blá que é importante terem mais competências pois existem casos no país que as VMER´s e as SIV´s estão a 1h de distância...pois..é verdade! o que os Srs TAE´s mafiosos não contam é que a nova carreira só se aplica aos TAE´s, deixando de foram os Bombeiros...Fantastico sabendo todos nós que são exactamente os bombeiros que operam nas zonas mais isoladas do país e os TAE´s tem a sua actuação unicamente em meios urbanos onde dispõe de meia duzia de VMER´s a minutos de qualquer lugar..interessante esta verdadeira máfia dos TAE´s! Assim vão longe...a coleccionar inimigos,mesmo dentro dos vossos pares>!
 
@João Vaz

ó homem , arranje qq coisa para azia!!!
 
Ó anónimo....azia? Voces é que estão a cavar uma linda covinha para se enterrarem. Eu estou bem, estou a adorar ver o buraco crescer....
 
@ João Vaz

Deve rectificar: a sua classe é que se está a enterrar!!!
A minha está a crescer, e vem daí...saem comentários aziados como o seu!!
Inveja é coisa feia....

Já agora, e ainda acerca da formação por parte de enf´s a técnicos e proibições....bla bla bla...
Então, agora a vossa Ordem só pune, caso a formação seja dada a quem exerça funções em contexto hospitalar??? É assim?
Isto é, já se estão a pôr a jeito para ganhar uns trocos na formação!!!
 
é engraçado caro Anónimo que não desmentiu a minha informação que os Bombeiros vão ficar de fora da vossa carreira....pk que será?grande união na vossa "classe"...
 
@João Vaz

Tal como disse é a nossa carreira!!

Os bombeiros também têm a deles. (carreira de bombeiros sapadores/voluntários, com as respectivas hierarquias)

Daí urge a profissionalização do sistema de emergência médica, com o respectivo upgrade das actuais funções dos TAE.

Mas não respondeu ao que lhe perguntei!!!
 
a formação do INEM é uma farsa, é por isso que se vêm TAEs ( o supra sumo da formação do INEM Carlos Alves ) a colocar a dita ligadura no pescoço da vitima... o que querem aos TAEs? eles respondem uns bem, outros mal, conforme a sua apetência e a sua capacidade e disso também está o mundo dos enfermeiros e dos médicos cheio!
Tens coragem?!?
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!