quinta-feira, outubro 17, 2013

Finalmente... 4 horas para pensar!


Como era expectável, esta greve dos Enfermeiros está a decorrer sem consequência ou cedências por parte do Ministério da Saúde. 
Uma paragem de quatro horas (para "reunir e pensar" - dizem eles!) em alternância por área geográfica revelou-se (mais) um flop estratégico. Obviamente, não impulsionará qualquer sucesso negocial. O que fere a dignidade dos Enfermeiros é saber que os dirigentes deste sindicato reconhecem este facto, todavia promovem-no!!! É Inacreditável! Banalizam-se assim a greve como forma de luta e desgastam-se os Enfermeiros, afastando-os dos movimentos sindicais, esfumando as expectativas.
.
O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (até ao momento) não revelou dados objectivos sobre as greves (níveis de adesão, por exemplo). A repercussão social e mediática foi muito próxima do nulo. A simpatia (ou antipatia) da opinião pública sobre esta reivindicação também não abona a favor da profissão (o SEP não teve perspicácia no tratamento da informação inerente). 
O caderno reivindicativo apresentado ao Ministério da Saúde é obsoleto (veio atrasado um década). Não há estratégia a médio/longo prazo. Não há inteligência. Não há nada. Apenas as míticas promessas do Coordenador Nacional, Enf. José Carlos Martins, regra geral, proferidas na calor do momento. 
Há uns anos (2009) afirmou que só por cima do "seu cadáver" é que os Enfermeiros não teriam direito a uma transição salarial. No fim, efectivamente, todos lhe passaram por cima (não se consubstanciou qualquer transição!). 
Há pouco tempo, entusiasmado, anunciou uma greve conjunta com a classe médica. Os médicos recusaram peremptoriamente!
Teremos de abanar bandeirolas até à exaustão?!

Comments:
Não percebo, não sou sindicalizada e admito que o SEP não tem sido feliz nem eficaz em defender a classe, mas sendo eles que estão a negociar com o Governo, não deveríamos nós enfermeiros tentarmos fazer alguma coisa, opinar de forma construtiva, dar ideias, em vez de limitarmo-nos a criticar? A nossa grande fraqueza é a falta de união, e a união faz a força. Somos muitos e muita gente depende de nós nas suas AVDs, na manutenção da sua própria vida. Se um dia parássemos, realmente parássemos, morriam pessoas, somos nós que fazemos a diferença, somos importantes, por isso, não percebo, realmente não percebo como é que alguém, neste caso o Governo, não percebe isso!
 
Os hiper-mega-super-revolucionários do costume, sempre com a “revolução”... na ponta da língua. Sempre com a “revolução à la minute” pronta e para já... levada à cena nos sofás e nas caixas de comentários dos blogues e jornais.
Queres greve por tempo indeterminado? Greve dos blocos operatórios? Pois! São ilegais. Já leste os acórdãos? ESTUDA...!
Dá lá a tua opinião sobre que estratégia para que o governo/ministério da saúde ceda às justas exigências dos enfermeiros protagonizadas pelo SEP.
É tão lindo ficar aí a falar de cor...Sugestões? Sugestões?
Eu tenho uma: DEMISSÃO DO GOVERNO JÁ!
 
Sou enfermeira ha 17 anos.As greves sao ineficazes,esta constatado e eu ja fiz algumas por diverssos motivos.Que tal pedirem ajuda aos familiares dos doentes, mobilizar a opiniao publica,ha muita gente que reconhece o nosso trabalho(UCI,Bloco,Internamentos, cuidados primarios...).Que tal pedir uma presença televisiva bem fundamentada?
Ou entao greves de 2 a 3 dias?
Sera passivel perante a lei?
Falar sobre o racio enf/dte, que esta a diminuir cada vez, mais.

 
a greve não é ilegal se for de toda a enfermagem e só os BO pararem...
mesmo que a greeve seja de 1 semana, já teria resultado (se os colegas que tanto reclamam aderissem, coisa que duvido porque falam mas na hora da verdade so fazem 1 dia de greve para dizer que fazer, e mais nada porque perdem o dinheiro)
Quanto à demissão, outra cor politica ia ter exatamente o mesmo respeito pelos enfermeiros: nenhum
 
Mais tiros nos pés:

http://www.enfermeiros.pt/content/view/1499/1/

Formar Fisioterapeutas, farmacêuticos, para prática de realização de pensos???!

Escavamos nós a nossa cova! A Ordem devia escorraçar estes vendilhões!!

 
O SEP e seus dirigentes são uma NULIDADE!

Gostava de saber as contrapartidas de se ser dirigente ou delegado sindical.. ganham quanto com isso?
É que não estou a ver muitas mais razões para se amarrarem ao poleiro, como lapas impávidas e inúteis, às cadeirinhas, que nunca largam.

talvez, só por cima do seu cadáver, é que há sangue novo no SEP??...
 
Ja trabalho ha 15 anos e tudo continua igual .fui sindicalizada durante 10 anos e mantem -se igual...
como é possivel ???
 
Fora SEP!!!!!!!!!!
 

O Enfº do norte diz que “Gostava de saber as contrapartidas de se ser dirigente ou delegado sindical… ganham quanto com isso?”.
Pois eu digo-lhe: blá-blá, dispensas de serviço para reuniões sindicais, etc. Perguntem ao delegado sindical da região de Setúbal, agora promovido a dirigente sindical. Paleio para escovar a chefia tem ele. Assim vai o mundo da enfermagem.

 
NOJO! SINTO NOJO DO SEP!
 
O SEP cristalizou...faz como entende e pronto!!!

Dar cumprimento à agenda da CGTP...

Manter os lugares ocupados há 30 anos e toca a andar!

Digam aos dirigentes do sep para convocarem uma greve de 4 dias em todos os turnos a ver o que eles dizem...

Uma greve à séria em que os elementos do piquete fiquem não nos serviços, mas num local contactável...

E assim o ministro iria tremer, caso contrário o governo só mete dinheiro ao bolso com greves prostáticas ( às gotinhas)



 
Caro Anonimo das 10/17/2013 09:21:00 PM:
Eu hj estive num plenário do SEP. Eu hj fiz greve, como sempre. Não sou revolucionário de sofá. Eu hj fiquei mais uma vez convencido de que o SEP não sabe o que anda a fazer. O SEP sistematicamente anda a dar tiros nos pés dos enfermeiros. Hj no plenário vi pelos comentários dos delegados sindicais que mais tiros nos pés se aproximam.

 
greve sem expressão nenhuma e acho que a maioria dos portugueses nem dá por ela...uma perda de tempo e de dinheiro de quem fez greve. demonstra a falta de respeito do SEP pelo dinheiro dos outros. continuem a pagar quotas para que estes dirigentes enxovalhem mais e mais os enfermeiros. realmente esta greve de 4 horas deve ter sido uma novidade mundial a estrear em Portugal.
 
Anónimo das 09:21....

Se sou capaz de fazer melhor que os sindicalistas que lá estão....Não... Por isso mesmo não o faço, nem me atrevo a fazer! Chama-se a isto responsabilidade! É preciso competência para representar a profissão!
É este o meu diagnóstico! Irresponsabilidade duradoura dos sindicatos!
Gastaram os "cartuxos" e agora atiram apenas com pólvora seca!
Greves de 4 horas???? Justificação: parar onde as greves têm mais impacto... E os "outros" servem somente para a guerra dos números... Os " outros" não são acéfalos!
Boa noite...
 
Acabar com estes sindicatos já! que só enterram a enfermagem!
Um é uma empresa de formação, o outro um autentico acefalo em negociaçoes e sem dignidade! Jose carlos demita-se! Os enfermeiros estão enojados de verem a sua cara!
Ainda lhe atiram com sapatos!
 
Algo me passou pela cabeça - se os colegas com CTFP pedirem redução do horário para as 35h não ficam abrangidos pelas condições especiais de isenção de cortes que o Governo propõe para estas situações? E mesmo tendo um vencimento base inferior descontavam muito menos, e no final tudo somado - isenção de cortes e menos descontos - trabalhavam as 35h e até ganhavam MAIS!!!!! Será exequível?? Isto é que era um LUXO!!! Até sobrava tempo e dinheiro para se irem comprar os apitos...
 
Só uma questão ao DE: Então não era desta que o presidente do INEM ia ser um enfermeiro?? Não ia ser tudo tomado pelos enfermeiros??
 
Anónimo disse...

Só uma questão ao DE: Então não era desta que o presidente do INEM ia ser um enfermeiro?? Não ia ser tudo tomado pelos enfermeiros??


Não é preciso. Só o facto de que nenhum TAE irá substituir enfermeiros, está tudo OK (:

xau!
 
Lamento mas a minha total revolta vai para os dois sindicatos, conheço- os bem, fui sindicalizada num e noutro.
O SEP um esquerdista agarrado ao que pode e deixam fazer, mal ou bem vai fazendo, o SEN, um PSD um Azevedo agarrado ao poder da presidência faz que faz , fala alto, mente diz que fez e nao fez nem faz nada.
Quando aparece nas reuniões é para falar mal dos médicos e nao olha para ele que faz zero,que queremos, isto? Ou algo de novo.
Somos muitos o DE podia fazer uma petição e arrancar com um sindicato novo, conheço muitos que iam levar a nossa gente longe, nao para longe mas dignificar.
Atentos assim vamos
 
Lamento mas a minha total revolta vai para os dois sindicatos, conheço- os bem, fui sindicalizada num e noutro.
O SEP um esquerdista agarrado ao que pode e deixam fazer, mal ou bem vai fazendo, o SEN, um PSD um Azevedo agarrado ao poder da presidência faz que faz , fala alto, mente diz que fez e nao fez nem faz nada.
Quando aparece nas reuniões é para falar mal dos médicos e nao olha para ele que faz zero,que queremos, isto? Ou algo de novo.
Somos muitos o DE podia fazer uma petição e arrancar com um sindicato novo, conheço muitos que iam levar a nossa gente longe, nao para longe mas dignificar.
Atentos assim vamos
 
O nosso pais está mal, os colegas como eu deixam de pagar as cotas e bem, pois quem lá está nos sindicatos é sò do alto luxo, vejam o Azevedo.
Ele é mais velho que eu 10 anos, tem as famílias que tem, o ordenado de reformado do s. Joao e é o que se vê, estranho.
Aqui em Gaia vão sair cerca de 30 do SEN, do SEP, uns 45 viva até que enfim acordaram.
Temos dois duros que andam a tratar de um novo sindicato já lhes disse apoio vamos para a frente, eu dou lhes por um tempo um andar que está a alugar.
Quero te ver Azevedo, vais vender o bmw o a mto? O teu irmão empresta o Mercedes, vivam as cotas dos enfermeiros.
 
O SEP TEM SIDO O COVEIRO DA ENFERMAGEM PORTUGUESA.
Os seus dirigentes são completamente acéfalos....Ando a dizer isto à 20 anos. Não digam que não há alternativa!... Sabem isto já lá nã vai com falinhas mansas, com assertividades e com as mariquices do costume!.... É preciso alguém que dê o murro na mesa, que os tenha no sitio e que não se intimide com balelas (os BO não odem fazer greve, os cuidados mínimos é tudo....blá blá blá....). Os enfermeiros tem esses capazes, mas por birra, por burrice ou ignorância continuam a não lhe dar força e a sua confiança. E assim vamos, de derrota em derrota até à queda final
Manuel Oliveira, Enf.
 
Eu avisei
"greve às mijinhas"
Agora aí tem o resultado!....
Banalização, descredito e tudo, tudo menos o que se pretendia.
Agora vem com: "a greve de 4 horas era para reunir e decidir formas de luta". Isso é demais... não subestimem a minha inteligência. Vão todos à M....... com as vossas formas de luta---
 
Tantos enfermeiros contra o SEP e não sabem que outros esforços estão a ser feitos pelo SE. Há alternativa ao SEP. Não ser sindicalizado não é a solução. É preciso fazer crescer a alternativa.

http://www.enfermeiros.pt/content/view/1504/1/
 
No rescaldo de mais um fiasco do SEP, desta vez uma greve "quadri..dri..dri partida", deixo-vos aqui o texto do presidente do sindicato que efetivamente está ao serviço dos enfermeiros.

"Não raro, perguntam-nos por que não aparecemos aqui e acoli e além!?
Temos publicado alguns excertos da obra "dar voz ao silêncio" ou "do silêncio à voz".
Mas isso é apenas a semente da qual havemos de colher frutos que têm uma germinação lenta.
Há sinais animadores de colheita fértil, uns resultantes do nosso esforço continuado, para sairmos do silêncio; outros
são fruto das circunstâncias, que nos começam a ser favoráveis, tão má é a nossa situação que já nem as pedras
tumulares, que usam para nos silenciarem, conseguem abafar o nosso grito de indignação, ou o ruído do nosso SILÊNCIO.
Mas isto é apenas um sintoma de recuperação dessa longa doença, que nos tem vitimado.
A guerra das 35/40 horas semanais, que vamos ganhar, porque a justiça está voltar às origens, é, tão-só o princípio do
ressurgir das trevas.
Somente crescendo e fazendo-nos os maiores conseguimos dar nas vistas, mesmo dos que não querem ver-nos.
Não podemos deixar de repetir a importância de reforçar o SE com a sindicalização de todos os Enfermeiros, sobretudo dos
que não têm Sindicato.
Os tempos que se aproximam vão ser muito difíceis e não se compadecem com aventureirismos e falsos profetas e muito
menos com individualismos ou com a desunião. A segurança do funcionário público acabou. E os "neos" que tanto
podem ser liberais disfarçados de nazis, ou nazis disfarçados de liberais como alguém os classifica, estão bem perto de nós
e não mal instalados, para sugarem o sangue das vítimas.
Mas por UNIÃO não devemos entender UNICIDADE, sonho lindo de alguns utopistas, com os AMANHÃS QUE CANTAM,
onde as virgens imaculadas estão ao alcance de um gesto do utópico sonhador.
Não há almoços gratis, dizem os pragmáticos, que identificam o verdadeiro com o útil; ou a verdade com a utilidade
prática.
Nós situamo-nos entre o A e o Z; pode não haver pior do que nós, mas também não há melhor, como a experiência
demonstra e a prática não desmente.
Se unirmos A a Z temos o AZ, que é o fio da espada da verdade e da justiça.
Até no jogo ou no desporto é o que corta mais e, em primeiro lugar, porque é o gume da espada.
Chegou a hora da verdade amarga!
Os Enfermeiros estão cansados dos pregões de pregoeiros contratados para os difundirem no nosso seio
Na hora da Verdade, onde já não há lugar para a mentira tenham ao menos a coragem do imortal poeta Barbosa du
Bocage (Elmano Sadino):
[Eu me arrependo; a língua quase fria/
Brade em alto pregão à mocidade,/
Que atrás do som faqntástico corria:/
Outro Aretino fui... A santidade/
Manchei!... Oh! Se me creste, gente impia,/
Rasga meus versos, crê na eternidade!]
Eis um belo texto de contrição, na hora em que não há lugar à mentira e tem de ceder à verdade, por muito dura que seja.
Connosco não corres, Colega, o perigo de seres enganado/a.
Cordiais Saudações Sindicais,
O Presidente da Direção, José Azevedo.
Sindicato dos Enfermeiros
 
Oh doutor enfermeiro o que está a dar é ir à madeira. por acidente passei lá na página da OE madeirense e vi que vão organizar uma conversa sobre sexualidade e SEDUÇÃO...lol. ora bem nestes tempos só mesmo bem seduzido...ai os nossos euros...
 
O SENHOR Q ESCREVE AQUI HIBERNOU DESDE A TOMADA DE POSSE DA ATUAL DIREÇAO DA ORDEM.....POSTA UMA NOTICIA DE 15 EM 15 DIAS SO PARA REINAR::::::
 
DoutorEnfermeiro, que se passa consigo??

O Blog morreu? Logo agora com tanta coisa importante a passar-se??!
 
è pena o Azevedo ter tanta conversa de livro e nada fazer, já está desacreditado. Agora anda armado em Tenente Coronel, gravitam á volta as nov direcção que não sabe do que se passa e passa-se muito :::
Já repararam como diz o 10/20/2013 05:07:00 PM, a familia e longa e os luxos são muitos, atenção aos sócios do SEN, o vosso dinheiro anda para eles
 
Calou oh artista! Vai lá falar mal do Enfº Azevedo lá prás quintas do SEP!

Tomara o SEP fazer 1/4 do que faz e diz o Azevedo!
Treteiro!!
 
Bendita a hora que deixei de ser "enfermeiro"!!!
 
Ó JC
Ninguém deixa de SER Enfermeiro se já alguma vez o FOI!...
Tu nunca foste enfermeiro, como podes dizer que deixas-te de o ser...
Pensa antes de abrires a boca, resguardas-te a ti e não nos enjoas a nós!...
 
DECLARA-SE HOJE DIA DE GREVE DA FUNÇAO PUBLICA O OBITO DESTE BLOG POR CAUSAS AINDA POR DETERMINAR


PAZ À SUA ALMA
 
Tanta coisa a acontecer na enfermagem e o blog a vê -los passar...não gostaria que o DR enfermeiro acaba-se- flor
 
Ó Sra. Dra. Brinquedos, ainda escreve neste asco de blog? Ou só vem aqui mandar umas postas de pescada a mando dos seus mandaretes?
 
É aqui o blog da ordem e do Azevedo?
 
Treteiro é quem o ouve, se Enfº Azevedo, pois o seu lema é TRETA
Vão ao Blog que o enf tem e veja-se nem um comentario, claro não lhe dão importancia, é a sua "eloquente" cidadania do "penico"...
Vá para cas descansar e deixe os enfermeiros tratarem dos assuntos, pois o Se Enf só fala do passado e passado ...isso é Alzh!!!
 
Pasmem-se os enfermeiros verdadeiros, o Germano pediu a alguem para mandar calar o azevedo numa reunião aqui em Lisboa, no hotel. Este Azevedo só diz disparates ainda não lh disseram que ele já passou do prazo?
Valha-nos Deus
 
SALÁRIO DIGNO PARA TODOS
A verdade é que deveria ter respeito e valorização dos nossos profissionais, salário digno é assim:
Graduado... Dr. Médico - 100%
Graduado... Dr. Enfermeiro - 70% do Dr. Médico
Graduado... Outros Doutores da saúde 70% do Dr. Enfermeiro
Nível Médio – Técnico de Enfermagem ou outros da saúde - 70% dos outros Doutores da saúde
Ensino fundamental – Auxiliar de Enfermagem ou outros da saúde - 70% do Técnico de Enfermagem ou outros da saúde.

30 HORAS JÁ: ENFERMAGEM E TODOS – ÁREA DE SAÚDE

... xxx ... xxx ... xxx ... XXX ... xxx ... xxx ... xxx ...

Os 10 MANDAMENTOS DOS DOUTORES: MÉDICOS E ENFERMEIROS

1 - Se você não sabe o que tem, dá VOLTAREN;

2 - Se você não entende o que viu, dá BENZETACIL;

3 - Apertou a barriga e fez 'ahhnnn', dá BUSCOPAN;

4 - Caiu e passou mal, dá GARDENAL;

5 - Tá com uma dor bem grandona? Dá DIPIRONA;

6 - Se você não sabe o que é bom, dá DECADRON;

7 - Vomitou tudo o que ingeriu, dá PLASIL;

8 - Se a pressão subiu, dá CAPTOPRIL;

9 - Se a pressão deu mais uma grande subida, dá FUROSEMIDA!

10 - Chegou morrendo de choro, ponha no SORO.

...e mais...

Arritmia doidona dá AMIODARONA...

Pelo não, pelo sim, dá ROCEFIN.

...e SE NADA DER CERTO, NÃO TEM NEUROSE...
...DIGA QUE:

É SÓ ESSA NOVA VIROSE!!!

Parece brincadeira, mas... É verdade!

(Recebido por e-mail - Autor Desconhecido)

... xxx ... xxx ... xxx ... XXX ... xxx ... xxx ... xxx ...

Doutor (Dr.): É importante ressaltar que doutor via de regra não configura forma de tratamento, mas título acadêmico. Seu uso deve-se limitar apenas a comunicações dirigidas a pessoas que alcançaram o grau acadêmico de doutoramento(português europeu)ou doutorado(português brasileiro). Por questões culturais, tal título é permitido aos Bacharéis em Enfermagem pela LEI COFEN 256/2001, Odontologia, em Direito e em Medicina, e qualquer outro profissional de nível superior ou da saúde. Entretanto, formalmente, deve-se usar o tratamento Senhor que confere a desejada formalidade às comunicações.

Fonte: Pronome de tratamento
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pronome_de_tratamento

... xxx ... xxx ... xxx ... XXX ... xxx ... xxx ... xxx ...

Cofen reconhece direito de enfermeiro usar título de "doutor"
BRASÍLIA/VALE DO ASSU – A partir de agora a classe dos enfermeiros poderá, a exemplo de outros profissionais tais como médicos, advogados, engenheiros e outros, usar o título de "doutor". Autorização neste sentido foi dada por meio da resolução número 256/2001, do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), em Brasília. O órgão federal considerou que "o uso do título de doutor tem por fundamento procedimento isonômico, sendo em realidade, a confirmação da autoridade científica profissional perante o paciente ou cliente".
Além disso, o Cofen entendeu que "o título tem por fundamento praxe jurídica do direito consuetudinário, sendo o seu uso tradicional entre os profissionais de nível superior".
O organismo classista interpretou, também, que "a exegese jurídica, fundamentada nos costumes e tradições brasileiras, tão bem definidas nos dicionários pátrios, assegura a todos os diplomados em curso de nível superior, o legítimo uso do título de doutor". O Cofen observou ainda que "a não-utilização do título de doutor leva a sociedade e mais especificamente a clientela, a que se destina o atendimento da prática da enfermagem pelo profissional da área, a pressupor subalternamente, inadmissível e inconcebível, em se tratando de profissional de curso superior".

 
Morreu... Este blog morreu.
Enfim, coaduna-se com a Enfermagem portuguesa...!
 
Senhor mula russa

esta com a gripa A , ou esta com amoc.

Vai colhendo o que semeou.

Devia ter vergonha de ser tão mal formado.
 
SALÁRIO DIGNO PARA TODOS
A verdade é que deveria ter respeito e valorização dos nossos profissionais, salário digno é assim:
Graduado... Dr. Médico - 100%
Graduado... Dr. Enfermeiro - 70% do Dr. Médico
Graduado... Outros Doutores da saúde 70% do Dr. Enfermeiro
Nível Médio – Técnico de Enfermagem ou outros da saúde - 70% dos outros Doutores da saúde
Ensino fundamental – Auxiliar de Enfermagem ou outros da saúde - 70% do Técnico de Enfermagem ou outros da saúde.

30 HORAS JÁ: ENFERMAGEM E TODOS – ÁREA DE SAÚDE

... xxx ... xxx ... xxx ... XXX ... xxx ... xxx ... xxx ...

Os 10 MANDAMENTOS DOS DOUTORES: MÉDICOS E ENFERMEIROS

1 - Se você não sabe o que tem, dá VOLTAREN;

2 - Se você não entende o que viu, dá BENZETACIL;

3 - Apertou a barriga e fez 'ahhnnn', dá BUSCOPAN;

4 - Caiu e passou mal, dá GARDENAL;

5 - Tá com uma dor bem grandona? Dá DIPIRONA;

6 - Se você não sabe o que é bom, dá DECADRON;

7 - Vomitou tudo o que ingeriu, dá PLASIL;

8 - Se a pressão subiu, dá CAPTOPRIL;

9 - Se a pressão deu mais uma grande subida, dá FUROSEMIDA!

10 - Chegou morrendo de choro, ponha no SORO.

...e mais...

Arritmia doidona dá AMIODARONA...

Pelo não, pelo sim, dá ROCEFIN.

...e SE NADA DER CERTO, NÃO TEM NEUROSE...
...DIGA QUE:

É SÓ ESSA NOVA VIROSE!!!

Parece brincadeira, mas... É verdade!

(Recebido por e-mail - Autor Desconhecido)

... xxx ... xxx ... xxx ... XXX ... xxx ... xxx ... xxx ...

Doutor (Dr.): É importante ressaltar que doutor via de regra não configura forma de tratamento, mas título acadêmico. Seu uso deve-se limitar apenas a comunicações dirigidas a pessoas que alcançaram o grau acadêmico de doutoramento(português europeu)ou doutorado(português brasileiro). Por questões culturais, tal título é permitido aos Bacharéis em Enfermagem pela LEI COFEN 256/2001, Odontologia, em Direito e em Medicina, e qualquer outro profissional de nível superior ou da saúde. Entretanto, formalmente, deve-se usar o tratamento Senhor que confere a desejada formalidade às comunicações.

Fonte: Pronome de tratamento
Origem: Wikipédia, a enciclopédia livre.
http://pt.wikipedia.org/wiki/Pronome_de_tratamento

... xxx ... xxx ... xxx ... XXX ... xxx ... xxx ... xxx ...

Cofen reconhece direito de enfermeiro usar título de "doutor"
BRASÍLIA/VALE DO ASSU – A partir de agora a classe dos enfermeiros poderá, a exemplo de outros profissionais tais como médicos, advogados, engenheiros e outros, usar o título de "doutor". Autorização neste sentido foi dada por meio da resolução número 256/2001, do Conselho Federal de Enfermagem (COFEN), em Brasília. O órgão federal considerou que "o uso do título de doutor tem por fundamento procedimento isonômico, sendo em realidade, a confirmação da autoridade científica profissional perante o paciente ou cliente".
Além disso, o Cofen entendeu que "o título tem por fundamento praxe jurídica do direito consuetudinário, sendo o seu uso tradicional entre os profissionais de nível superior".
O organismo classista interpretou, também, que "a exegese jurídica, fundamentada nos costumes e tradições brasileiras, tão bem definidas nos dicionários pátrios, assegura a todos os diplomados em curso de nível superior, o legítimo uso do título de doutor". O Cofen observou ainda que "a não-utilização do título de doutor leva a sociedade e mais especificamente a clientela, a que se destina o atendimento da prática da enfermagem pelo profissional da área, a pressupor subalternamente, inadmissível e inconcebível, em se tratando de profissional de curso superior".

 
O blog morreu!
 
O seu amigo vai baixar as quotas em 1€! Que loucura! Nem sei o que fazer com tanto dinheiro que me vai sobrar!
 
Ai Santos Santos doutorenfermeiro Santos, que fazes tu rapaz, lá pelos cantos de Mangualde.
Ainda mandas postas pela boca, nariz e outros orificios, ou já te constipaste?
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!