sexta-feira, setembro 02, 2016

Salários dos Enfermeiros.

.
Se se debruçarem bem sobre os indicadores salariais dos Enfermeiros (em comparação com o salário médio do respectivo país), é possível extrair duas conclusões:
.
1 - Quanto maior é o rácio de Enfermeiros por mil habitantes, menor é o salário dos Enfermeiros!
2 - Quanto maior é a proporção Enfermeiros/Médicos, menor é o salário dos Enfermeiros!
.
Ex. 1 - No Reino Unido, o salário dos Enfermeiros é muito baixo. Um Enfermeiro que exerça Inglaterra aufere 80 a 90% do salário médio; ou seja, comparativamente, em Portugal, ganharia cerca de 700 euros!
.
Ex. 2 - Na Noruega, um Enfermeiro ganha o mesmo que um cabeleireiro por conta de outrem (e pouco mais do que um cantoneiro).

Comments:
Não sei como funciona noutros países, mas os enfermeiros no Reino Unido têm um salário equipara a qualquer outra classe profissional com semelhante grau académico, pois existe uma tabela salarial única, o ideal em todo o lado, ou seja, traduz-se em equidade. Se os enfermeiros no Reino Unido ganham menos do que a média da OCDE, então, todas as outras classes profissionais do R.U com igual grau académico, também ganharão menos do que a média. Em suma, tenho a certeza que os enfermeiros no Reino Unido não são injustiçados, nem discriminados, face a outras classes, nem por motivos de ordem de rácios elevados no sector da enfermagem.

 
Os Enfermerios do RU auferem um salário inferior à média do país (incluindo trabalhadores indiferenciados).

Exemplo: o salário médio em Portugal são cerca de 800 euros brutos. Portanto, em Portugal, os Enfermeiros auferem mais do que o salário médio.
 
Ou seja os Enfermeiros em Portugal estão bem melhor do que os Enfermeiros nos outros países, tendo como factor de comparação o nível de vida médio dos seus respectivos países.
 
O Doutor Enfermeiro tem produzido um trabalho notável mas, por vezes, engana-se nas contas e perde-se um pouco na leviandade com que retira algumas ilações. Se verificar corretamente o gráfico, o que este indica é que no UK, um enfermeiro recebe cerca de 10% acima do salário médio do país, em linha com a média da OCDE. E estamos a falar de rácios, não de vencimentos brutos, que naquele país assumem uma variância expressiva.

As ilações que retira face ao exemplo da Noruega são ainda mais levianas. O facto do rácio ser 1 não quer dizer que os enfermeiros sejam mal pagos. Neste caso em concreto é o reflexo da Noruega apresentar um leque salarial muito pequeno (ao que parece, dizem que tem qualquer coisa a ver com o nível de desenvolvimento social mas talvez seja melhor debruçar-se sobre o assunto para ver se, para a próxima, a coisa fica mais afinada).
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!