sábado, junho 10, 2017

Ameaças à "queima-roupa"?!

...
Curioso... o comportamento do Ministro da Saúde, especialmente quando comparado com situações muito semelhantes protagonizadas por outras classes da saúde.

Estas ameaças não são à "queima-roupa"... tal como ele admite, são injustiças que já decorrem há mais de uma década.

Estava visto que a subtracção da categoria de especialista da carreira de Enfermagem iria resultar nisto!

Os Enfermeiros estão unidos e o senhor Ministro ainda não sabe o que está para vir...

Comments:
O senhor Ministro(médico) enganou-se nas suas declarações, ele queria ter dito que um Governo só pode ser confrontado "à queima roupa" com determinadas classes profissionais, já outras devem ser ignoradas.
Enfermeiros, partamos para a greve, sem piedade, será sentimento recíproco.

 
Penso que a greve deve agudizar as suas formas de luta para mais radicais em Setembro e Outubro: altura das eleições vem aí!

Talvez assim nos ouçam! Querem política? Também a sabemos fazer! Nem que seja com o desprezo que tratam os enfermeiros também sabemos agir em conformidade!

Basta! os enfermeiros estão fartos!!!!
 
Concordo!!!!já esperamos tempo demais. Medidas radicais, como greve por tempo INDETERMINADO!!! Já!!!!!!!!
 
Greve radical? Medidas radicais? Os Enfermeiros vão fazer bungee jumping do cimo dos hospitais nos dias da greve? Radicais só mesmo assim lol
 
Se todos pedirem demissão como fizeram os nossos colegas finlandeses não há lugar a requesição civil!

Talvez assim nos ouçam!

Isto sim seria "queima roupa"!

Estamos fartos disto!

Ou agem ou há brevemente uma explosão social eminente e num governo de esquerda é o colapso total dos seus ideais!

Ironia isto acontecer com BE e PCP a governar com o seu partido PS!
 
Não me façam rir...
 


ENTRGUEM O PROBLEMA AO SEP QUE É SINÓNIMO DE RESULTADOS GARANTIDOS - BASTA VER O RESULTADO DE TANTAS GREVES ANTERIORMENTE REALIZADAS.
NÃO SE ESQUEÇAM DAS MANIFESTAÇÕES NEM DAS BANDEIRAS SEP/CGTP.
FORÇA CAMARADAS. A VITÓRIA É CERTA!!!!!!!!!!!!!
 
Tiveste a coragem de retirar o meu comentário sobre a greve de enfermeiros, e as reivindicações dos especialistas em detrimento dos generalistas!!!?????
 
Também já não sei se alguma vez interessa muito andar a fazer greves, pois os 2 SINDICATOS estão muito preocupados com os especialistas e praticamente não se fala das tabelas dos enfermeiros generalistas.....na verdade não me venham com tretas, pois os que eram especialistas na antiga carreira já tinham diferenciação salarial, pois estavam na carreira como especialistas e ao transitar para a actual carreira ficaram a ganhar como já ganhavam anteriormente.Quem tirou a especialidade depois, claro que tem contrato como já tinha antes como generalista, e se estão a exercer como especialistas só Se podem queixar de si próprios. Aqueles que como eu não querem ser especializados estão no esquecimento total, mas não se esqueçamos nos somos uma grande maioria e uma greve só tem expressão se os generalistas aderirem!!!! Por isso é que as greves de enfermagem NÃO tem qualquer efeito.....devem sim começar pela actualização é das tabelas actuais para todos e depois rever os especialistas.....ou ate lutar pelo exercício da enfermagem especializado, e actualizar a carreira sendo os cuidados gerais uma especialidade, tal e qual fizeram com os médicos. Assim sim, quando houver lutas pela classe não haverá divisão....por isso é que as reivindicações dos médicos têm sempre éxito!!!! ESPERO QUE AGORA NAO APAGUES ESTE COMENTÁRIO!!!!OBRIGADO
 
Uma correcção: os cuidados gerais em medicina não são uma especialidade, senão os detentores do mestrado integrado em Medicina saiam já especialistas. Tal como os médicos sem especialidade são indiferenciados dentro da Medicina, os enfermeiros generalistas também o são dentro da Enfermagem.
 
Publicar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!