quarta-feira, abril 23, 2008

A paciência tem limites!


Que me perdoem algumas pessoas inteligentes que se apresentam nas fileiras da Ordem dos Enfermeiros (Enf. Jacinto Oliveira e o Enf. Germano Couto - o motivo do triste ranho raivoso da inconformada e "derrotada" Enfª. Margarida Filipe - entre outros), mas os restantes são mentecaptos.
"Carência" é um termo tabu. "Desbloqueamento" de vagas é o conceito actual. E esta questão deve andar bem esclarecida entre a opinião pública. Dizer que "faltam Enfermeiros" é muito vago e acarreta más interpretações!

A Bastonária assevera que os Cuidados de Saúde Primários têm poucos Enfermeiros, pois os jovens recém-licenciados preferem a Área Hospitalar... como se, nos dias de hoje, alguém se desse ao luxo de escolher... (Ler notícia do JN):

"Devia haver o dobro dos enfermeiros no SNS, avisa a ordem da classe"

"O Serviço Nacional de Saúde (SNS) tem rácios de enfermeiros abaixo da média Europeia, da maioria dos países desenvolvidos e da OCDE. O alerta foi dado hoje pela Ordem dos Enfermeiros, que aponta ao dedo à “actual organização do SNS”.

Actualmente, em Portugal existe 1 enfermeiro por 800 famílias, sendo o número ideal 1 por 400 famílias. “Existe grande carência de enfermeiros nos Cuidados de Saúde Primários (Centros de Saúde) e distribuição não equitativa nos Cuidados Hospitalares. Esta situação é consequência da organização actual do SNS e necessita de rápida reformulação para garantir aos cidadãos cuidados mais eficazes e melhor equilíbrio entre qualidade e custo-efectividade de serviço nas organizações de saúde”, disse em comunicado a Ordem dos Enfermeiros, em forma de balanço do almoço-debate comemorativo dos 10 Anos da ordem.

“Cultural e estruturalmente, o SNS está centrado em Cuidados Hospitalares e os enfermeiros recém-licenciados encaram a actividade nos Cuidados de Saúde Primários como segunda escolha. É urgente alterar esta realidade e a concepção de que o profissional hospitalar é mais graduado do que o do Centro de Saúde”, defendeu a bastonária da Ordem dos Enfermeiros, Maria Augusta de Sousa. Maria de Belém, Presidente da Comissão Parlamentar de Saúde e ministra na altura da criação da ordem, Constantino Sakelarides, Director da Escola Nacional de Saúde Pública, foram algumas das figuras públicas presentes no encontro. Criada em 1998, a Ordem dos Enfermeiros conta com cerca de 50 mil enfermeiros inscritos."

Com os Enfermeiros que actualmente desesperam no desemprego, era possível ter um rácio famílias/Enf. muito próximos dos 400/1. Por outro lado, se Portugal não acompanha a OCDE em quase nenhum indicador, porque é que há-de acompanhar na dotação de Enfermeiros?

É incrível, mas não se vê nenhum outro grupo profissional tão empenhado em fazer crescer o seu número de profissionais!
É simples: os outros têm profissionais sérios, competentes e embrenhados na realidade. Nós, temos uma Bastonária obsoleta, Enfermeiros-filósofos (Lucília Nunes) e o Nabais, o encenador-bailarino da ESE Calouste Gulbenkian (entre muitos outros...)! E isto faz a diferença!

O outros dedicam-se ao estudo da gestão de recursos humanos, a OE dedica-se ao fermento de padeiro: fazer crescer, crescer...
Aos menos tenham a dignidade de explicar à comunicação social o que se passa com os Enfermeiros...

Comments:
Sempre em cima do acontecimento carissimo.
 
E a Bastonária a olhar para o portátil... lol

Sempre atenta para com a sua classe...

A classe de Enfermagem está farta dos protagonistas actuais..

Desajustados da sociedade..
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Se esta rapaziada da blogagem fosse às Assembleias Gerais e/ou contribuisse com reflexão séria em vez de botar abaixo, talvez efectivamente a coisa mudasse. Doutro modo vamos continuar a zurzir uns nos outros e a coisa a afundar....
 
Este comentário foi removido por um administrador do blogue.
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Esta notícia é absolutamente inacreditável.

Eu continuo a acreditar que é possivel sair daqui (doutorenfermeiro)um "movimento" para a tal petição, ou assembleia extraordinária.

Sugiro o seguinte: só para termos uma ideia de quantas pessoas partilham desta convicção e se passeiam pelo blog. Colocar (não sei se é possivel)uma página com uma espécie de pré-assinaturas para a tal petição ou assembleia extraordinária. Não é nada de vinculativo, óbviamente, mas dá para termos uma ideia sobre se há colegas dispostos a faze-lo, quantos são e QUEM são.

É que caso contrário não sairemos da mera especulação sobre essa possibilidade.

Cumps
 
Façamos circular um e-mail onde cada um junta o seu nome!
 
A iniciativa pode partir do BLOG e fazer-se a petição via net (Hiperligação de um post do Blog para a página da petição). A petição pode ser feita através de http://www.petitiononline.com/.
Penso ter a mesma validade jurídica.
DE, vamos a isso?
Vamos abanar um pouco as mentalidades!! Cada um depois faz publicidade no seu serviço, via net, sms,...

FILIPE
 
A bastonária está claramente embriagada... ou pedrada.
 
"DE, vamos a isso?"


De acordo.
 
avancem só precisamos de um cabeça, de preferencia com a cabeça no sitio e com as ideias bem claras!
Já tinha visto esta noticia, tentei deixar comentario na pagina do jornal, mas não csgui por mta pena minha! Pois, é revolta vai crescendo, ao ler noticias como esta, estando eu à espera e na luta constante por um emprego quer nos CSP quer no CSD, ninguem neste momento se dá ao luxo de escolher!
Só me dá vontade de "esganar" a MAS!
 
avancem só precisamos de um cabeça, de preferencia com a cabeça no sitio e com as ideias bem claras!
Já tinha visto esta noticia, tentei deixar comentario na pagina do jornal, mas não csgui por mta pena minha! Pois, é revolta vai crescendo, ao ler noticias como esta, estando eu à espera e na luta constante por um emprego quer nos CSP quer no CSD, ninguem neste momento se dá ao luxo de escolher!
Só me dá vontade de "esganar" a MAS!
 
avancem só precisamos de um cabeça, de preferencia com a cabeça no sitio e com as ideias bem claras!
Já tinha visto esta noticia, tentei deixar comentario na pagina do jornal, mas não csgui por mta pena minha! Pois, é revolta vai crescendo, ao ler noticias como esta, estando eu à espera e na luta constante por um emprego quer nos CSP quer no CSD, ninguem neste momento se dá ao luxo de escolher!
Só me dá vontade de "esganar" a MAS!
 
Este comentário foi removido pelo autor.
 
Não bata onde não precisa, está tudo muito bem em termos de ideias mas essas disciplinas não estão erradas.

Não sou professora nem nunca fui, tirei o curso na ESECGLx e tive essa e muitas outras disciplinas.

Guardo com muito carinho a maioria dos ensinamentos da Prof.ª Arlete, infelizmente já cá não está, que me ficaram para a vida. Uso-os todos os dias como Enfermeira e como pessoa, ajuda-me sobretudo a assumir outros papéis para melhor poder aproximar-me do utente e responder às suas solicitações e problemas.

A questão não está nos Planos de Estudo, nem nestas disciplinas, é que quem nos ensinou e ensina não tem contacto com a realidade há largos anos.

Quanto á OE estamos de acordo. Ainda bem que falou no Germano, trabalhei com ele durante algum tempo e foi um colega que me deixou saudades porque felizmente pensamos o mesmo. Se costumas vir aqui um grande beijinho
 
Enviar um comentário



<< Home

This page is powered by Blogger. Isn't yours?

AmazingCounters.comVisitas ao blog Doutor Enfermeiro


tracker visitantes online


.

Novo grupo para reflexão de Enfermagem (a promessa é: o que quer que ali se escreva, chegará a "quem de direito")! 

Para que a opinião de cada um tenha uma consequência positiva! Contribuição efectiva!